31
1/2016

Comentários
0

Celular, Telefones fixos e TV assinatura Dez/15, Sky, TV analógica e ...

Eduardo Tude

Celular em dez/15


As operadoras aproveitaram o mês de dezembro, referência para o pagamento das taxas de fiscalização (FISTEL), para fazer um ajuste em suas bases. O pré-pago apresentou adições líquidas de -12 milhões de celulares, sendo -6,4 milhões da Vivo, -2,9 milhões da TIM, -1,6 milhões da Claro e -1,2 milhões da Oi.


Já o pós-pago, apresentou adições líquidas positivas (275 mil), sendo 184 mil da Claro, 144 mil da Vivo e 44 mil da Oi. A TIM apresentou adições líquidas negativas (-114 mil).


No total a Claro reduziu para 256 mil celulares a distância que a separa da TIM e pode assumir a 2ª colocação em market share de celulares em 2016.


4G apresentou adições líquidas de 2,9 milhões de celulares em dez/15, enquanto 3G e 2G apresentaram adições líquidas negativas de 7,3 milhões cada no mês.


Telefones fixos em dez/15


A telefonia fixa apresentou uma redução de 254 mil telefones fixos em dez/15, sendo -161 mil das concessionárias e -93 mil das autorizadas.


A Vivo/GVT apresentou as maiores perdas (-206 mil), seguida pela Oi (-105 mil). A Embratel/Net apresentou adições líquidas de +48 telefones fixos.


TV por Assinatura em dez/15


A TV por assinatura apresentou adições líquidas de -117 mil acessos em dez/15, resultado melhor que o de dez/14 (-237 mil). As perdas maiores continuam ocorrendo no DTH, que perdeu 128 mil acessos.


A Embratel/Net perdeu 92 mil acessos e a Vivo/GVT perdeu 43 mil. A Sky ganhou 31 mil.


Resultados da Sky no 4T15


A Sky Brasil apresentou receita líquida de R$ 2,4 bilhões no 4T15, 3,7% menor que a do 4T14.


Cronograma TV analógica


O MiniCom publicou novo cronograma de desligamento da TV analógica com os municípios que terão o serviço desligado até 2018.


Em 2016, o desligamento ocorrerá apenas em Rio Verde e Brasília e, em 2017, São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Salvador e outros municípios.


Outros destaques


A Telebras investiu R$ 613,9 milhões em 2015, segundo o Ministério do Planejamento.


O MinCom prorrogou por 60 dias o prazo para que o grupo de trabalho que analisa as propostas de mudanças no Marco Regulatório de Telecom apresente suas propostas.


Os Correios estarão recebendo até o dia 17 de março as propostas de empresas interessadas no seu MVNO, que adotará a forma de representante de uma operadora de celular.


A Anatel irá anunciar no dia 16 de fevereiro, às 10 horas, em Brasília, os vencedores dos lotes C da licitação de sobras de frequências realizada em dez/15.


O Grupo Clarin concluiu a aquisição da Nextel Argentina. Restou para a NII apenas o controle da Nextel Brasil.


A Samsung manteve a liderança em vendas de smartphones no mundo em 2015 com um market share de 22,7%, seguida pela Apple (16,2%), Huawei (7,4%). Lenovo (5,2%) e Xiaomi (4,9%).


 

 

24
1/2016

Comentários
0

Banda Larga Fixa, TV por Assinatura e Telefonia fixa em nov/15, TV analógica e Oi

Eduardo Tude

Banda Larga Fixa, TV por Assinatura e Telefonia fixa em nov/15


Os três principais serviços fixos apresentaram adições líquidas negativas de acessos em nov/15:

  • - 64 mil na banda larga fixa.
  • -233 mil na TV por assinatura, sendo -201 mil de DTH e -35 mil da TV a cabo.
  • - 211 mil na telefonia fixa.


Na banda larga fixa, a Embratel/Net liderou o crescimento com adições líquidas de 24 mil acessos, seguida da Algar Telecom (12 mil) e Oi (9 mil). A Vivo/GVT apresentou adições líquidas negativas (-22 mil), juntamente com outras operadoras.


Na TV por Assinatura, as líderes Embratel/Net (-98 mil) e a Sky (-67 mil) apresentaram as maiores perdas. A Blue, adquirida pela Claro, apresentou também perdas de 45 mil acessos. Vivo/GVT (-7 mil) e a Oi (-1 mil) apresentaram perdas menores no mês.


Na telefonia fixa, as perdas maiores foram da Oi (-104 mil), da Embratel/Net (-61 mil) e da Vivo/GVT (-45 mil).


As concessionárias, que haviam perdido 158 mil telefones fixos em novembro, voltaram a apresentar perdas em dezembro (-161 mil). Elas perderam 1,7 milhões de telefones fixos em 2015.


