29
11/2007

Comentários
4

  Compartilhar no LinkedIn

Quando a Portugal Telecom vai vender a sua participação na Vivo?

Eduardo Tude

Executivos da Portugal Telecom (PT) deram indicações analistas que não pretendem sair da Vivo no curto prazo. Estima-se que a PT não deve aceitar menos que 3,5 bilhões de euros pela sua participação na Vivo. A Telefonica já ofereceu 3,0 bilhões de euros em julho deste ano.


A Vivo responde por mais de 40% da receita da Portugal Telecom. Ela não pretende vender a Vivo sem dispor de um outro negócio para investir o dinheiro. Sua principal opção seria a Oi ou uma fusão da Oi/BrT.

Será que o nó vai ser desatado em 2008?

 

 

27
11/2007

Comentários
1

  Compartilhar no LinkedIn

Tim Brasil e os novos dirigentes da Telecom Italia

Eduardo Tude

Nomeados os novos dirigentes da Telecom Itália Franco Bernabe (CEO) e Gabriele Galateri (Presidente do Conselho) a expectativa agora é quanto à apresentação dos planos para a operadora. Os desafios são muitos. A compra da Freenet na Alemanha, a separação da rede fixa e móvel na Itália e a participação da Telecom Itália na Telecom (Argentina). É preciso atender a expectativa dos novos investidores entre eles a Telefonica.


No Brasil será preciso aguardar alguns meses para observar o reflexo destas mudanças na Tim. A decisão da Anatel de procurar preservar a independência entre Tim e Vivo será testada pela atitude destas operadoras em questões cruciais, e que exigem grandes investimentos, como a licitação de 3G agora em dezembro.

 

 

23
11/2007

Comentários
2

  Compartilhar no LinkedIn

Claro lidera o crescimento em Outubro

Eduardo Tude

A Claro liderou o crescimento do celular em Out/07 com adições líquidas de 565 mil celulares, seguida da Tim (508 mil), Vivo (346 mil) e Oi (319 mil).


Outubro foi o mês que a Telemig Celular (13 mil celulares) apresentou o maior crescimento no ano.

Com estes resultados a diferença entre Vivo e Tim caiu para 1,98 milhões de celulares e de Tim para Claro para 1,14 milhões de celulares.

 

 

23
11/2007

Comentários
1

  Compartilhar no LinkedIn

Quanto vai custar o conversor de TV Digital?

Eduardo Tude

A medida que se aproxima a data do início de operação de TV Digital no Brasil (2 de dezembro na cidade de São Paulo) esquenta o debate sobre o preço do conversor.


Os primeiros conversores devem estar disponíveis para venda em São Paulo a partir deste fim de semana.

Um dos problemas que atrasou o lançamento dos conversores é o software (Ginga) que é o responsável pela interatividade e ainda não está disponível.

A Philips começa a vender o seu conversor a um preço sugerido de R$ 1099.

A Positivo Informática está lançando 2 modelos a preços de R$ 499 e R$ 699.

A expectativa é que o preço médio inicial dos conversores fique em torno de R$ 700.

Apesar de o preço ser alto espera-se que com o tempo ele caia para níveis acessíveis à maior parte da população. A meta seria chegar a um preço em torno de R$ 200.


 

 

21
11/2007

Comentários
0

  Compartilhar no LinkedIn

Qual será o futuro da Sercomtel?

Eduardo Tude

Com a consolidação das operadoras no Brasil está cada vez mais difícil para a Sercomtel enfrentar a concorrência principalmente no celular. A operadora é controlada pela Prefeitura do Município de Londrina e a Companhia Paranaense de Energia (Copel).


A discussão sobre o futuro da operadora deve ficar, no entanto, para 2009 com a posse do novo prefeito a ser eleito em 2008.

Dificilmente a Sercomtel terá condições de adquirir novas freqüências para a implantação do 3G e o mais provável é que ela utilize sua sobra de freqüências em 850 MHz para implantar esta nova tecnologia.

