31
12/2017

Comentários
0

  Compartilhar no LinkedIn

Valor de mercado, Oi e outros destaques

Eduardo Tude

 

Feliz ano novo

 

Desejo sucesso nos desafios que teremos de enfrentar neste novo ano que se inicia.

 

Valor de mercado

 

  • Operadoras de Telecom como AT&T, Verizon e América Móvil apresentaram crescimento em seu valor de mercado em 2017, embora em proporção menor que Facebook, Amazon, Microsoft e Google, conhecidas como as FAMG.
  • No Brasil, a Telefônica, a TIM e a Oi também ganharam valor de mercado.

 

Recuperação Judicial da Oi

 

  • Uma semana tranquila após a aprovação do plano de recuperação pela assembleia de credores. Aguarda-se para o início do ano a homologação do plano pela justiça e os possíveis recursos da Anatel e do fundo Société Mondiale (Nelson Tanure). A disputa deve continuar até decisão do STJ.
  • Neste meio tempo, a mudança do controle da Oi terá ainda de ser aprovada pela Anatel. A data limite para a capitalização pelos credores é 28/2/19. 
  • As ações ON da Oi apresentaram perdas de 0,3% na semana e as PN de 2,0%. Nas últimas quatro semanas as ações da Oi apresentaram perdas de 19,5% e 14,3% respectivamente.

 

Reclamações Anatel

 

Na comparação de nov/17 com nov/16 as reclamações de usuários na Anatel apresentaram queda de 15,2%, sendo:

  • 17,9% no móvel
  • 19,3% na telefonia fixa
  • 8,8% na BL fixa.
  • 6,1% na TV por assinatura

 

Prestadoras de SCM

 

  • O Brasil terminou 2017 com 7,2 mil prestadoras de SCM, 879 a mais que em 2016.

 

 

 

 

24
12/2017

Comentários
0

  Compartilhar no LinkedIn

Oi, 5G, Vivo e outros destaques

Eduardo Tude

 

Recuperação Judicial da Oi:

 

O plano de recuperação judicial da Oi foi aprovado na Assembleia Geral de Credores realizada dia 19/12.  A versão original apresentada em 12/12 passou por intensas negociações durante a semana e sofreu modificações para ser aprovado na Assembleia.

Os pontos principais do plano em relação às dívidas são:

  • R$ 26 bilhões da dívida de R$ 32,3 bilhões com os debenturistas sem garantias (Bondholders) poderá ser convertida em até 75% do capital da Oi. O restante será pago em 7 anos. Para que isto ocorra deverão ser atendidas algumas condições impostos pelos debenturistas para fazer o aporte de R$ 4 bilhões na Oi, entre elas aprovação do plano nas diversas instâncias e a publicação do novo PGMU.
  • A dívida de R$ 3,3 bilhões com o BNDES será paga em 15 anos, com 4 anos de carência.
  • As dívidas com fornecedores de até R$ 150 mil terão pagamento integral e as acima deste valor serão pagas em 5 anos.
  • Dívidas trabalhistas serão pagas em 11 meses com 6 meses de carência.
  • As multas de R$ 14,4 bilhões da Anatel serão
  • Os R$ 8,3 bilhões de multas aplicadas pela Anatel seriam pagos em 240 meses e os R$ 6,1 bilhões referente a outros processos em 20 anos. A Anatel votou contra o plano e pretende recorrer à justiça aguardando decisão do Superior Tribunal de Justiça (STJ). A Anatel quer se preservar pois entende que a lei impede que ela negocie estes créditos.
  • Com o plano a dívida da Oi que era de R$ 63,95 bilhões fica reduzida a R$ 38,45 bilhões.

Os próximos passos agora serão a homologação do plano na justiça e os possíveis recursos da Anatel e atuais controladores da Oi   como o fundo Société Mondiale (Nelson Tanure). A disputa deve continuar até decisão do STJ. A mudança do controle da Oi terá ainda de ser aprovada pela Anatel. A data limite para a capitalização é 28/2/19. 

 

O caixa da Oi em outubro era de R$ 7,3 bilhões, R$ 200 milhões a menos que em setembro.

 

As ações ON da Oi apresentaram perdas de 2,9% na semana e as PN valorização de 4,1%.

 

5G

 

  • O 3GPP cumpriu o cronograma e anunciou a conclusão da especificação do 5G NR (New Radio) na sua versão não autônoma (Non-standalone) em dez/17.
  • Esta versão (NSA) e a completa (Standalone) compartilham as mesmas especificações de camadas físicas e espera-se que o hardware das duas versões seja compatível.
  • Este passo é importante para viabilizar os testes e operações pré-5G programadas para 2018.

