27
10/2013

Comentários
0

Resultados da América Móvil (Claro. Embratel/Net), Futurecom, Anatel, Tablets e outros destaques

Eduardo Tude

Resultados 3T12: A Móvil (Claro, Embratel e Net)


O Grupo América Móvil apresentou uma receita de US$ 14,9 bilhões no 3T13, margem EBITDA de 32,6% e lucro líquido de US$ 1,26 bilhões.


No Brasil a receita líquida apresentou crescimento 10,3% (2T13/2T12), sendo que a Embratel/Net continua apresentando melhor desempenho com crescimento de 11,2% da receita neste período. A receita da Claro cresceu 5,9% (2T13/2T12).


A margem EBITDA do grupo no Brasil (22,3%) pode melhorar com a fusão das empresas (Claro/Embratel/Net).


O ARPU da Claro permaneceu em R$ 15,o e MOU cresceu para 133 minutos. O churn mensal caiu para 3,1% no trimestre


A NET adicionou quatro novos municípios à sua área de atendimento: Fortaleza (Ceara), Sao Jose e Palhoça (Santa Catarina) e Rio Branco (Acre).



Futurecom


Aconteceu esta semana no Rio a Futurecom, principal feira e congresso de telecomunicações do Brasil. O evento é uma excelente oportunidade para tirar a “temperatura” do setor.


Contou com a presença do Presidente da Anatel e dos conselheiros Rodrigo Zerbone e Jarbas Valente, além dos principais executivos do setor.


Destaque para as apresentações dos presidentes das principais operadoras. José Formoso (Embratel) falando também como presidente do Sinditelebrasil/Telebrasil, Valente (Telefônica/Vivo) e Rodrigo Abreu (TIM) reafirmaram o compromisso de suas empresas com o avanço da implantação de uma infraestrutura de banda larga de alta velocidade no pais.


Amos da GVT anunciou que a operadora está migrando para uma arquitetura FTTH substituindo o cobre da última milha de seu acesso por uma rede Gpon. Já Zeinal Bava (Oi) aposta na melhoria da eficiência operacional para melhorar as margens e fazer face aos investimentos necessários.


Entres os temas debatidos destacaram-se a necessidade de revisão do marco regulatório, a licitação de 700 MHz, pagamentos móveis, inovação e o marco civil da Internet.


A Futurecom 2014 volta a acontecer em São Paulo entre 13 e 16 de outubro.



Anatel


A partir deste domingo o 9º digito deve ser acrescido aos celulares dos Estados do Rio de Janeiro (DDDs 21, 22 e 24) e Espírito Santo (DDDs 27 e 28).


O conselho diretor da Anatel aprovou o regulamento da femtocell, enquadrada como ‘radiação restrita’ a exemplo do que ocorre com os pontos de acesso Wi-Fi. Isenta portanto de licenciamento e do pagamento de Fistel.


O conselho diretor da Anatel decidiu destinar um pedaço da faixa de 3,5 GHz para os provedores de internet e prefeituras.


Entidade Aferidora da Qualidade da Banda Larga publicou indicadores de Set/13. Ainda não foi desta vez que foram divulgados dados de velocidade da banda larga móvel.


Tablets


Dados do IDC divulgados pela Abinee indicam que em Ago/13 foram vendidos no Brasil mais tablets (672 mil) que notebooks (597 mil).


A Nokia apresentou seu primeiro tablet Windows e a Apple dois novos IPads.


Fusões e Aquisições


O Senado italiano aprovou uma lei que obriga a Telefônica a realizar uma Oferta pública de compra de ações (OPA) para assumir o controle da Telecom Itália, mostrando que ainda estamos longe de um desfecho para a questão.


A Caixa Geral de Depósitos do Governo Português, detentora de 6,11% das ações da Portugal Telecom, pretende vender estas ações.


Outros destaques


As versões para Android e iPhone do BBM, aplicativo de mensagens da Blackberry, tiveram mais de 10 milhões de downloads no 1º dia em que forma disponibilizados.


Participei esta semana de um encontro com analistas da NSN. A companhia está entusiasmada com o sucesso de seu novo posicionamento estratégico como especialista em “Mobile Broadband”.


Esta semana tivemos a divulgação dos resultados para o 3T12 da AT&T, Millicom, Orange, Ericsson, ZTE, Samsung, LG, Amazon e Microsoft.

 

 

19
10/2013

Comentários
0

Futurecom, Celular em setembro, Validade de créditos, Smartphones, América Latina e outros destaques

Eduardo Tude

Futurecom


Começa nesta segunda a Futurecom, maior feira e congresso de Telecom do Brasil. De uma passada no stand da Teleco para retirar o DVD com os tutoriais do Teleco ano 11 e nosso folheto com a síntese de indicadores de Telecom do Brasil.