A área atendida pela Sercomtel foi palco de uma das mais acirradas disputas no último leilão de freqüências de SMP da Anatel. A banda L nesta área acabou ficando com a Claro.

 

 

19
11/2007

Comentários
3

  Compartilhar no LinkedIn

A volta da Telebrás

Eduardo Tude

Depois das privatizações em 1998 a Telebrás continuou existindo tendo como principal função a manutenção de funcionários da Anatel que recebiam pela empresa.


Na semana passada o Ministro Hélio Costa declarou que a Folha que a Telebrás iria coordenar o uso de fibras óticas ociosas de estatais no projeto de ampliação das redes de Internet rápida a 90% do país. O projeto custaria entre R$ 2,5 bilhões e R$ 3 bilhões em três anos.

A Telebrás pediu a suspensão das negociações de suas ações na segunda, não tendo sido atendida, no entanto pela Bovespa.

As especulações em torno da revitalização da Telebrás, que poderia absorver a Eletronet, não são novas, mas esta declaração provocou uma alta em suas ações que subiram mais de 100% na sexta.

O Brasil irá tomar o caminho de Venezuela e Bolívia que querem aumentar a participação do estado no setor de telecomunicações?

A propósito, Cuba, Venezuela, Bolívia e Nicarágua decidiram criar um operador de telecom para integrar os quatro países.

 

 

18
11/2007

Comentários
2

  Compartilhar no LinkedIn

Estados Unidos ultrapassam os 250 milhões de celulares com maior uso e menor preço que outros países

Eduardo Tude

O CTIA anunciou esta semana que os Estados Unidos ultrapassaram a marca de 250 milhões de celulares (mais de 80 cel/100 hab.) e aproveitou a oportunidade para dar uma alfinetada nos europeus e outros países do mundo.


- O americanos falam em media 834 minutos por mês (MOU) a um custo de US$ 0,05 por minuto. Os europeus falam 153 minutos a um custo de US$ 0,19 por minuto.

- 98% dos americanos podem escolher entre 4 provedores de celular.

- Já são 22 milhões os usuários de banda larga móvel nos Estados Unidos.

A resposta dos europeus vem com a tentativa de transformar a Europa em um único mercado de telecom com a diminuição dos preços de roaming para voz e dados. Este mercado teria cerca de 500 milhões de celulares e poderia praticar preços semelhantes aos dos Estados Unidos.
Apesar da reação das operadoras e países como França e Alemanha a Comissão Européia aprovou esta semana a proposta de criação de um regulador único para toda a Comunidade européia: "European Telecom Market Authority (ETMA)".

Vamos acompanhar. Enquanto isto no Brasil os minutos de uso ainda estão na casa do 83 minutos por mês.

 

 

17
11/2007

Comentários
0

  Compartilhar no LinkedIn

Brasil já tem mais de 60 cel/100 hab.

Eduardo Tude

Dados preliminares divulgados pela Anatel indicam que o Brasil terminou Out/07 com 114,69 milhões de celulares e uma densidade de 60,42 cel/100 hab.


Com adições líquidas de 1,9 milhões em novembro o celular acumula um crescimento de 14,77 milhões de celulares no ano e de 18 milhões nos últimos 12 meses. As adições líquidas de Nov/06 haviam sido de 771 mil celulares.

O maior crescimento da Banda B com adições líquidas de 621,3 mil celulares é um indicador de que a Claro deve liderar o crescimento do celular em Out/07.

Confirma-se desta forma a tendência de crescimento apontada pelo Teleco e a possibilidade do Brasil terminar 2007 com 120 milhões de celulares.

 

O Brasil vai terminar 2007 com 120 milhões de celulares?

 

 

 

 

16
11/2007

Comentários
0

  Compartilhar no LinkedIn

Telmex irá se dividir em 2 empresas

Eduardo Tude

A Telmex resolveu fazer um “spin off” de suas operações internacionais e de páginas amarelas em uma nova empresas que será denominada “Telmex Internacional” e que terá ações negociadas na Bolsa do México e de Nova York.


