29
12/2012

Comentários
0

Telecom na Bovespa e Feliz 2013

Eduardo Tude

Em uma semana de poucas novidades, vamos fazer o balanço da performance das principais ações de Telecom na Bovespa.


2012 não foi um ano bom para as ações de Telecom na Bolsa. O Indice que acompanhava estas ações (Itel) foi extinto e as ações apresentaram queda no período.


Em março de 2012 a Oi completou a sua reorganização societária e passou a ter as suas ações negociadas na Bovespa sob a sigla OIBR3 (ON) e OIBR4 (PN). Suas ações apresentaram queda de 28,7% e 27,8% no período de abril a dezembro.


Neste mesmo período as ações da Telefônica apresentaram queda de 10,5% (ON) e 9,9% (PN) e a da TIM queda de 27,4%.


Teleco deseja um feliz 2013 a todos.

 

 

23
12/2012

Comentários
0

Crescimento do Celular e da TV por Assinatura em Novembro são os destaques

Eduardo Tude

Crescimento do celular


A divulgação pela Anatel do crescimento do celular em novembro foi o grande destaque da semana. Como comentado neste Blog, a Oi liderou o crescimento e a TIM e a Vivo apresentaram adições líquidas negativas. A Vivo continua limpando sua base de pré-pago, mas liderou em adições líquidas no pós-pago.


Crescimento da TV por Assinatura


A TV por Assinatura apresentou adições líquidas de 267 mil acessos em novembro, sendo 230 mil via satélite (DTH).


A Embratel/Net liderou o crescimento com adições líquidas de 123,5 mil, seguida pela Sky (85,5 mil), Oi (54,1 mil) e GVT (24,2 mil). A telefônica continua perdendo acessos (-7,9 mil) e pode vir a ser ultrapassada pela GVT.


A Oi lançou oficialmente seu serviço de IPTV por meio de sua rede FTTH. O serviço começará sendo oferecido em Belo Horizonte e se extenderá por mais 20 cidades do país.


A NET, que já possui autorização de SeAC, anunciou que entrará em operação em 44 novas cidades a partir de janeiro de 2013. Deste total, 27 estão na Grande São Paulo e Vale do Paraíba, 8 na baixada fluminense, 4 em Pernambuco (inclusive Recife), 2 na Bahia (Salvador e Lauro de Freitas); 2 no Pará (Belém e Ananindeua) e em São Luís (Maranhão).


Outros destaques

 

  • O INPI confirmou que a Gradiente é a dona da marca iphone para telefones celulares no Brasil. O pedido da marca foi feito em 2000, concedido em 2008 e vale até 2018. A Gradiente pretende fazer um acordo com a Apple par o uso da marca no Brasil.
  • A Unicel parece ter encontrado o seu fim, A Anatel extinguiu autorização de SMP da Unicel e barrou sua incorporação pela Nextel. A Unicel perdeu também a licença de trunking com o encerramento do chamamento publico promovido pela Anatel.
  • Segundo o IDC foram vendidos de 15,3 milhões de telefones celulares no Brasil no 3T12, com queda de 15,3% em relação á 2011. Deste total, 4,2 milhões eram smartphones.
  • A Anatel aprovou o novo regulamento de qualidade do STFC. Os atuais 37 indicadores de qualidade cairiam para 21 e passam a valer apenas para as operadoras com mais de 50 mil acessos.

 

 

19
12/2012

Comentários
12

Oi lidera o crescimento do celular em novembro e a Vivo continua limpando a base

Eduardo Tude

A Oi liderou o crescimento do celular em novembro com adições líquidas de 528 mil celulares, seguida pela Claro (433 mil) e TIM (75 mil).


A Vivo, que continua limpando a sua base de pré-pago, apresentou adições líquidas de -300 mil celulares.


As adições líquidas de 737 mil celulares em novembro reforçam a tendência de adições líquidas de um crescimento menor que 10% em 2012. As adições líquidas acumuladas de janeiro a dezembro totalizaram 17,8 milhões de celulares.


O pós-pago, com adições líquidas de 588 mil, voltou a superar o pré-pago (158 mil) em novembro.