Operadoras promovem ajuste em suas bases de pré-pago em setembro


Dados preliminares da Anatel indicam que as operadoras de celular decidiram apertar o cinto em setembro, mês de fechamento de trimestre, e promoveram ajustes em suas base de pré-pago. Este segmento teria apresentado adições líquidas de -887 mil pré-pagos em setembro.


Caso se confirmem estes dados preliminares, o celular teria apresentado adições líquidas negativas em setembro (-174 mil). Já o pós-pago manteve a tendência dos meses anteriores com adições líquidas de +713 mil.


Justiça mantém proibição de prazo de validade para o pré-pago


O Tribunal Regional Federal da 1ª Região manteve por unanimidade a proibição de ser estabelecido prazo de validade para créditos pré-pagos em todo o país.


Confirmou também que as operadoras devem “reativar, no prazo de 30 dias, o serviço de telefonia móvel em prol de todos os usuários que o tiveram interrompido”.


Trata-se sem dúvida de mais um exemplo de decisão irracional da Justiça brasileira demonstrando a distância que a separa do mundo real.


Parece razoável determinar a devolução aos usuários do crédito não utilizado durante o prazo de validade do serviço contratado.


Estabelecer, no entanto, que um serviço que tem custos como o do pagamento anual de R$ 13,42 de taxa de fiscalização para a Anatel (FISTEL) fique disponível indefinidamente para um usuário que tem, por exemplo, R$ 0,50 de crédito, é sem dúvida um exagero.


Cabe agora a Anatel achar uma saída para que a decisão da Justiça não acabe prejudicando os usuários que quer proteger.


Smartphones no Brasil


Segundo o Kantar World Panel, 12,6% dos brasileiros com sete anos ou mais possuíam um Smartphone em Jun/13.


Segundo a Microsoft, a venda de smartphones com Windows está muito próxima da de dispositivos com o iOS, da Apple. A diferença foi de apenas 20 mil unidades no 2T13.


Outros destaques nacionais

 

A Embratel apresentou ao mercado uma oferta pública para aquisição da totalidade das ações ordinárias e preferenciais da Net Serviços visando o fechamento de capital da empresa.


A Net confirmou a incorporação de quatro subsidiárias: Net Sao Paulo, 614 Serviços de Internet (Maceió), 614 Internet (Joao Pessoa) e 614 TVH Vale (Sao Jose dos Campos).


A GVT deu inicio a oferta de serviços em Campos dos Goytacazes, Rio de Janeiro.


A Nextel foi a empresa que menos resolveu os problemas dos consumidores em 2012, tendo atendido a apenas 31,7% das reclamações feitas nos Procons do país, segundo dados divulgados pelo Ministério da Justiça.


Segundo a Akamai, a velocidade média das redes móveis brasileiras subiu de 1,2 Mbps em 2012 para 1,3 Mbps no 2T13. Na banda larga fixa o crescimento foi de 2,3 Mbps para 2,4 Mbps em igual período.


O Confaz manteve em 10% a alíquota de ICMS aplicável ao serviço de TV por Assinatura.


Segundo o IBGE, o setor de serviços no Brasil teve um crescimento nominal de 6,6% em agosto de 2013, em relação a igual mês de 2012, mais que os serviços TIC (5,7%).


O MiniCom reduziu as exigências de conteúdo nacional nos projetos que terão benefícios fiscais do REPNBL para implantação de redes de transporte e acesso óptico, metálico e sem fio. As valem tanto para PPB como uso de tecnologia nacional. A redução foi necessária para viabilizar projetos em segmentos com poucos fornecedores em condições de atender os indicies propostos anteriormente.


O ministro das Comunicações, Paulo Bernardo, participa, na próxima semana da reunião do IGF (Internet Governance Forum), que acontece em Bali, na Indonésia.


A presidente Dilma irá assinar um decreto que irá obrigar todos os órgãos da Administração Federal a usar o e-mail Expresso fornecido pelo Serpro.


A Siemens Enterprise Communications passou a se chamar Unify,

 
America Latina

 
Continua em ebulição a questão dos bens reversíveis na Colômbia. Um Senador Colombiano está propondo a nacionalização das redes das operadoras de celular que passariam a utilizar de forma compartilhada uma mesma infraestrutura.

 
A América Móvil desistiu de sua oferta para adquirir o controle da KPN da Holanda por 7,2 bilhões de euros. A novidade pode ser boa para a região, pois a operadora disporá de mais recursos para investir na América Latina.


A Teleco realiza dia 5 de novembro Workshop sobre o mercado móvel na América Latina.


Destaques internacionais


O Google apresentou crescimento de 12% na sua receita no 2T13 (US$ 14,9 bilhões), quando comparada a do 2T12. O Lucro líquido foi de US$ 2,18 bilhões no 2T12 para US$ 2,97 bilhões no 2T13.


