25
6/2017

Comentários
0

  Compartilhar no LinkedIn

Oi, 700 MHz e outros destaques

Eduardo Tude

 

Recuperação Judicial da Oi

 

  • A semana em que a Oi completou um ano de recuperação judicial não foi das mais promissoras para  a operadora.
  • A Anatel multou a Oi em R$ 50 milhões pela cobrança de serviços de terceiros como SOS Fone, Sorriso Premiado e Seguros, sem autorização dos clientes. A operadora foi multada também em R$ 21 milhões pela Way TV de Belo Horizonte.
  • A Anatel decidiu que a Oi terá que adotar em seus contratos de EILD os valores estabelecidos pela Agência em 2014. Esses preços devem ser cobrados a partir de fevereiro de 2016 conforme reivindicava a TIM.
  • A Oi informou que pretende começar a pagar os credores que tinham dívida de até R$ 50 mil nesta segunda (26/06). Seriam pagos 90% do valor agora e o restante após a homologação do plano. O Banco de Desenvolvimento da China (CDB) teria obtido, no entanto, liminar suspendendo o pagamento.
  • Marcio Guedes Pereira Junior e William Connel Steers foram escolhidos para as vagas de suplente de conselho de administração da Oi. A posse depende da aprovação da Anatel.
  • As ações ON da Oi apresentaram queda de 1,9% na semana e as PN de 1,5%.

 

700 MHz e desligamento da TV analógica

 

  • Avança a liberação das frequências de 700 MHz para 4G. O GIRED já liberou 1.758 cidades onde 700 MHz não precisará esperar pelo desligamento da TV analógica para ser utilizada. Esta semana foram liberadas mais 90 cidades, entre elas Aracaju, Palmas e Cuiabá.
  • Completou-se o desligamento das transmissões do sinal analógico de TV em Goiânia e em 28 municípios do entorno. Pesquisa realizada pelo Ibope entre 4 e 15 de junho apontou que 92% dos domicílios da região já contavam com sinal de TV digital.

 

Outros destaques

 

  • A Anatel aprovou o novo regulamento de radiação restrita, que estabelece que os provedores só terão necessidade de ter uma outorga de SCM quando tiverem mais de 5 mil clientes. Permanece, no entanto, a obrigação de se cadastrarem na Anatel para iniciarem as atividades e seguirem a regulamentação.
  • O Ponto de Troca de Tráfego (PTT) de São Paulo ultrapassou esta semana a marca de 3 Terabits por segundo.
  • A RNP iniciou processo de licitação de 497 circuitos, que estão com contratos perto do vencimento.

 

Próxima semana

 

  • Workshop IoT promovido pela Teleco.

 

 

 

18
6/2017

Comentários
0

  Compartilhar no LinkedIn

TV por assinatura, Oi, Sercomtel e outros destaques

Eduardo Tude

 

TV por assinatura em abril

 

  • A Oi ganhou 22 mil assinantes de TV por assinatura em abril, mas a Claro perdeu 120 mil, a SKY perdeu 49 mil e a Vivo 2 mil.
  • No total, a TV por assinatura perdeu 171 mil assinantes em abril. As perdas ocorreram tanto no DTH (-99 mil), quanto na TV a cabo (-72 mil).
  • As adições líquidas acumuladas nos primeiros quatro meses do ano passaram a ser negativas (-34 mil), revertendo a tendência de crescimento do primeiro trimestre do ano.

 

Recuperação Judicial da Oi

 

  • Esta semana (20/06) completa um ano que a Oi protocolou o seu pedido de recuperação judicial. A negociação com os credores ainda não chegou a bom termo, mas cresce a pressão para que a situação seja resolvida até setembro deste ano.
  • No lado regulatório as questões ainda não tiveram também solução. O PLC continua parado no Senado e a Anatel quer que os R$ 11 bilhões referentes a multas administrativas tenham o mesmo tratamento das demais dívidas da Oi.
  • As ações ON da Oi apresentaram queda de 4,0% na semana e as PN de 2,7%.
  • No período de um ano desde que a empresa estrou em recuperação judicial as ações ON apresentaram valorização de 199% e as PN de 129%.

