29
10/2017

Comentários
0

  Compartilhar no LinkedIn

Oi e Resultados 3T17: BL fixa, Claro, Vivo, SKY e outras empresas

Eduardo Tude

 

Recuperação Judicial da Oi

 

  • A Assembleia de Credores deve acontecer no dia 10 de novembro.
  • A semana foi intensa e começou com a Anatel rejeitando uma das hipóteses principais do plano de recuperação proposto pela Oi. O Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) em que as dívidas da Oi com a agência seriam trocadas por investimentos em banda larga.
  • A Advocacia Geral da União (AGU) está coordenando a formulação de um novo plano a ser apresentado dia 10 na assembleia.  O novo plano deve oferecer uma solução mais balanceada entre credores e atuais acionistas. Medida provisória editada pelo Governo estabeleceria um parcelamento de longo prazo para pagamento da dívida da Oi com a Anatel.
  • O sucesso da assembleia de credores e o equacionamento da dívida da Oi com a Anatel estabeleceriam a base para a entrada de novos investidores, como a China Telecom, na companhia.
  • Por outro lado, a queda de braço com um grupo de acionistas continua. Existe ainda uma distância grande entre o que os acionistas estão propondo e o que os credores estão dispostos a aceitar.
  • As ações ON da Oi apresentaram queda de 9,1% na semana e as PN de 6,6%.

 

BL Fixa 3T17

 

  • A BL fixa apresentou adições líquidas de 113 mil acessos em setembro, totalizando 373 mil no trimestre, menos que no 3T16 (413 mil).
  • A Claro recuperou market share no trimestre com adições líquidas de 163 mil acessos, mas Vivo (+30mil) e Oi (-51 mil) perderam. O conjunto das demais operadoras apresentou adições líquidas de 231 mil acessos e aumentou seu market share para 19,2%.

 

Resultados 3T17:  Claro,Vivo e SKY

 

Na comparação do 3T17 com o 3T16, a receita líquida cresceu:

  • +1,8% na Vivo
  • -2,5% na Claro (inclui Embratel e Net)
  • -3,7% na SKY

Nesta comparação, a receita líquida de:

  • Serviços móveis cresceu 3,6% na Vivo e 3,5% na Claro.
  • Serviços fixos cresceu 0,5% na Vivo e -3,8% na Claro.

A margem EBITDA no trimestre foi de 33,8% na Vivo e de 28,8% na Claro.

A TV por assinatura via satélite (DTH) apresentou perdas no trimestre. A Sky perdeu 230 mil assinantes e a Claro 165 mil. A Vivo perdeu 271 mil assinantes de DTH nos últimos 12 meses. A operadora encerrou a expansão do DTH e está focando em IPTV para os clientes de sua rede FTTH.

 

Resultados 3T17:  Operadoras internacionais

 

Na comparação do 3T17 com o 3T16, a receita líquida cresceu:

  • +33,7% na Amazon
  • +23,7% Google
  • +22,4% na Microsoft
  • -2,2% na América Móvil
  • -2,5% na Telefônica (+4,0 orgânico)
  • -2,9% na Millicom
  • -3,0% na AT&T
  • -4,3% no Twitter
  • -7,0% na Nokia

 

Desligamento da TV analógica

 

  • O desligamento do sinal analógico na cidade do Rio de Janeiro e 18 municípios do entorno foi adiado para 22 de novembro. Não foi ainda atingido o patamar mínimo de 90% dos domicílios recebendo TV digital.
  • O desligamento ocorreu no dia 25 de outubro no Espírito Santo nas cidades de Vitória, Cariacica, Fundão, Guarapari, Serra, Viana e Vila Velha.

 

Outros destaques

 

  • A Nextel Brasil irá desativar a sua rede iDEN (Rádio) em 31 de março de 2018.
  • Até o final do ano, a Vivo espera usar o espectro de 700 Mhz em 400 cidades e ter 4G+ (agregação de portadoras) em 96 cidades.
  • A loja de aplicativos Google Play registrou 18 bilhões de downloads no mundo no 3T17, mais que a  Apple (8 bilhões). A App Store apresentou uma receita maior (US$ 11 bilhões) que a da Google Play (US$ 6 bilhões).