 

Vivo

  • A Vivo anunciou que já atende com 4G+ a 106 cidades do país, inclusive todas as capitais brasileiras. Com 4G+ é possível oferecer velocidades até duas vezes mais altas devido a agregação da frequência de 700MHz com a faixa de 2.600MHz ou com a frequência de 1.800MHz. A Vivo já utiliza a frequência de 700 MHz para 4G em 306 municípios
  • A Vivo colocou em operação comercial a sua rede FTTH em Teresina (PI). Os investimentos foram de R$ 35,2 milhões.
  • O TAC da Telefônica foi discutido esta semana uma audiência pública na Câmara dos Deputados. A Abrint, Telcomp e várias operadoras tem demonstrado sua preocupação em que os recursos provenientes das multas, trocados por compromissos adicionais do TAC da Telefônica, sejam utilizados para construir redes de fibra em cidades onde já existem redes semelhantes de outros provedores de SCM.

 

Outros destaques

 

  • AT&T e Time Warner adiaram para 21/06/18 o prazo para finalizam do acordo de fusão entre as duas empresas.
  • A Apple admitiu que reduz, de propósito, a performance de iPhones mais antigos com o passar do tempo. Diversos usuários estão processando a empresa por conta dessa prática.
  • A Huawei deve iniciar a vender seus smartphones às operadoras dos Estados Unidos em 2018.
  • A Corte Europeia de Justiça (ECI) decidiu que o Uber deve ser tratado como um serviço de transporte e não como uma plataforma de serviços na web.

 

 

 

 

17
12/2017

Comentários
0

  Compartilhar no LinkedIn

Oi, TAC e outros destaques

Eduardo Tude

 

Recuperação Judicial da Oi

 

  • A Assembleia Geral de Credores da Oi deve ocorrer nesta quarta (19/12).  
  • O presidente da Oi Eurico Teles apresentou um novo plano de recuperação judicial que tem grande chance de ser aprovado pelos credores. Com o novo plano pode aumentar para 75% a participação dos credores da Oi no capital da empresa. 
  • Os R$ 60,5 bilhões em compromissos financeiros e multas regulatórias serão transformados em R$ 32,6 bilhões - um desconto de R$ 27,9 bilhões. A dívida com a Anatel está sendo equacionada com a AGU sem necessidade de uma medida provisória.
  • Como não precisou ser aprovado pelo conselho de administração da empresa, parte dos atuais acionistas deve resistir ao novo plano. O fundo Société Mondiale (Nelson Tanure) está tentando suspender a Assembleia com um pedido na Justiça e deve questionar o resultado caso ela se realize.
  • As ações ON da Oi apresentaram queda de 17,6% na semana e as PN de 15,2%.

 

TAC da Telefônica

 

  • A Anatel resolveu tornar pública parte dos documentos do TAC da Telefônica atendendo a pedido da Abrint, Claro, Telcomp e TIM.
  • A divulgação das 105 cidades onde a Telefônica irá construir redes FTTH utilizando recursos dos compromissos adicionais do TAC traz mais transparência ao processo. A preocupação das prestadoras de SCM é que a Telefônica estaria se beneficiando destes recursos para entrar em novos mercados onde elas já têm redes.
  • No dia 15 de fevereiro de 2018, a Procuradoria Federal Especializada junto a Anatel deverá emitir seu parecer jurídico e no dia 28 do mesmo mês o TAC será enviado para deliberação do Conselho Diretor.

 

Uso dos postes

 

  • Anatel e Aneel) decidiram em reunião realizada na última sexta que irão revisar a resolução conjunta que regulamenta o aluguel de postes.

 

Neutralidade de rede nos Estados Unidos

 

  • A FCC revogou a regulamentação sobre neutralidade de rede aprovada em 2015, removendo as regras que proibiam os provedores de serviços de Internet de bloquear, estrangular ou dar tratamento preferencial ao tráfego através de pagamento por priorização.
  • Na visão do Presidente da FCC cabe a Comissão Federal de Comércio e não a FCC proteger os consumidores de práticas injustas e anticompetitivas on-line.
  • Vamos acompanhar o desdobramento desta questão nos Estados Unidos. No Brasil a neutralidade de rede é garantida por lei (marco civil da internet).

 

Disney compra Fox

 

  • A Disney anunciou a compra da FOX por US$ 52,5 bilhões. A operação ainda terá de ser aprovada pelas autoridades dos Estados Unidos e vários países.
  • Esta aquisição reforça a posição de produtor de conteúdo da Disney em um mercado que se consolida verticalmente com a aquisição da Time Warner pela AT&T e o crescimento da Netflix.