Já a sua subsidiaria Motorola Mobile apresentou que da na receita e prejuízo de US$ 248 milhões.


A Verizon (US) apresentou também seus resultados para o 3T12 com forte crescimento da sua base de celulares e clientes de sua rede FTTH (FIOS). Já são 4G 38% da base de celulares da Verizon . Ela pretende lançar ainda este ano o su serviço de Voz sobre o LTE (VoLTE).

 
Franco Bernabe, que renunciou ao cargo de CEO da Telecom Italia em função do aumento da participação da Telefônica na operadora, deixou também o cargo de chairman da GSM Association.


Após o anuncio da venda da Blackberry para um grupo de investidores canadenses surgiram vários interessados na aquisição da empresa, entre eles os fundadores da empresa e a Lenovo. O patinho feio está se transformando na noiva cobiçada.


O European Telecommunications Standards Institute (ETSI) publicou as primeiras cinco especificações sobre Network Functions Virtualisation (NFV)


 

 

13
10/2013

Comentários
0

Futurecom, Custo do Celular, Anatel e outros destaques

Eduardo Tude

Futurecom


Falta uma semana para a Futurecom 2013, maior feira e congresso de Telecom do Brasil. O Teleco estará presente como sempre e distribuirá a 11ª edição do DVD de tutoriais.


Custo do Celular


Deu o que falar o estudo da UIT que colocou o Brasil com o celular mais caro do mundo. Segundo o estudo, o brasileiro gastaria R$ 126,00 por 51 minutos de utilização e o envio de 100 SMSs.


O comentário da semana do Teleco analisa a metodologia do estudo e suas distorções, como considerar R$ 1,50 o preço por minuto aplicável para chamadas entre celulares de uma mesma operadora.


O estudo apresenta também o ICT Development Index (IDI) no qual o Brasil se manteve na 62º posição entre 157 países (9º nas Americas).


Anatel


A Anatel quer repassar para as operadoras parte dos custos de sua Central de Atendimento. O Presidente da Anatel alega que mais de 60% dos atendimentos dizem respeito a problemas dos consumidores que as operadoras não resolveram.


Ora, este tipo de custo não deveria ser coberto pelo FISTEL criado para custear as atividades da Anatel? O problema é que o Fistel arrecadou R$ 3,1 bilhões com taxas de fiscalização em 2012 e o orçamento da Anatel representou 14% deste total.


Outros destaques


A Moody rebaixou o rating da Telecom Itália para “non-investment grade” aumentando as especulações sobre uma possível venda da TIM Brasil.


Atendendo reinvindicação dos radiodifusores, a Anatel adiou a decisão sobre a destinação da faixa de 700 MHz para a banda larga móvel. O tema só deve ser colocado em pauta após o fim do replanejamento dos canais e da conclusão dos testes sobre interferência entre a telefonia 4G e a TV digital.


Começa a esquentar o debate sobre a renovação dos contratos de concessão do STFC que envolve temas como bens reversíveis e fim da concessão.


Foi sancionada a lei nº 12.865 que regulamenta o pagamento móvel (m-payment).


O Minicom aprovou a lista de aplicativos desenvolvidos no Brasil, apresentadas pelos fabricantes de smartphones, que serão disponibilizados nos smartphones com isenção fiscal. A Apple apresentou 21 aplicativos, a Samsung 18 e a Huawei 8 aplicativos.


O Conselho de Administração dos Correios deverá aprovar em novembro a criação da subsidiária que atuará como MVNO. A incerteza quanto a aplicação dos tributos tem atrapalhado o aparecimento de novos MVNOs no Brasil.


Destaques Internacionais


A T-Mobile dos Estados Unidos, adquirida recentemente pela Softbank do Japão, anunciou a criação de um plano de serviço (Simple Choice) sem as taxas e preços diferenciados para voz e dados quando o usuário estiver roaming internacional em mais de 100 países. O preço do minuto será sempre US$ 0,20.


Alcatel-Lucent anunciou um corte global de 10 mil postos de trabalho.

 

 

6
10/2013

Comentários
0

Portugal Telecom e Oi, Telefônica e Telecom Itália, Celular em agosto e outros destaques

Eduardo Tude

Fusão da PT e com a Oi


A Oi e a Portugal Telecom anunciaram a fusão em uma nova empresa (“CorpCo”) que passaria a ter suas ações negociadas no Novo mercado da Bovespa.


Esta operação, que envolve um aumento do Capital da Oi, pode dar folego a operadora para continuar com seu plano de investimentos. Um melhor nível de Governança pode também contribuir para uma valorização das ações da empresa.