 

Próximas semanas

 

  • TIM divulga seus resultados em 7 de novembro.
  • O X Seminário Telcomp será realizado em São Paulo no dia 7 de novembro.
  • Continuamos aguardando a divulgação pela Anatel dos resultados de junho da TV por assinatura.

 

 

 

 

22
10/2017

Comentários
0

  Compartilhar no LinkedIn

Oi, Resultados 3T17, AT&T/Time Warner e outros destaques

Eduardo Tude

 

Recuperação Judicial da Oi

 

  • A Assembleia de Credores, prevista para esta segunda (23/10), foi adiada por 15 dias para 6/11.  O Juiz responsável pelo processo de recuperação judicial da Oi cedeu às pressões de credores e do Governo por um prazo adicional para equacionar uma solução para a Oi.
  • Para ter sucesso o plano de recuperação judicial necessita que os atuais acionistas e credores (Bondholders) cheguem a um acordo quanto à participação acionária de cada parte na operadora e que seja equacionada a dívida com a Anatel.
  • O Conselho Diretor da Anatel se reunirá na segunda para analisar o TAC da Oi.
  • A TPG e a China Telecom continuam avaliando investir na Oi.
  • O presidente do Senado Eunício Oliveira pretende submeter novamente o PLC 79, que trata das concessões de telefonia fixa, às Comissões de Ciência e Tecnologia e de Constituição e Justiça antes de encaminhar o projeto para votação no plenário. (Telesíntese)
  • A Oi concluiu 25 mil acordos com credores com dívidas baixas (até R$ 50 mil) o que corresponde a um volume de créditos de mais de R$ 410 milhões.
  • A Oi terminou o mês de agosto com caixa de R$ 7,3 bilhões, ligeiramente superior aos R$ 7,2 bilhões de julho. (Relatório do Administrador Judicial)
  • As ações ON da Oi apresentaram desvalorização de 9,1% na semana e as PN queda de 15,2%.

 

Resultados 3T17:  Algar, Netflix e outra empresas

 

Na comparação do 3T17 com o 3T16, a receita líquida cresceu:

+30,3% na Netflix,

+4,4% na Algar

+4,0% na SAP

+2,5% na Verizon,

-0,4% na IBM

-6,4% na Ericson,

 

 

 

 

 

AT&T/SKY e Time Warner

 

O CADE aprovou a compra da Time Warner pela AT&T, controladora da Sky no Brasil com as seguintes condições:

  • Manter a SKY e a Time Warner como empresas distintas, inclusive, com CNPJ’s diferentes.
  • A Time Warner se compromete a oferecer todos os seus canais a outras operadoras de TV.
  • A SKY não poderá se recusar a transmitir conteúdo de outras produtoras.

O CADE preferiu não analisar as implicações da Lei do SeAC que impede a propriedade cruzada de empresas de conteúdo e TV por assinatura, deixando esta questão para análise da Anatel que também precisa aprovar esta operação.

 

Outros destaques

 

  • 89,3% da população brasileira, que mora em 3.259 municípios, já tem acesso a 4G. A TIM lidera em cobertura atendendo com 4G a 2401 municípios.
  • A receita de serviços de telecom voltou a apresentar queda de 5% em ago/17, em relação a ago/16. Já a receita de serviços de TI apresentou crescimento de 8% no período. (IBGE)
  • O MCTIC lançou a consulta pública para o Plano Nacional de Conectividade (PNC), que substituirá o PNBL.
  • A Telebrás adiou para 31 de outubro a data da licitação da capacidade no seu satélite.
  • A Ascenty concluiu a expansão de seu sétimo data center em Sumaré (SP).
  • O Primeiro-ministro da Itália assinou decreto prevendo uso do "golden power" na Telecom Itália. Ele poderá vetar operações de venda, fusão, ou alteração no controle da companhia.