 

Próximas semanas

 

  • Assembleia Geral de Credores da Oi dia 19 de dezembro.

 

 

 

10
12/2017

Comentários
0

  Compartilhar no LinkedIn

4G, Celular, Abinee, Oi e outros destaques

Eduardo Tude

 

4G

 

  • 4G superou 3G no Brasil em outubro, como projetado pela Teleco. A vantagem de 3,2 milhões alcançada neste mês deve superar os 10 milhões até o final do ano.
  • O Brasil está acompanhando as tendências mundiais. 4G atingiu 2,5 bilhões de celulares no mundo no 3T17, segundo a 5G Américas.
  • Avança também no Brasil a transição para o 4.5 G. A Algar ativou esta semana a agregação de portadoras em Uberlândia, combinando as faixas de 700 MHz e 1.800 MHz.
  • Enquanto isto, estão sendo finalizadas as especificações de 5G com novas funcionalidades, como network slicing que foi objeto de um evento online promovido pela Teleco.

 

Celular em outubro

 

  • A base de celulares continuou encolhendo em outubro (-212 mil), devido as perdas no pré-pago (-1,3 milhões), compensadas em parte pelo crescimento do pós-pago (1,1 milhão).
  • A Claro liderou o crescimento no mês (+104 mil), seguida pela Vivo (+87 mil). A Vivo liderou em adições líquidas de pós-pago (+441 mil), seguida pela Claro (+347mil). A Claro, no entanto, apresentou perdas menores no pré-pago (-244 mil) que a Vivo (-354 mil).
  • A TIM apresentou adições líquidas negativas (-417 mil). Os ganhos no pós-pago (+320 mil) não foram suficientes para compensar as perdas no pré-pago (-737 mil).
  • Já a Oi, cresceu no pré-pago (+50 mil), mas apresentou perdas no pós-pago (-18 mil).

 

Abinee

 

  • O Almoço anual da Abinee contou com a participação do presidente Michel Temer e vários ministros. Foi assinada na ocasião Medida Provisória (MP) que altera a Lei de Informática que estabelece benefícios fiscais para bens de informática e automação, sujeitas a um investimento de 5% em P&D.
  • A principal alteração refere-se às glosas na prestação de contas dos benefícios que o Governo realizou este ano. Após ficar 12 anos sem fiscalizar, o Governo rejeitou 75,5% dos valores investidos na Zona Franca de Manaus e 60% no restante do País. As empresas poderão agora reinvestir este dinheiro no lugar de pagar juros e multas. O prazo para realocar os recursos devidos foi estendido de três para 48 meses.

 

Recuperação Judicial da Oi:

 

  • Faltando cerca de uma semana para a realização da Assembleia Geral de Credores (19/12) a expectativa é para a divulgação do plano que está sendo preparado pelo presidente da Oi Eurico Teles e que não precisará ser aprovado pelo conselho de administração da empresa.
  • A China Telecom continua disposta a investir até R$ 10 bilhões na Oi, mas aguardará os resultados da assembleia para fazer uma oferta oficial.
  • A Oi prorrogou até 8 de dezembro o prazo de negociação com credores que aceitam receber até R$ 50 mil.
  • As ações ON da Oi apresentaram valorização de 0,2% na semana e as PN de 3,3%.

 

Telefonia fixa

 

  • A telefonia fixa continuou encolhendo em outubro (-108 mil), acumulando perdas de 844 mil telefones no ano.
  • A Oi perdeu 87 mil telefones fixos em outubro e a Vivo 40 mil. A Claro ganhou 12 mil. A Oi perdeu 631 mil telefones fixos no acumulado do ano e a Vivo e a Claro 254 mil cada.

 

Smartphones

 

  • Foram vendidos 11,7 milhões de smartphones no 3T17, com crescimento de 4,5% em relação ao 3T16. O preço médio dos aparelhos vendidos foi de R$ 1.118,00 (IDC)
  • Pesquisa Panorama Mobile Time/Opinion Box com pais que possuem smartphones revela o percentual de crianças que possuem smartphone próprio por faixa etária:  
    • 0-3 anos: 9%
    • 4-6 anos: 22%
    • 7-9 anos:46%
    • 10-12 anos:72%
  • 83% da população com mais de 10 anos possuía um telefone celular, segundo a TIC Domicílios 2016.