Ganha importância com esta operação a Embratel que responderá por mais de 80% da receita da Telmex Internacional.

A operação ainda terá de ser aprovada pela Assembléia Geral de Acionista.

 

 

13
11/2007

Comentários
13

  Compartilhar no LinkedIn

O 3G da Claro

Eduardo Tude

A Claro está também colocando em operação a sua rede 3G (WCDMA) em 6 cidades no Brasil.


Pelas informações prestadas a este blog por um leitor do Teleco a Claro lançou hoje o serviço 3G que será comercializado amanhã no Distrito Federal, Recife e Fortaleza. Dia 20/11 em Porto Alegre e dia 03/12 no Rio e em São Paulo.

O ano está prometendo acabar bem com 3G e TV Digital. Só falta o Wimax.

 

 

11
11/2007

Comentários
3

  Compartilhar no LinkedIn

O Telefone Celular do Google

Eduardo Tude

Ao contrário de várias especulações, o Google não vai desenvolver um telefone celular.


O Google e um grupo de mais de 35 empresas, entre elas a T-Mobile, HTC Corp., Qualcomm, Motorola, KDDI, NTT DoCoMo, Sprint Nextel, Telecom Italia, Telefónica, LG Electronics e Samsung se uniram para de senvolver uma nova plataforma (Android) para telefones celulares que incluindo sistema operacional, middleware, interface do usuário e aplicações.

De acordo com o Google, a principal diferença entre as plataformas atuais e a Android é que ela incluirá um navegador nativo que tornará a experiência de navegar na Internet no celular muito próxima da experimentada hoje em um PC.

 

A maioria dos Smartphones existem tem sistema operacional Symbiam (24,3 milhões de vendas no 3T07)


 

 

11
11/2007

Comentários
11

  Compartilhar no LinkedIn

Telemig Celular lança o 3G (WCDMA/HSDPA) no Brasil

Eduardo Tude

A Telemig Celular colocou em operação comercial a sua rede 3G (WCDMA/HSDPA) tornando-se a 1º operadora a oferecer este serviço no Brasil.


A rede da Telemig estava pronta para entrar em operação desde Jun/07, mas aguardava uma autorização da Anatel. A Anatel entendia que a Res. 227 impedia a operação de redes 3G em 850 MHz. Em 31/10/07 a Anatel anunciou que iria liberar a 3G em todas as faixas de frequências de SMP. Ela colocou em consulta pública a revogação da resolução 227 em 6/11. Contribuições podem ser feitas até 26/11.

O serviço da Telemig está disponível na região metropolitana de Belo Horizonte

A Telemig está oferecendo o serviço vídeo chamada a preços a partir de R$ 0,90 o minuto em planos pós-pagos.

O telefone celular (WCDMA/HSDPA) anunciado é o Samsung SGH-A706.

A velocidade média do serviço de dados HSDPA é de 1 Mbit/s e a de pico 14,4 Mbit/s e habilitação do serviço é gratuita.

Os preços dos pacotes de dados são:

2 MB: R$ 4,90
10 MB: R$ 9,90
50 MB: R$ 19,0
250 MB: R$ 29,90
1GB: R$ 69,90
5 GB: 99,90

Parabéns para a Telemig pelo pionerismo!

 

A Claro também está com a rede pronta para entrar em operação em 6 cidades brasileiras e aguarda a autorização da Anatel.

 

 

10
11/2007

Comentários
0

  Compartilhar no LinkedIn

O WiMAX vai deslanchar em 2008?

Eduardo Tude

O WiMAX vai deslanchar em 2008?

Há um ano atrás em 2006 as apostas eram de que 2007 seria o ano do WIMAX, tanto que ele foi escolhido como um dos temas de 2007 pelos leitores do Teleco.


As coisas não saíram, no entanto, como o previsto.

No Brasil, a licitação de freqüências para 3,5 GHz que contou com mais de 100 participantes em Set/06 empacou e deve ser cancelada para dar lular a uma nova licitação em 2008.