 

Sercomtel

 

  • A Anatel deu prazo de 30 dias para que a Sercomtel apresente um plano de saneamento de suas finanças, em função do acúmulo de dívidas tributárias.
  • Caso contrário, a Anatel pretende decretar a caducidade da concessão da telefonia fixa, uma vez que uma intervenção seria uma “solução inócua”.

 

Outros destaques

 

  • A Algar está utilizando a faixa de 1.800 MHz para oferecer 4G em 14 cidades da sua área de atuação, atendendo a 70% da população desta área.
  • A Nextel vai desligar até agosto os sites de seu serviço rádio (iDEN) em  207 cidades brasileiras, a maioria (72) em São Paulo.
  • A Sprint seria uma das candidatas a adquirir a operação da Telefônica no México.

 

Próxima semana

 

  • Nesta semana a Anatel deve divulgar os dados preliminares do celular em maio.

 

 

 

11
6/2017

Comentários
0

  Compartilhar no LinkedIn

Nextel, 4G, Oi, IoT e outros destaques

Eduardo Tude

 

Nextel vendida para AINMT

 

  • A Nextel Brasil foi adquirida pela AINMT, operadora internacional com foco em serviços de dados wireless com operações na Noruega, Suécia, Dinamarca, Indonésia e Filipinas. 
  • A AINMT pagará US$ 200 milhões por 60% do controle da Nextel, sendo US$ 50 milhões de imediato e o restante após a renegociação da dívida com os credores.

 

A disputa pela liderança em cobertura 4G no Brasil

 

  • A TIM, que terminou 2016 com mais do dobro de cidades atendidas com 4G (1.255) que Claro (598) e Vivo (516) está vendo esta vantagem diminuir. No final de maio a TIM atendia com 4G a 1.465 municípios, a Vivo 1.200 e a Claro 1.062. As três operadoras estavam praticamente empatadas em população atendida com 4G (69%).

 

Oi e concessões de telefonia fixa

 

  • A Anatel publicou resolução com as alterações nos contratos de concessão de STFC a serem assinados com a Oi, Telefônica, Embratel, Sercomtel e Algar que vão vigorar até 2020.
  • Decreto presidencial deverá estabelecer mudanças nas metas de universalização. A principal refere-se à instalação de telefones individuais ou orelhões em localidades menores, que passará a ser feita somente sob demanda do usuário.
  • A Anatel alertou que todos os processos de transformação de multas em investimentos em banda larga através de um TAC e que não tiverem seus contratos assinados até janeiro de 2018 perderão a validade, voltando a ser multas. O ministro Gilberto Kassab esteve no TCU para tentar diminuir a resistência do órgão em relação aos TAC.
  • Além da Oi, a Anatel passou a monitorar mais de perto a situação financeira da Sercomtel.
  • As ações ON da Oi apresentaram queda de 4,1% na semana e as PN de 3,2%.

 

IoT

 

  • O MCTIC lançou consulta para levantar informações de empresas e instituições científicas e tecnológicas (ICTs) que ofertam tecnologias, produtos, serviços e soluções de IoT no Brasil. As contribuições podem ser enviadas até 16 de junho.
  • Deve entrar em operação em agosto a rede Sigfox que está sendo implantada no Brasil pela  WND (Wireless Network Development).
  • A Teleco realiza dia 27 de junho sua Workshop de IoT.

 

Outros destaques

 

  • A velocidade média da banda larga no Brasil no 1T17 atingiu 5,2 Mbps na móvel e 6,8 Mbps na fixa, segundo a Akamai.
  • As vendas de celulares no Brasil cresceram 25,4% no primeiro trimestre de 2017, quando foram comercializados 12,4 milhões de aparelhos, segundo dados da IDC Brasil. O preço médio dos smartphones foi de R$ 1.142.
  • Entrou em operação a MVNO do Corinthians (+Smartimão), operada pela MVNO MAIS (Movitel) que é credenciada da Vivo.
  • Estudo realizado pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) concluiu que as implantações da banda larga no Brasil deveriam ter como prioridade as regiões populosas ou de maior mercado potencial e não as com baixo Índice de Desenvolvimento Humano (IDH). O estudo mostra que até 11,6 milhões de domicílios no país poderiam pagar pelo acesso à banda larga fixa ou móvel (3G ou 4G), mas não tem o serviço disponível nas suas localidades. 
  • Com o tema "Ser Digital", o CIAB Febraban 2017, evento de tecnologia no setor financeiro discutiu esta semana a transformação digital dos bancos no Brasil.