 

 

15
12/2012

Comentários
0

Qualidade Celular, Abinee e outros destaques da semana

Eduardo Tude

Enquete realizada pelo Teleco apontou Smartphones (28%), Qualidade (23%) e 4G (16%) como os temas mais quentes no Brasil em 2012. Em 2011 haviam sido tablets (32%) e Smartphones (28%).


A qualidade do celular no Brasil voltou a ser um tema quente esta semana como comentado em outro post neste blog.


Merece destaque também o almoço anual da Abinee que contou com a presença do Ministro das Comunicações e outras autoridades.


Na oportunidade o Ministério das Comunicações assinou um termo de compromisso com fabricantes de celulares com o objetivo de garantir o repasse ao consumidor da exoneração de Pis e Cofins para smartphones fabricados no país e de coibir a venda de dispositivos móveis não homologados pela Anatel.


A Abinee estima em 14% o crescimento do faturamento da Indústria de Telecom em 2012 atingindo R4 22,7 bilhões. Para 2013 a Abinee estima um crescimento de 7%.

 

Outros destaques

 

  • A Claro anunciou o lançamento oficial de sua rede 4G em Recife (PE), Campos do Jordão (SP), Paraty e Búzios (RJ) com a marca 4G Max. É a primeira operadora de celular a lançar comercialmente o 4G no Brasil.
  • O Procon Porto Alegre multou a Oi, Claro, Vivo e TIM, por falta de cumprimento do acordo feito em julho com as operadoras para melhorar a cobertura por meio de investimentos.
  • O PL das Antenas foi aprovado no Senado e será agora submetido à votação na Câmara dos Deputados. O projeto estabelece prazo de 60 dias para a emissão de licenças de instalação de antenas e obrigações de compartilhamento.
  • A Anatel criou o Grupo de Implementação da Entidade Supervisora de Ofertas de Atacado e das Bases de Dados de Atacado (GIESB) que deve fazer sua primeira reunião no dia 19 de dezembro de 2012.
  • Foram iniciadas as venda do iPhone 5 no mercado brasileiro. O preço para o aparelho desbloqueado e sem fidelização varia de R$ 2,4 mil (16 GB) a R$ 3 mil (64 GB).
  • O estudo de mercado realizado pela Pricez e a Teleco mostra que durante o período de abril a dezembro de 2012 houve uma redução de 35% no custo do serviço celular para clientes com baixo consumo e redução de 12% para clientes com consumo médio. Já para clientes de alto consumo houve um aumento de 8% nos preços.
  • 94,2 milhões de pessoas tinham acesso à internet no Brasil no 3T12 segundo o Ibope Media.
  • As ações das operadoras de Telecom estiveram em alta esta semana na Bovespa: TIM (2,3%), Telefônica (ON: 1,9%, PN: 2,7%) e Oi (ON: -0,8%, PN: 1,8%).
  • Terminou a Conferência Mundial de Telecomunicações Internacionais (CMTI-12) da UIT em Dubai. O novo tratado sobre os Regulamentos de Telecomunicações Internacionais foi assinado por 89 países, inclusive o Brasil, de um total de 152 presentes ao encontro. A União Europeia, Estados Unidos, Reino Unido, Japão, Índia e a Austrália estão entre os 55 países que não assinaram o documento.


 

 

15
12/2012

Comentários
0

A Qualidade do Celular melhorou?

Eduardo Tude

O debate sobre a qualidade do celular no Brasil esquentou novamente esta semana com a apresentação feita pela presidente da Anatel em audiência pública na Comissão de Ciência, Tecnologia, Inovação, Comunicação e Informática do Senado.


Na apresentação a Anatel incluiu um gráfico sobre reclamações na Anatel sobre Completamento e Reparo para as operadoras TIM, Oi e Claro.


Nota-se que a quantidade de reclamações sobre estes itens apresenta um aumento significativo na comparação de Junho com Agosto, após a aplicação da suspensão pela Anatel:

  • TIM: de 1 mil para 4 mil
  • Oi: de 1 mi para 1,7 mil
  • Claro: de 700 para 2,2 mil.


Em agosto, cobrança ainda foi responsável por 38,4% das reclamações sobre o celular (SMP) na Anatel, seguida por serviços adicionais (11,4%) e reparo (6,7%). E as posições no ranking de reclamações por 1000 acessos se mantiveram inalteradas:

  • Oi: 0,641
  • Claro: 0,499
  • TIM: 0,440
  • Vivo: 0,277


A apresentação da Anatel mostrou que as metas para indicadores de acesso a rede de voz foram atendidos em Agosto, Setembro e Outubro foram atendidos neste período, mas os de acesso à rede de dados não.