A certificação dos primeiros equipamentos de WiMAX móvel prevista para acontecer em Jun/07 só devem ocorrer em 2008.

Apesar dos reveses, 2008 não foi um ano perdido para o WiMAX. A tecnologia amadureceu e conseguiu ser reconhecida como padrão de especificação IMT 2000 pela UIT. O WiMAX Fórum se fortaleceu e conta hoje com mais de 522 membros. Já são 75 as redes WiMAX em operação comercial no mundo.

Sprint e Clearwire estão dando andamento a implantação de suas redes WiMAX nos Estados Unidos. O término do acordo entre as duas empresas para desenvolver uma rede conjunta que cobriria 100 milhões de pessoas nos Estados Unidos é no entanto um sinal de preocupação. Principalmente pela situação da Sprint que passa por uma reestruturação.

O WiMAX Brasil Conference & Expo 2007 realizado em São Paulo foi uma boa oportunidade para tomar a temperatura do WiMAX e ver o que esperar de 2008.

WiMAX Conference 2007


 

 

9
11/2007

Comentários
1

  Compartilhar no LinkedIn

A licitação de freqüências para 3G está esquentando.

Eduardo Tude

As operadoras, principalmente a Vivo, estão reclamando do preço dos lotes, uma vez que terão de cumprir compromissos de atendimento em municípios ainda não tendidos pelo celular.


O objetivo é conseguir alguma contrapartida, que poderia vir pela redução do Fistel para celulares. A cada habilitação (adições líquidas) paga-se R$ 26,83 de Fistel. E 50% deste valor a cada ano sobre toda a base instalada.

Em 2006 foram arrecadados R$ 1.752 milhões de Fistel. Estes recursos deveriam ser destinados a Anatel cuajas despesas em 2006 foram de apenas R$ 230.

Vivo e Claro são as operadoras que tem mais poder de fogo nesta licitação, pois podem abrir mão de comprar lotes no interior de São Paulo/Nordeste e utilizar as freqências que dispõe.

A entrega das propostas será em 11/12.

 

 

7
11/2007

Comentários
2

  Compartilhar no LinkedIn

Vivo recupera a liderança em receita

Eduardo Tude

A receita líquida da Tim no 3T07 foi de R$ 3.163 milhões, inferior à da Vivo que foi de de R$ 3.248,5 milhões.


Com este resultado a Vivo recupera a liderança em receita.

A Tim continua na frente da Vivo em Receita Líquida de Serviços com R$ 2.878 milhões, contra R$ 2.846 milhões da Vivo.

 

 

7
11/2007

Comentários
1

  Compartilhar no LinkedIn

Anatel troca PST por backhaul de banda larga.

Eduardo Tude

Anatel anunciou que vai colocar em consulta pública proposta que prevê a substituição de 8.461 Postos de Serviços de Telecomunicações (PSTs) por backhauls com infra-estrutura de banda larga em todos os municípios brasileiros. Segundo a Anatel serão e beneficiados 3.570 municípios.


Este municípios são atendidos em sua maior parte por pequenos provedores de Internet, conforme levantamento publicado pelo Teleco.

A consulta ficará disponível para contribuições entre os dias 8 e 19 de novembro.

Pequenos provedores


 

 

5
11/2007

Comentários
1

  Compartilhar no LinkedIn

Anatel completa 10 anos

Eduardo Tude

A Anatel completou hoje 10 anos de sua instalação.


Parabéns a todos que se esforçaram pelo sucesso da agência.

 

 

5
11/2007

Comentários
0

  Compartilhar no LinkedIn

Quem vai ser o líder em receita no 3T07? Vivo ou Tim?

Eduardo Tude

A Vivo divulgou os resultados do 3T07 e apresentou uma receita líquida de R$ 3.248,5 milhões, 7,5% maior que a do 2T07. O ARPU cresceu de R$ 29,9 para R$ 30,8.