TV analógica: Operadoras e Radiodifusores propõe novo cronograma de desligamento


O GIRED, grupo que coordena o processo de desligamento da TV analógica, aprovou proposta de novo cronograma, a ser submetido para aprovação do MiniCom, que adia para 2018 o desligamento da TV analógica nas capitais e regiões metropolitanas e para 2023 nos demais municípios. Brasília será a única cidade a ter a TV analógica desligada em 2016.


Oi


A Oi estaria negociando um empréstimo de US$ 1 bilhão para refinanciar suas dívidas de curto prazo segundo a agência Bloomberg.


A Oi devolveu para a Anatel as frequências de 2,5 GHz na faixa P (2.500 a 2.510 MHz / 2.620 a 2.630 MHz) referentes aos lotes que a operadora havia adquirido na licitação de frequências realizada em 2012.


Mais impostos: Rio e Rondônia aumentam ICMS


O Rio de Janeiro aumentou a alíquota de ICMS de 29% para 30% e Rondônia de 35% para 37%. Parte destes impostos (4% no Rio e 2% em Rondônia) são arrecadados para um fundo estadual de combate a pobreza.


Outros destaques


A Eletronet fechou acordo com credores para sair da falência.


Relatório do TCU pede esclarecimentos ao Tesouro e a Anatel sobre a arrecadação e destinação de recursos do Fistel e do Fust.


A Telefonica reservou US$ 10 bilhões para adquirir as operações da AT&T na América Latina, inclusive Sky Brasil.


O WhatsApp desistiu de cobrar uma assinatura anual pela utilização do aplicativo, mas não anunciou ainda uma nova maneira de rentabilizar sua operação.


A receita da Netflix cresceu 23,2% em 2015 e a quantidade de assinantes 30,3%. O crescimento maior foi fora dos Estados Unidos onde os assinantes cresceram 64,3% e a receita 49,3%.



 

 

17
1/2016

Comentários
0

Celular em dez/15 (preliminar) e em nov/15

Eduardo Tude

Celular em dez/15: pré-pago continua encolhendo


Estimativas da Teleco, baseadas em dados preliminares da Anatel, indicam que o Brasil terminou 2015 com 258 milhões de celulares (22,6 milhões a menos do que em 2014).


O pré-pago apresentou perdas de 27,5 milhões no ano, sendo 11,1 milhões em dez/15. Já o pós-pago apresentou adições líquidas de +4,9 milhões no ano.


A participação do pré-pago na base de celulares do Brasil caiu de 75,8% em 2014 para 71,8% em 2015. O descarte do 2º chip por parte dos usuários, impulsionado por um uso mais intenso de aplicativos de mensagens, é a principal causa para o encolhimento da base de pré-pago.


Celular em nov/15


A Anatel divulgou os dados do celular em novembro. Os principais destaques são:

  • Adições líquidas de -4,2 milhões de celulares, sendo -4,7 milhões no pré-pago e +0,5 milhões no pós-pago.
  • 4G apresentou adições líquidas de +2,1 milhões de celulares, o 3G de -3,0 milhões e o 2G de -3,7 milhões.
  • Adições líquidas de pré-pago: Oi (-17 mil), Vivo (-230 mil), Claro (-1,9 milhões) e TIM (-2,6 milhões).
  • Adições líquidas de pós-pago: Vivo (285 mil), Claro (310 mil), Nextel (38 mil), Oi (- 1 mil) e TIM (-22 mil).


Mais impostos na TV por Assinatura


A partir de 1º de janeiro de 2016 a alíquota de ICMS sobre a TV por assinatura cresceu de 10% para:

  • 15% nos estados de do Acre, Alagoas, Amapá, Amazonas, Espírito Santo, Goiás, Maranhão, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Paraíba, Pernambuco, Piauí, Rio Grande do Sul, Roraima, Tocantins e no Distrito Federal.
  • 12,5% em Santa Catarina
  • 12,0% em Minas Gerais

 

O ICMS sobre a TV por assinatura se manteve em 10% nos estados da Bahia, Ceará, Pará, Paraná, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Rondônia, São Paulo e Sergipe.


Outros destaques


A TIM pretende chegar com o LTE a mais de mil cidades até o final de 2016.


A especulação sobre uma fusão entre Telebras, Serpro e Dataprev contribuiu para alta no valor das ações da Telebras.


A Seaborn Networks conseguir financiar os US$ 500 milhões necessários para a construção de seu cabo submarino Seabras-1 entre São Paulo a Nova York. A TI Sparkle, subsidiária da Telecom Itália, irá investir U$ 300 milhões no projeto.


A Nokia concluiu a aquisição da Alcatel-Lucent.


As quatro maiores operadoras dos Estados Unidos (AT&T, Verizon, Sprint e T-Mobile) estão deixando de oferecer contratos de dois anos com o objetivo de abandonar o subsídio de aparelhos.


A Huawei vendeu 108 milhões de smartphones em 2015, com crescimento de 44% em relação a 2014. Já as vendas as Xiaomi ficaram em 70 milhões de unidades.