 

Destaques internacionais

 

  • A Telefônica estaria estudando a venda de sua operação no México devido a queda na rentabilidade do negócio após a entrada agressiva da AT&T neste mercado.
  • Google, Apple, Microsoft, Amazon, Facebook, AT&T, Visa, Tencent, IBM e McDonald’s são as marcas mais valiosas do mundo segundo relatório BrandZ, da Kantar.
  • A Verizon adquiriu o Yahoo concluindo o processo de negociação.
  • A Cisco publicou uma atualização do seu relatório Visual Network Index (VNI).

 

Próxima semana

 

  • Nesta semana a Anatel deve divulgar os dados preliminares do celular em maio e os de TV por assinatura em abril.

 

 

 

4
6/2017

Comentários
0

  Compartilhar no LinkedIn

Vivo lidera Celular e BL em abril, lógica de mercado, Oi, WhatsApp e mais destaques

Eduardo Tude

 

Celular e banda larga fixa: Vivo lidera em abril

 

A Vivo liderou o crescimento em:

  • Banda Larga fixa: +37 mil em um total de 73 mil.
  • Total de celulares (+77 mil)
  • Pós-pago: (+241 mil)
  • 4G: (+1 milhão)
  • M2M: + 82 mil

 

4G apresentou adições líquidas de 2,7 milhões de celulares em abril e 3G perdas de 2,3 milhões. Caiu para 34 milhões a diferença entre a quantidade de celulares das duas tecnologias.

A TIM continuou o ajuste de sua base de pré-pago (- 634 mil).

A EuTV, responsável pela MVNO dos Correios, terminou abril com 1.654 celulares pré-pagos. A Correios Celular deve entrar em operação nesta semana no Rio de Janeiro.

 

A lógica de mercado: Planos da TIM e Transmissão de canais abertos

 

  • A TIM lançou novos planos pós-pagos (TIM Black) com uma cota de dados maior e chamadas ilimitadas para qualquer operadora.
  •  O curioso é que os planos são mais baratos se contratados no Rio de Janeiro onde a carga tributária é maior (ICMS de 30%) do que em São Paulo onde o ICMS é de 25%.
  • Os preços variam de R$ 109,90 a R$ 449,90 em São Paulo e de R$ 99,90 a R$ 419,90 no Rio de Janeiro. A diferença é de R$ 30 na maior parte dos planos. Mais um exemplo em que a lógica de mercado prevalece sobre a lógica de custos.
  • Enquanto isto, um juiz de Itaquera (SP) decidiu que as empresas de TV por assinatura terão de dar desconto de R$ 2,50 por canal da TV aberta que deixarem de transmitir. Mais um exemplo de intervenção desastrada em um mercado onde os preços são livres.

 

Recuperação judicial da Oi

 

  • Os contratos de concessão de telefonia fixa devem ter a sua renovação assinada neste mês de junho. A Anatel decidiu não esperar pela aprovação do PLC 79. A consulta pública sobre o Plano Geral de Outorgas (PGO) deve se encerrar nesta semana, mas sua aplicação depende da aprovação do projeto de lei.
  • A Anatel determinou que a Oi e demais concessionárias de telefonia fixa corrijam informações e campos obrigatórios nas Relações de Bens Reversíveis de 2016 entregues neste ano.
  • Foi publicada a relação de credores da Oi apresentada pelo administrador judicial.
  • As ações ON da Oi apresentaram valorização de 1,7% na semana e as PN queda de 4,7%.

 

 

WhatsApp

 

  • Não se chegou a um consenso na audiência pública realizada pelo STF para discutir os bloqueios judiciais frequentes do WhatsApp.
  • O WhatsApp recebeu 3,5 mil requisições de dados por parte de autoridades policiais do Brasil em 2016 e mantem a sua posição de que não tem acesso às mensagens por serem criptografadas.
  • Já a Policia Federal defendeu que as empresas internacionais de Internet com operação no Brasil precisam ficar submetidas à legislação local.
  • O WhatsApp possui 120 milhões de usuários no Brasil.