A expectativa fica por conta da Tim que deve divulgar os seus resultados na quarta. A Tim foi a líder em receita líquida no 2T07 com R$ 3.060 milhões.

Esta disputa deve no entanto acabar com a incorporação da Telemig Celular na Vivo.

 

 

4
11/2007

Comentários
0

  Compartilhar no LinkedIn

Seminários de Banda larga

Eduardo Tude

Esta semana serão realizados 2 seminários sobre Banda Larga em São Paulo.

O Wimax Brazil Conference & Expo e o IP Communications Brasil 2007.

O Teleco vai acompanhar.

 

 

4
11/2007

Comentários
0

  Compartilhar no LinkedIn

Vivo, Tim e Telemig divulgam resultados 3T07 esta semana

Eduardo Tude

Esta semana Vivo (5/11) , Tim (7/11) e Telemig (7/11) apresentam os seus resultados para o 3º trimestre de 2007. Como Claro, Oi e BrT já apresentaram seus resultados, será possível estabelecer os líderes do 3T07.


A expectativa fica por conta da briga entre Vivo e Tim para ver quem foi o líder em receita no 3T07.

 

 

2
11/2007

Comentários
1

  Compartilhar no LinkedIn

Banda Larga móvel representa 26,5% dos acessos banda larga dos Estados Unidos

Eduardo Tude

A Banda Larga móvel passou em 2 anos de “zero” para 21,9 milhões de acessos Banda Larga nos Estados Unidos.

Dados divulgados pelo FCC apontam que no final de 2006 o Wireless Móvel representava 26,5% dos 82,5 milhões de acessos com mais de 200 kbit/s dos Estados Unidos.

O cablem modem liderava com 38,9%, seguido do ADSL com 30,8%.

Apenas 1,2% dos acessos eram com fibras e o PLC representava 0,01%.


 

 

1
11/2007

Comentários
3

  Compartilhar no LinkedIn

Os resultados da Oi no 3T07

Eduardo Tude

A Oi (Telemar) terminou o 3T07 com margem Ebitda de 43% e lucro líquido de R$ 637 milhões. A Margem Ebitda da Oi Móvel foi de 33,2%.


A Oi (Telemar) terminou o 3T07 com 1.393 mil conexões Banda Larga (ADSL) e adições líquidas de 127 mil conexões no trimestre. 85,1% destas conexões são residenciais. Apesar de ter crescido em adições líquidas ela ainda cresceu menos que a Net que apresentou adições líquidas de 168 mil no trimestre.

Em relação aos acessos fixos em serviço a Oi apresentou uma redução de 29 mil acessos. A receita de assinatura cresceu 2,7% e a de tráfego local caiu 14,1% no trimestre. Comportamento semelhante ao apresentado pela Brasil Telecom.

No celular a Oi cresceu a sua base em 9,3% no trimestre e manteve o ARPU e aumentou o ARPU para R$ 22,3.

 

 

Eduardo Tude

Presidente e sócio da empresa de consultoria Teleco, atua desde 2002 como analista do mercado de Telecom, coordenando projetos de consultoria, publicando artigos semanais, preparando relatórios setoriais e apresentando workshops.

Engenheiro de Telecom (IME 78) e Mestre em Telecom (INPE 81) é membro da Comissão julgadora do Global Mobile Awards do Mobile World Congress em Barcelona e atuou como professor especialista visitante da Unicamp (2013).

Ocupou várias posições de Direção em empresas de Telecom em áreas como Sistemas Celulares (Ericsson), Redes Ópticas (Pegasus Telecom) e Satélites (INPE).

Histórico

2018

2017

2016

2015

2014

2013

2012

2011

2010

2009

2008

2007

2006

Produtos Teleco

Inteligência em Telecom

Estudos e Base de Dados

Relatórios

Telecom no Brasil 2017

 

Venda de Planilhas

Dados históricos do Mercado Brasileiro

Workshops

Regulamentação
05/Dezembro

Market Update

Internet das Coisas

Mais Produtos