 

TIM

 

  • A TIM vai oferecer banda larga fixa através de sua rede celular (WTTx) utilizando as frequências de 700 MHz.
  • A TIM irá instalar 500 novos biosites em São Paulo segundo acordo firmado com a prefeitura de São Paulo.

 

Outros destaques

 

  • América Móvil, Telefônica e Oi irão disponibilizar o padrão de serviço de mensagens RCS do Google.
  • A Justiça Americana deve decidir até o final de maio se o Departamento de Justiça dos Estados Unidos pode impedir a compra da Time Warner pela AT&T.
  • O MCTIC contratou a Telebras para prover internet nas localidades remotas atendidas pelo programa GESAC (Governo Eletrônico para Atendimento do Cidadão). A Telebras vai receber R$ 663,5 milhões

 

Próximas semanas

 

  • Assembleia Geral de Credores da Oi dia 19 de dezembro.

 

 

 

3
12/2017

Comentários
0

  Compartilhar no LinkedIn

A recuperação judicial da Oi e outros destaques

Eduardo Tude

 

Recuperação Judicial da Oi: Novo plano não precisará ser aprovado pelo Conselho de Administração

 

  • O Conselho de Administração da Oi nomeou Eurico de Jesus Teles Neto, atual Diretor Jurídico da empresa, como novo Diretor Presidente da Oi.
  • O juiz responsável pela recuperação judicial da Oi adiou a assembleia Geral de Credores para 19 de dezembro e deu poderes para que o novo presidente Eurico Teles negocie um novo plano de recuperação judicial com os credores sem precisar que este plano seja aprovado pelo conselho de administração da companhia.
  • A Anatel rejeitou o último plano de recuperação judicial aprovado pelo conselho de administração da Oi. 
  • Espera-se que esta decisão destrave o impasse entre atuais acionistas e credores e viabilize a aprovação do plano pela assembleia.
  • As ações ON da Oi apresentaram queda de 2,8% na semana e as PN de 2,0%.

 

Outros destaques

 

  • O PIB de Serviços de Informação que tem como principal componente as atividades de TIC apresentou queda de 2,5% na comparação do total dos últimos quatro trimestres com os quatro trimestres anteriores. O PIB Brasil apresentou queda de 0,2% nesta comparação.
  • O total de números portados no acumulado de janeiro a novembro de 2017, cresceu 24,3% em relação a igual período de 2016. Foram portados 3,9 milhões de números de celular (+30,5%) e 1,3 milhões de números de telefones fixos (+8,4%).
  • Adiada a data de desligamento da TV analógica em municípios do interior de SP: Santos ficou para 20 de dezembro, Campinas e Vale do Paraíba para 17 de janeiro, Ribeirão Preto e Franca para 31 de janeiro.
  • As vendas de Smartphones e Tablets na Black Friday no Brasil totalizaram R$ 556,5 milhões com crescimento de 46% em relação a 2016. Elas representaram 26,5% do total das vendas da Black Friday deste ano segundo a Ebit.
  • CEMIG Telecom e a Sumicity fecharam um acordo de swap que irá agregar 1.100 km de rede para as duas empresas entre Viçosa (MG) e Niterói (RJ).
  • A Prefeitura de Goiânia assinou decreto com novas regras para o licenciamento e instalação de antenas de celular tornando a regulamentação mais compatível com a Lei das Antenas.

 

Próximas semanas

 

  • Network Slicing Summit 2017, evento online dia 5 de dezembro.
  • Almoço anual da Abinee dia 8 de dezembro
  • Assembleia Geral de Credores da Oi dia 19 de dezembro.

 

 

 

Eduardo Tude

Presidente e sócio da empresa de consultoria Teleco, atua desde 2002 como analista do mercado de Telecom, coordenando projetos de consultoria, publicando artigos semanais, preparando relatórios setoriais e apresentando workshops.

Engenheiro de Telecom (IME 78) e Mestre em Telecom (INPE 81) é membro da Comissão julgadora do Global Mobile Awards do Mobile World Congress em Barcelona e atuou como professor especialista visitante da Unicamp (2013).

Ocupou várias posições de Direção em empresas de Telecom em áreas como Sistemas Celulares (Ericsson), Redes Ópticas (Pegasus Telecom) e Satélites (INPE).

Histórico

2018

2017

2016

2015

2014

2013

2012

2011

2010

2009

2008

2007

2006

Produtos Teleco

Inteligência em Telecom

Estudos e Base de Dados

Relatórios

Telecom no Brasil 2017

 

Venda de Planilhas

Dados históricos do Mercado Brasileiro

Workshops

Regulamentação
05/Dezembro

Market Update

Internet das Coisas

Mais Produtos