 

Desligamento da TV analógica

 

  • O MCTIC publicou o novo cronograma de desligamento do sinal de TV analógica estabelecido pelo GIRED. Juazeiro do Norte, Fortaleza e Sobral (CE), e Salvador (BA) passam a desligar em 27 de setembro. Belo Horizonte em 08 de novembro e Campinas, Franca, Ribeirão Preto, Santos, Vale do Paraíba tiveram o desligamento adiado para 29 de novembro.
  • O GIRED aprovou a entrada em operação do sinal de banda larga móvel na faixa de 700 MHz em sete capitais, Boa Vista (RR), Fortaleza (CE), Macapá (AP), Natal (RN), Rio Branco (AC), Recife (PE), Maceió (AL), e em mais 67 cidades.

 

Outros

  • A quantidade de números de celular portados em maio cresceu 30,7% em relação a mai/16 e a de telefones fixos 36,6%.
  • O PIB de serviços de informação apresentou queda de 2,0% na comparação dos últimos 4 trimestres em relação aos 4 trimestres anteriores, menos que o PIB Brasil (2,3%).
  • O presidente da Vivendi passou a ser também o presidente do conselho de administração da Telecom Italia (TI). A Vivendi recebeu a autorização da Comunidade Europeia para assumir o controle da Telecom Italia com a condição de vender a participação da TI na empresa de radiodifusão Persidera.
  • Foram vendidos 770 mil tablets no Brasil no 1T17, queda de 8% em relação ao 1T16. (IDC).
  • A Vivo iniciou a operação de sua rede FTTH em Barra Mansa passando a oferecer banda larga fixa em nove cidades do estado do Rio de Janeiro. Além da capital, ela já atendia a Campos, Duque de Caxias, Nilópolis, Niterói, Nova Iguaçu, São Gonçalo e Volta Redonda.
  • A Anatel decidiu enviar Acórdão ao CADE sobre o impacto regulatório da aquisição da Time Warner pela AT&T. Caso a operação seja aprovada pelo CADE, a Anatel irá instaurar processo para apurar se o arranjo societário decorrente contraria a Lei do SeAC.
  • A Angola Cables conseguiu completar o financiamento de US$ 300 milhões para a construção do cabo Monet, bem como a construção do data center na Praia do Futuro, em Fortaleza, Ceará. O início de operação está previsto para 2018.
  • A Cemig Telecom é um dos dez ativos a serem colocados à venda pela Companhia Energética de Minas Gerais (Cemig).

 

Eventos

  • Basílio Perez foi eleito presidente da Associação Brasileira de Provedores de Internet e Telecomunicações (Abrint) durante o evento anual desta entidade realizado nesta semana em São Paulo.
  • A abertura do evento Latin America Safe City Summit 2017, promovido pela Frente Nacional de Prefeitos e a Huawei, contou com a participação do Governador Geraldo Alckmin e do prefeito João Doria.

 

Próxima semana

 

  • A Anatel deve divulgar os resultados de abril para a TV por assinatura.

 

 

 

Eduardo Tude

Presidente e sócio da empresa de consultoria Teleco, atua desde 2002 como analista do mercado de Telecom, coordenando projetos de consultoria, publicando artigos semanais, preparando relatórios setoriais e apresentando workshops.

Engenheiro de Telecom (IME 78) e Mestre em Telecom (INPE 81) é membro da Comissão julgadora do Global Mobile Awards do Mobile World Congress em Barcelona e atuou como professor especialista visitante da Unicamp (2013).

Ocupou várias posições de Direção em empresas de Telecom em áreas como Sistemas Celulares (Ericsson), Redes Ópticas (Pegasus Telecom) e Satélites (INPE).

Histórico

2018

2017

2016

2015

2014

2013

2012

2011

2010

2009

2008

2007

2006

Produtos Teleco

Inteligência em Telecom

Estudos e Base de Dados

Relatórios

Telecom no Brasil 2017

 

Venda de Planilhas

Dados históricos do Mercado Brasileiro

Workshops

Regulamentação
05/Dezembro

Market Update

Internet das Coisas

Mais Produtos