 

 

10
1/2016

Comentários
0

Valor de Mercado das Operadoras, Portabilidade em 2015, Anatel e CES 2016

Eduardo Tude

Crescimento do Valor de mercado em 2015

  • 18,7% na Telefônica Brasil (R$ 59,5 bilhões)
  • -41,8% na TIM Participações (R$ 16,6 bilhões)
  • -74,7% na Oi (R$ 1,9 bilhões)


Portabilidade em 2015


Em 2015 foram portados 4,1 milhões de números telefônicos (-0,5), sendo 2,6 milhões de celulares (+10,2%) e 1,5 milhões de telefones fixos (-14,8%).

 
Consulta Pública MiniCom


Encerra-se esta semana (15/01) o prazo para apresentação de contribuições para a Comsulta pública do MiniCom sobre o modelo regulatório.


Smartphones


88% dos brasileiros que têm smartphones utilizam um aplicativo de mensagens segundo estudo Target Group Index.


Anatel


Será de 4,8% o fator X (índice de produtividade) a ser aplicado no reajuste dos planos básicos de serviços das concessionárias de telefonia fixa em junho de 2016.


A Anatel definiu os projetos estratégicos para investimentos no âmbito dos acordos dos TACs (Termos de Ajustamento de Conduta). Eles envolvem transporte, 3G e 4G até os municípios e encurtamento da rede de cobre na oferta de banda larga fixa.


Consumer Eletronics Show (CES) 2016


O Consumer Eletronics Show (CES) realizado esta semana em Las Vegas apresentou os seguintes destaques:

  • Lançamentos de smartphones e smartwatches pela Huawei e Samsung.
  • Carro conectado. A GM é a líder nos Estados Unidos. Os avanços em direção à direção autônoma .
  • O anúncio da Netflix que passou a estar presente em mais 130 países.Nos Estados Unidos ela está em , 50% das residências americanas.
  • Drones



Outros destaques internacionais


A Nokia já conseguiu, através de uma oferta de troca de ações, adquirir cerca de 80% das ações da Alcatel-Lucent.


A AT&T já possui 27 milhões de celulares utilizando VoLTE.


O novo presidente da Argentina pretende acabar com as restrições impostas aos Grupos de mídia para atuar no setor de telecomunicações no país.


A Apple deve cortar em 30% a produção do iPhone 6S e 6S Plusno 1T16 para reduzir os estoques.

 

 

3
1/2016

Comentários
0

Calendário Telecom 2016

Eduardo Tude

Apresenta-se a seguir a relação dos principais eventos do calendário de Telecom previstos para 2016.


1º Trimestre de 2015 (1T05)

  • CES – Consumer Eletronics Show (6 – 9 jan)
  • Consulta Pública Minicom novo modelo regulatório
  • Assinatura dos novos contratos de concessão do STFC.
  • Desligamento da TV analógica em Rio Verde (GO).
  • Mobile World Congress (2-5 mar) em Barcelona.
  • Divulgação dos resultados de 2014 das operadoras, que serão analisados na Workshop da Teleco a ser realizada em 18 mar.


2º Trimestre de 2015 (2T05)

  • Painel Telebrasil (14 abril)
  • Desligamento da TV analógica no Distrito Federal, São Paulo e Belo Horizonte (se não for adiado)
  • Workshop de Regulamentação da Teleco


3º Trimestre de 2015 (3T05)

  • Divulgação dos resultados do 1º semestre de 2015 das operadoras, que serão analisados na Workshop da Teleco a ser realizada em 19 ago.
  • Super Mobility Week promovida pelo CTIA em Las Vegas (9-11 set).


4º Trimestre de 2015 (4T05)

  • Futurecom 2015 (26-29 out).
  • Projeção Teleco: Receita de dados móvel ultrapassa a de voz móvel
  • Todos os municípios com mais de 100 mil habitantes deverão estar atendidos com 4G (2,5 GHz).



 

 

Eduardo Tude

Presidente e sócio da empresa de consultoria Teleco, atua desde 2002 como analista do mercado de Telecom, coordenando projetos de consultoria, publicando artigos semanais, preparando relatórios setoriais e apresentando workshops.

Engenheiro de Telecom (IME 78) e Mestre em Telecom (INPE 81) é membro da Comissão julgadora do Global Mobile Awards do Mobile World Congress em Barcelona e atuou como professor especialista visitante da Unicamp (2013).

Ocupou várias posições de Direção em empresas de Telecom em áreas como Sistemas Celulares (Ericsson), Redes Ópticas (Pegasus Telecom) e Satélites (INPE).

Histórico

2017

2016

2015

2014

2013

2012

2011

2010

2009

2008

2007

2006

Produtos Teleco

CONSULTORIA TELECO

Inteligência em Telecom

Estudos e Base de Dados

Relatórios

Celular Brasil 2016

Telecom e Capex

Venda de Planilhas

Dados históricos do Mercado Brasileiro

Workshops

Market Update

28 de Março

Regulamentação de Telecom

Mais Produtos