 

Próxima semana

 

  • Claro e Vivo divulgam seus resultados do 3T17.
  • Continuamos aguardando a divulgação pela Anatel dos resultados de junho da TV por assinatura.

 

 

 

 

15
10/2017

Comentários
0

  Compartilhar no LinkedIn

Oi, Telefonia fixa em agosto e outros destaques

Eduardo Tude

 

Recuperação Judicial da Oi

 

  • A Oi apresentou para a Justiça a nova versão do seu Plano de Recuperação Judicial que será submetido para aprovação na Assembleia Geral de Credores no dia 23 de outubro.
  • O novo plano prevê aumento de capital de até R$ 9 bilhões. R$ 6 bilhões em dinheiro novo viriam dos atuais acionistas (R$ 2,5 bilhões) e dos bondholders (R$ 3,5 bilhões). O restante viria da conversão da dívida dos bondholders em participação acionária na Oi. Caso ocorra a adesão de ambas as partes, os atuais acionistas devem ficar com 60% da Oi e os bondholders com 40%.
  • Com a capitalização, a relação dívida/EBITDA deverá cair para 3x e o investimento anual da companhia passará de R$ 5 bilhões ao ano para aproximadamente R$ 7 bilhões ao ano, pelos próximos três anos.
  • A reação inicial dos bondholders foi negativa e resta ainda equacionar a dívida da Oi com a Anatel. O plano conta com a aprovação do TAC junto à Anatel para equacionar a dívida de R$ 11 bilhões com a agência. A Advocacia-Geral da União foi encarregada pela Presidência da República para conduzir todas as negociações do governo relativas às dívidas com a Oi.
  • O juiz encarregado do processo de recuperação estabeleceu as regras para a assembleia de credores: 40 credores serão sorteados para falar durante 3h30 de tempo total.
  • As ações ON da Oi apresentaram valorização de 20,6% na semana e as PN de 38,9%.

 

Telefonia Fixa em ago/17

 

  • O Brasil perdeu 74,8 mil telefones fixos em ago/17. As perdas acumuladas no ano totalizam 645 mil telefones fixos.
  • Em ago/17, a Oi perdeu 103 mil e a Vivo 19 mil. Algar (+24 mil), Claro (+8 mil) e TIM (+7mil) apresentaram crescimento.

 

Outros destaques

 

  • Foram vendidos 67,2 milhões de computadores no 3T17, 0,5% menos que no 3T16. A HP continua na liderança (22,8%) seguida pela Lenovo (21,6%) e pela Dell (16,1%). (IDC)
  • A TIM contratou a Ericsson para consolidar suas bases de dados de todas as tecnologias (2G, 3G e 4G) e virtualizar parte dos elementos de redes ao longo de cinco anos.
  • A Telecom Itália anunciou que o NB-IoT estará disponível no final de outubro em 75% de sua rede 4G na Itália.

 

Próxima semana

 

  • Continuamos aguardando a divulgação pela Anatel dos resultados de junho da TV por assinatura.

 

 

 

8
10/2017

Comentários
0

  Compartilhar no LinkedIn

Teleco 15 anos, Futurecom, PLC 79, Oi, Orelhões e outros destaques

Eduardo Tude

 

Teleco 15 anos

 

  • Agradecemos a todos que tem apoiado o Teleco e comemoraram conosco os seus 15 anos. O coquetel, realizado na Futurecom, contou com presenças importantes como a do presidente da Anatel Juarez Quadros.

 

Futurecom

 

  • A abertura da Futurecom contou com a presença do Presidente da República, dos Ministros da Fazenda e do MCTIC, entre outras autoridades. Trata-se de um reconhecimento institucional da importância do setor. Esperamos que isto se traduza em ações práticas com a agilização do PLC 79 e outras demandas para destravar o desenvolvimento do setor.
  • 5G, IoT e Transformação Digital estiveram entre os principais temas do evento, que contou com a presença dos presidentes das principais operadoras e fornecedores do setor.
  • No evento pode-se perceber o avanço da transformação digital nas operadoras com o crescimento das iniciativas em Big Data, Analitics e Inteligência Artificial.
  • Para mais detalhes, consulte o como foi no Teleco.