Com as informações apresentadas pela Anatel fica muito difícil avaliar a evolução da qualidade do celular no Brasil.


Os últimos índices de reclamações na Anatel foram divulgados na sexta feira passada (14/12) e se refere a Agosto. Já os indicadores definidos no Regulamento de Qualidade deixaram de ser publicados em abril de 2012.


Enquanto a Anatel não voltar a divulgar os indicadores de qualidade de forma sistemática e continuar pinçando apenas alguns itens em suas apresentações vai ficar difícil fazer qualquer afirmação sobre a qualidade do celular no Brasil.

 

 

9
12/2012

Comentários
0

Celulares, Smartphones, Pagamentos Móveis, Unicel e outros destaques

Eduardo Tude

Vendas de celulares no Brasil


A produção de telefones celulares no Brasil voltou a cair em outubro (-6,9%) em relação a igual período de 2011. Ela havia caído 25,4% no primeiro semestre e 22,9% no 3T12. A produção de telefones celulares no Brasil deve ser uma queda de mais de 20% em relação aos 67 milhões produzidos em 2011.


Parte desta que da pode ser atribuída às exportações que foram 53,7% menores nos 10 primeiros meses do ano. Mas, como as importações também caíram 56%, as vendas de telefones celulares no Brasil devem ser cerca de 20% menores em 2012 do que em 2011.


As vendas de telefones celulares no mundo também devem apresentar pequeno crescimento em 2012. O que cresce fortemente é a venda de smartphones que no 3T12 representarm 40% dos celulares vendidos no mundo.


Pagamentos via Internet e Celular


O relatório anual do Banco Central “Diagnóstico do Sistema de Pagamentos de Varejo do Brasil” mostra que, em 2011, o internet banking foi o canal de atendimento mais utilizado pelos consumidores (36,1%), superando os caixas eletrônicos (26,1%) e agências (24,5%).


Para pagamento de conta/tributo e transferência de créditos correspondentes bancários (lotéricas,...) são o principal canal (35,1%), seguido pelo internet banking (31,8%) e agências (22,1%).
As transações via celular ainda eram poucas (196 milhões) mas apresentaram um forte crescimento em relação a 2010 (61 milhões).


Unicel


A Anatel tem dado sinais de que não deve autorizar a venda da Unicel para a Nextel.


A Anatel notificou em 3/12/2012 a Unicel, que se encontra em local incerto e não sabido,sobre Procedimento para Apuração de Descumprimento de Obrigações – PADO nº 3500.010889/2011, dando o prazo de 15 dias para apresentação de sua defesa administrativa.


Diante deste quadro a Unicel conseguiu no dia 5/12/2012 um mandado de segurança da Justiça Federal impedindo o conselho diretor da Anatel de decidir sobre a anuência prévia em torno da venda da Unicel para a Nextel por um prazo de 10 dias.

 

