31
10/2010

Comentários
13

  Compartilhar no LinkedIn

A disputa entre Tim e Claro pelo 2º lugar

Eduardo Tude

A Claro está em 2º em:

- market share total com 35,47% contra 24,52% da Tim,
- market share de póspago com 27,37% contra 21,16% da Tim

A Tim está em 2º em:

- market share de prépago com 25,25% contra 25,06% da Claro

A disputa pela liderança em market share deve esquentar neste final de ano. A diferença entre as duas operadoras caiu de 3,3 milhões de celulares em 2009 para 1,8 milhões em Set/10.

Apesar da Tim possuir uma maior participação de prépago na sua base (84,6%) que a Claro (80,8%), o ARPU da Tim é maior (R$ 23,4) que o da Claro (R$ 19,0), em parte pelas receitas de longa distância.

A Tim tem sido mais agressiva que a Claro nas promoções de minutos com um MOU de 123 minutos, contra 100 minutos da Claro. Ela apresenta no entanto um churn mensal maior (3,7%) do que a Claro ( 3,1%).

 

 

23
10/2010

Comentários
6

  Compartilhar no LinkedIn

Visite o Teleco na Futurecom e pegue o seu DVD com os tutorias

Eduardo Tude

Começa nesta segunda a noite a Futurecom 2010 e o teeco estará mais uma vez presente com o seu Stand.

Venha nos visitar e pegue o seu DVD com os tutoriais do Teleco que está completabdo 8 anos.

A Futurecom, maior feira e Congresso de Telecom do Brasil estará reunindo mais uma vez a comunidade de Telecom no Brasil contando com palestrantes os dirigentes das principais operadoras e fornecedores.

Não percam!!!

 

 

22
10/2010

Comentários
12

  Compartilhar no LinkedIn

Tim volta a liderar o crescimento do celular em Set/10

Eduardo Tude

A Tim voltou a liderar com grande margem o crescimento do celular em setembro com adições líquidas de 1 milhão de celulares. A Claro veio em segundo com 602 mil, seguida pela Vivo com 449 mil. A Oi apresentou adições liquidas negativas (-29 mil celulares).

Com este resultado a diferença entre Claro e Tim caiu para 1,8 milhões de celulares.

 

 

17
10/2010

Comentários
5

  Compartilhar no LinkedIn

Quem liderou o crescimento do celular em Setembro?

Eduardo Tude

Segundo dados preliminares da Anatel o celular apresentou 2,0 milhões de adições liquidas em Set/10, 363 mil celulares a menos que os 2,4 milhões de Ago/10.

A diferença ocorreu principalmente nas adições líquidas do prépago (1,58 milhões) que apresentou uma queda de 351 mil celulares, enquanto o pós se manteve estável (464 mil) com redução de 12 mil celulares.

Este resultado indica que a Tim não deve repetir o resultado do mês anterior no prépago, quando conquistou adições líquidas de 885 mil neste segmento, 56% do total do prépago, o que lhe garantiu uma dianteira de 275 mil celulares em relação a 2ª colocada Vivo.

O mais provável é que Claro, Tim e Vivo apresentem adições líquidas muito próximas em Set/10, podendo cada uma delas ter conquistado a liderança.

De qualquer forma, a dianteira de 229 mil celulares em relação à Vivo no acumulado de Jul/Ago deve garantir para a Tim a liderança em adições líquidas no trimestre, mesmo que não conquiste a liderança em setembro.

 

 

12
10/2010

Comentários
1

  Compartilhar no LinkedIn

GVt com um milhão de acessos banda larga

Eduardo Tude

A GVT anunciou que atingiu a marca de 1 milhão de acessos banda larga, 60% dos quais com velocidade acima de 10 Mbps.

Há um ano a GVT possuía 604 mil acessos o que representa um crescimento de 64% no período. O segredo do sucesso da GVT está na sua rede de alta velocidade (baseada em fibra e NGN) que lhe permite oferecer velocidades altas por preços acessíveis (10Mbps a R$69,90 e15Mbps a R$89,90).