Já a Portugal Telecom, a fusão contribui para evitar que ela se torne alvo de aquisição em um momento de consolidação de operadoras europeias.


A operação é complexa, mas o ponto crucial é o sucesso da operação de aumento de capital, que pretende captar de R$ 8 bilhões.


Para detalhes consulte a página do Teleco sobre o processo.


Crescimento do celular


A Anatel finalmente divulgou o crescimento do celular em agosto , liderado pela Vivo como comentado neste Blog.


O recorde de adições líquidas no ano (1,4 milhões) foi sustentado pelo maior crescimento neste segmento de Claro e Oi.



Telefônica e Telecom Itália


O processo de aumento da participação da Telefônica no capital de Telecom Itália fez a sua primeira vitima.


Francisco Bernabe, Chairman e CEO da Telecom Italia, se demitiu do cargo esta semana, sendo substituído no cargo de CEO por Marco Putano.


Os planos para uma reestruturação da Telecom Itália e em relação ao futuro da TIM Brasil serão apresentados pelo novo CEO no dia 7 de novembro.


Enquanto isto, no Brasil, a Telefônica entregou a ata com o aumento de sua participação na Telecom Italia para a Anatel.



Telefones celulares e Smartphone no Brasil


A produção de telefones celulares no Brasil, que em julho havia crescido 8,9% voltou a apresentar queda (- 8,3%) em ago/13, sempre comparado ao mesmo mês do ano anterior.


Dados da IDC, organizados pela Abinee, apontam que foram vendidos 29,6 milhões de telefones celulares no primeiro semestre de 2013, sendo 13,7 milhões smartphones (46,2%).


Outros destaques


A GVT passou a operar em Ribeirão Preto (SP) e a Net em Rio Branco (Acre).


A EchoStar, concorrente da DirecTV nos Estados Unidos, e Vivendi fecharam uma parceria para a oferta de TV por assinatura via satélite no Brasil através da GVT.


André Kriger, diretor de FTTH na Vivo, recebeu o Prêmio FTTXcellence 2013 na Conferência do FTTH Council America realizada nos Estados Unidos.Parabéns!!!


Aprovado o projeto da NET no Regime Especial de Tributação do Programa Nacional de Banda Larga para Implantação de Redes de Telecomunicações (REPNBL-Redes).


Será realizado em 29 de outubro o pregão eletrônico para contratação das conexões do Gesac, programa de acesso à Internet do Ministério das Comunicações. Ele será expandido dos atuais 13 mil pontos de presença existentes para cerca de 31 mil.


A Vivo firmou seu primeiro acordo de roaming para 4G nos Estados Unidos.


Outros destaques internacionais


A Apple e o Google passaram a ser as marcas mais valiosas do mundo com um valor de US$ 93,3 bilhões e US$ 93,2 bilhões respectivamente, segundo a Interbrand. A Coca-Cola caiu para a para a terceira colocação (avaliada em US$ 79,2 bilhões).


Os acionistas da KPN aprovaram a venda da E-Plus, operadora móvel da Alemanha, para a Telefônica.



 

 

1
10/2013

Comentários
0

Vivo lidera o crescimento do celular em Agosto

Eduardo Tude

A Vivo liderou o crescimento do celular em Agosto com adições líquidas de 489 mil celulares, seguida pela Claro (435 mil), TIM (246 mil) e Oi (227 mil).


A Vivo continuou apresentando adições líquidas negativas no pré-pago (-57,8 mil) compensadas pelo crescimento no pós-pago (546,5 mil).


A TIM ficou em segundo no pós (141 mil), seguida pela Claro (45 mil) e pela Oi (7,3 mil).


A Claro liderou o pré-pago (390 mil), seguida pela Oi (220 mil) e pela TIM (105 mil).

 

 

Eduardo Tude

Presidente e sócio da empresa de consultoria Teleco, atua desde 2002 como analista do mercado de Telecom, coordenando projetos de consultoria, publicando artigos semanais, preparando relatórios setoriais e apresentando workshops.

Engenheiro de Telecom (IME 78) e Mestre em Telecom (INPE 81) é membro da Comissão julgadora do Global Mobile Awards do Mobile World Congress em Barcelona e atuou como professor especialista visitante da Unicamp (2013).

Ocupou várias posições de Direção em empresas de Telecom em áreas como Sistemas Celulares (Ericsson), Redes Ópticas (Pegasus Telecom) e Satélites (INPE).

Histórico

2017

2016

2015

2014

2013

2012

2011

2010

2009

2008

2007

2006

Produtos Teleco

Inteligência em Telecom

Estudos e Base de Dados

Relatórios

Telecom no Brasil 2017

 

Venda de Planilhas

Dados históricos do Mercado Brasileiro

Workshops

Regulamentação
05/Dezembro

Market Update

Internet das Coisas

Mais Produtos