 

PLC 79: Concessões de telefonia fixa

 

  • O ministro do STF Alexandre de Moraes determinou que o presidente do Senado submeta o PLC 79 à deliberação do plenário do Senado Federal.
  • Entre outras medidas, o PLC 79 permite a conversão das concessões de telefonia fixa em autorizações com as obrigações da concessão sendo convertidas em compromissos de investimento em banda larga.  

 

Recuperação Judicial da Oi

 

  • O conselho de administração da Oi aprovou a proposta de plano de recuperação judicial da companhia, que será submetido à assembleia de credores marcada para o dia 23. Os detalhes do plano deverão ser divulgados na próxima quarta-feira (11/10).
  • A tensão entre controladores e a Diretoria da Oi, durante a elaboração da proposta, acabou levando a renúncia de Ricardo Malavazi do cargo de Diretor de Finanças e Relações com Investidores da Oi.
  • O maior entrave para a aprovação de um plano de recuperação judicial da operadora está em fazer credores e acionistas convergirem quanto a futura participação acionária de cada um na Oi.
  • Pesa também a questão da dívida com a Anatel, que a Advocacia Geral da União (AGU) não quer que seja incluída na reestruturação.
  • As ações ON da Oi apresentaram perdas 3,0% na semana e as PN valorização de 0,6%.

 

Orelhões

 

  • As ligações locais e de longa distância nacional para telefones fixos realizadas a partir orelhões da Oi em 15 estados brasileiros não podem ser cobradas nos seguintes estados: Alagoas, Amazonas, Amapá, Bahia, Ceará, Espirito Santo, Maranhão, Pará, Paraíba, Pernambuco, Piauí, Rio Grande do Norte, Roraima, Santa Catarina e Sergipe.
  • Nestes estados a quantidade de orelhões em condições de operação nas localidades atendidas somente por orelhões era menor que 95%.
  • A gratuidade se manterá até o dia 30 de março de 2018, quando deverá ser divulgado o resultado da próxima aferição das condições de disponibilidade dos orelhões.

 

Outros destaques

 

  • Thiago Camargo Lopes é o novo secretário de informática do MCTIC, no lugar de Maximiliano Martinhão que assume a presidência da Telebrás.
  • O advogado Emmanoel Campelo foi indicado para a vaga de conselheiro da Anatel em lugar de Igor de Freitas, cujo mandato acaba no próximo dia 4 de novembro.
  • A quantidade de números portados nos nove primeiros meses do ano foi 21,9% maior que a do mesmo período de 2016. O crescimento foi de 28,3% no celular e de 5,7% no fixo.
  • A China Unicom pretende lançar um cabo submarino ligando Fortaleza a Camarões na África.

 

Próxima semana

 

  • A consulta pública do Plano de Conectividade deverá ser lançada pelo MCTIC no dia 10 de outubro.
  • A Oi deve divulgar os detalhes do seu plano de recuperação judicial na quarta-feira (11/10).
  • Continuamos aguardando a divulgação pela Anatel dos resultados de junho da TV por assinatura.

 

 

 

 

2
10/2017

Comentários
0

  Compartilhar no LinkedIn

4G, Claro passa TIM, BL em agosto, Oi, TACs e outros destaques

Eduardo Tude

 

A Teleco convida a todos para comemorar os 15 anos de Teleco no seu stand na Futurecom dia 3 de outubro a partir das 17 horas.

 

Claro ultrapassa a TIM e assume a 2ª colocação em market share de celular

 

  • A Claro terminou o mês de agosto com 60.458 mil celulares, 104 mil a mais que a TIM, e assumiu a 2ª colocação em market share do total de celulares, confirmando as tendências apresentadas nos meses anteriores.
  •  A Claro apresentou adições líquidas de 55 mil celulares no mês e a TIM perdas de 151 mil.
  • A TIM continuou apresentando no mês perdas no pré-pago (-511 mil) maiores que as demais operadoras: Claro (-64 mil) e Vivo (-254 mil).
  • A TIM liderou o crescimento no pós-pago (+360 mil), seguida pela Vivo (+309 mil) e pela Claro (+182 mil).