O resultado é uma conquista para a GVT, as adições líquidas no 2T10 (cerca de 113 mil acessos) são inferiores, no entanto, ao obtido no 1T10 (140 mil).

 

 

10
10/2010

Comentários
1

  Compartilhar no LinkedIn

Esquenta a briga entre sistemas operacionais para Smartphones e Tablets

Eduardo Tude

Esta cada vez mais quente a briga entre os sistemas operacionais que irão predominar em Smartphones e tablets. Para infortúnio dos desenvolvedores dificilmente veremos este mercado convergir para um único sistema operacional como ocorreu no PC.

Os principais players desta área aprenderam com o PC o papel chave que o Sistema Operacional desempenha e não estão dispostos a abrir mão do seu.

O Symbian, líder de mercado com 41,2% dos Smartphones, perdeu esta semana o suporte da Somy Ericsson e da Samsung e deve ser usado daqui pra frente apenas pela Nokia em seu smartphones mais simples. Para Tablets e Smartphones mais complexos a Nokia deve adotar o Meego, baseado no Linux, e desenvolvido em parceria com a Intel.

A Rim e a Apple utilizam sistemas operacionais proprietários com 18,2% e 17,2% de market share respectivamente (2T10). A Rim lançou recentemente o seu OS 6.0 juntamente com o Blackberry Tourch 9800 mas deve adotar um outro sistema operacional QNOX em seu tablet.

HTC, Samsung, LG e Motorola embarcaram na onda do Android (Google) que contava com 14,2% de market share no 2T10, mas deve ocupar em breve a 2ª colocação entre os sistemas operacionais.

Finalmente, deve ser lançado em breve o novo sistema operacional da Microsoft, o Windows 7 para smartphones.

 

 

3
10/2010

Comentários
3

  Compartilhar no LinkedIn

O que ainda pode acontecer em 2010

Eduardo Tude

Terminou o 3º trimestre de 2010, listo aqui os principais acontecimentos esperados até o final de 2010:

- O Brasil ultrapassa a densidade de 100 celulares/100 habitantes.
- Aprovação do PLC 116 (antigo PL 29) liberalizando o mercado de TV por Assinatura no Brasil.
- Licitação da Banda H para 3G, que pode trazer um novo competidor para o mercado de celular do Brasil.
- Aprovação do regulamento de MVNO pela Anatel
- Anuência prévia da Anatel para a entrada da Portugal Telecom na Oi
- Aprovação do PGMU III
- Fusão da Vivo com a Telefonica
- Fusão da Claro, Embratel e Net

Estes fatos irão ajudar a preparar um novo cenário competitivo para 2011, quando o Brasil deve rever o seu marco regulatório para o setor e definir um Plano para levar a Banda Larga para todo o país.

Algo a acrescentar?

 

 

Eduardo Tude

Presidente e sócio da empresa de consultoria Teleco, atua desde 2002 como analista do mercado de Telecom, coordenando projetos de consultoria, publicando artigos semanais, preparando relatórios setoriais e apresentando workshops.

Engenheiro de Telecom (IME 78) e Mestre em Telecom (INPE 81) é membro da Comissão julgadora do Global Mobile Awards do Mobile World Congress em Barcelona e atuou como professor especialista visitante da Unicamp (2013).

Ocupou várias posições de Direção em empresas de Telecom em áreas como Sistemas Celulares (Ericsson), Redes Ópticas (Pegasus Telecom) e Satélites (INPE).

Histórico

2018

2017

2016

2015

2014

2013

2012

2011

2010

2009

2008

2007

2006

Produtos Teleco

Inteligência em Telecom

Estudos e Base de Dados

Relatórios

Telecom no Brasil 2017

 

Venda de Planilhas

Dados históricos do Mercado Brasileiro

Workshops

Regulamentação
05/Dezembro

Market Update

Internet das Coisas

Mais Produtos