 

4G em agosto

 

  • Caiu para 9,9 milhões a diferença que separa 4G de 3G.
  • 4G apresentou adições líquidas de 4,4 milhões em agosto e 3G perdas de 2,8 milhões em agosto. 4G deve se tornar a principal tecnologia de celulares em outubro ou novembro deste ano.

 

Banda Larga Fixa em Ago/17

 

  • A BL fixa apresentou adições líquidas de apenas 19,5mil acessos em agosto.
  • A Claro liderou o crescimento no mês com adições líquidas de 69 mil acessos, seguida pela Vivo (20mi), revertendo as tendências dos sete primeiros meses do ano. Oi (-45 mil) e o conjunto das demais operadoras (-24 mil) apresentaram adições líquidas negativas.

 

Recuperação Judicial da Oi:Adiamentos

 

  • A Justiça atendeu à solicitação da Oi para adiar em 15 dias a realização da Assembleia Geral de Credores. As novas datas são 23 de outubro e em segunda chamada 27 de novembro.
  • A Anatel adiou também a análise da proposta de iniciar um processo de cassação da concessão da Oi.
  • As ações ON da Oi apresentaram perdas 1,0% na semana e as PN de 0,8%.

 

TAC

 

  • A boa notícia da semana veio do TCU, que aprovou por unanimidade o Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) entre a Anatel e a Telefônica/Vivo, sujeito a algumas condições.
  • O TAC da Telefônica prevê investimentos de R$ 4,87 bilhões para ampliação do acesso à banda larga e desenvolvimento de infraestrutura de Redes de Acesso Ópticas (FTTH). A Telefônica pretende implantar redes FTTH em 20 cidades em 2018.
  • O TAC da Algar deve ficar para 2018 e o da Oi está suspenso devido ao processo de recuperação judicial da empresa.

 

Outros destaques

 

  • Amos Genish foi indicado CEO da Telecom Itália.
  • O sinal analógico da TV aberta foi desligado em Salvador e Fortaleza. Já o desligamento em Juazeiro e Sobral foi reprogramado para fevereiro de 2018.
  • A compra da Time Warner pela AT&T deve ser julgada pelo CADE dia 18 de outubro.
  • A Vivo colocou em operação sua rede FTTH em Vitória da Conquista.
  • A Anatel aprovou novo fator X para o reajuste das concessionárias e quer acabar com o controle tarifário para chamadas de longa distância.
  • Foi formalizada a indicação de Maximiliano Martinhão para a presidência da Telebrás.
  •  

Próximas semana

 

  • A Teleco convida a todos para comemorar os 15 anos de Teleco no seu stand na Futurecom dia 3 de outubro a partir das 17 horas.
  • Continuamos aguardando a divulgação pela Anatel dos resultados de junho da TV por assinatura.

 

 

 

Eduardo Tude

Presidente e sócio da empresa de consultoria Teleco, atua desde 2002 como analista do mercado de Telecom, coordenando projetos de consultoria, publicando artigos semanais, preparando relatórios setoriais e apresentando workshops.

Engenheiro de Telecom (IME 78) e Mestre em Telecom (INPE 81) é membro da Comissão julgadora do Global Mobile Awards do Mobile World Congress em Barcelona e atuou como professor especialista visitante da Unicamp (2013).

Ocupou várias posições de Direção em empresas de Telecom em áreas como Sistemas Celulares (Ericsson), Redes Ópticas (Pegasus Telecom) e Satélites (INPE).

Histórico

2018

2017

2016

2015

2014

2013

2012

2011

2010

2009

2008

2007

2006

Produtos Teleco

Inteligência em Telecom

Estudos e Base de Dados

Relatórios

Telecom no Brasil 2017

 

Venda de Planilhas

Dados históricos do Mercado Brasileiro

Workshops

Market Update
27/Março

Regulamentação

Internet das Coisas

Mais Produtos