Outros destaques


  • A Nextel publicou os seus planos de serviço para o serviço celular (SMP).
  • O aniversário de 5 anos da TV Digital passou em branco com poucas manifestações da parte do Governo e da Anatel. O serviço está, no entanto, se popularizando lentamente. Enquete realizada esta semana pelo Teleco apontou que 51% compraram um conversor ou uma TV com conversor. Em Ago/11 este percentual era de 37%.
  • O serviço de SMS completou 20 anos de existência no mundo em 3/12/2012. No Brasil a utilização do SMS é menor do que a média mundial, devido principalmente ao seu custo. Esta semana, Oi e Vivo anunciaram um acordo para permitir SMS a cobrar entre as duas operadoras. Este serviço já existe entre os clientes da própria Oi e das operadoras Tim e CTBC.
  • A GVT informou que iniciará ainda este ano a construção de um trecho de sua rede na cidade de São Paulo.
  • A Telefónica pretende listar no mercado de capital de 10% a 15% das ações de suas operações na América Latina.
  • América Móvil e BNDES encerraram uma disputa de oito anos em relação ao valor das ações do Banco na Americel e na Telet. A América Móvil concordou em pagar US$ 220 milhões ao BNDES.
  • A Linktel firmou parceria com a Orla Rio para implantar Wi-Fi nas praias cariocas.
  • A Amazon lançou sua loja virtual no Brasil (www.amazon.com.br)
  • A descontinuidade do serviço de TV por MMDS entra na sua reta final para liberar as frequências de 2,5 GHz para 4G. Diante das reações em São Paulo, a Anatel cobrou da Vivo um plano para descontinuidade do serviço.
  • A Telebras ativou 4,6 mil quilômetros da sua rede de fibra interligando nove estados do Nordeste e Centro-Oeste.
  • O STJ rejeitou recurso do estado do Rio de Janeiro contra a empresa Vivo, questionando o pagamento de ICMS sobre os serviços acessórios à telecomunicação como habilitação, troca de titularidade do aparelho celular, fornecimento de conta detalhada, substituição de aparelho, alteração de número, religação, mudança de endereço de cobrança de conta telefônica, troca de área de registro, alteração de plano de serviço e bloqueio de DDD e DDI.
  • A Telecom Italia decidiu e rejeitar a proposta do bilionário egípcio Nagib Sawiris para participar do grupo de controle da operadora.
  • Congresso Internacional de Telecomunicações (WCIT) da UIT realizado em Dubai entre 3 e 14 de dezembro conta com uma expressiva delegação brasileira. Segundo a UIT, a Conferência envia um forte sinal afirmativo do direito à liberdade de expressão na internet.

 

 

1
12/2012

Comentários
0

TV Digital, TV por assinatura, PIB, GVT e outros destaques

Eduardo Tude

A TV Digital aberta completa cinco nao no Brasil no dia 2/12 (domingo). Apesar de não ter atendido às expectativas que foram criadas, ela vai pouco a pouco se tornando uma realidade. O desafio agora é completar a transição, desligando a TV analógica em 2016.

  

A TV por assinatura foi o destaque da semana com a divulgação pela Anatel do crescimento em agosto e dos planos de ação para melhoria da qualidade por parte das operadoras.


TV por assinatura - Crescimento


O Brasil terminou outubro com 15,7 milhões de acessos de TV por Assinatura, sendo 60% via satélite (DTH).


O DTH foi responsável por 256 mil do total de 301 mil das adições líquidas no mês.


A Embratel/Net liderou em adições líquidas no mês com 121 mil, seguida pela Sky (103 mil), Oi (48 mil) e GVT (35 mil).

 

TV por assinatura - Qualidade


A Anatel realizou entre 27/09 e 04/10/12 reunião com as principais prestadoras te TV por Assinatura visando à redução dos índices de reclamações na Anatel dos Serviços de TV por Assinatura que estão acima da meta de 0,65 Reclamações na Anatel por 1000 Assinantes.


Este índice em Jul/12 era de 3,1 para a Oi, 1,3 para a Telefônica, 1,1 para a Sky e 0,8 para a Embratel/Net.


As prestadoras apresentaram esta semana Planos de Ação. O objetivo é que a meta seja atingida até dezembro de 2013.


Ação equilibrada da Anatel na fiscalização da qualidade dos serviços prestados.



Outros destaques

  • O PIB de Serviços de Informação cresceu 3,4%, na comparação dos últimos quatro trimestres com os quatro trimestres anteriores, mais que o PIB Brasil que cresceu 0,9% neste período.
  • A Anatel aprovou alteração no Regulamento do Serviço Móvel Pessoal para que chamadas sucessivas feitas de celular para um mesmo número sejam consideradas uma única ligação para efeitos de tarifação. Para serem consideradas sucessivas, as chamadas deverão ser refeitas no intervalo máximo de 120 segundos entre os mesmos números de origem e de destino.
  • O Conselho Diretor da Anatel decidiu submeter à consulta pública a proposta de "Norma para uso de Femtocélulas em redes do Serviço Móvel Pessoal ou do Serviço Móvel Especializado".
  • Os acessos de Serviço Móvel Especializado (SME) voltaram a apresentar redução em outubro (-12 mil). A Nextel é a principal operadora de SME do Brasil.
  • O Grupo Telefônica e a MasterCard, criaram a joint-venture MFS Serviços de Meio e Pagamentos. A Claro já havia anunciado uma associação com o Bradesco.
  • Continuam as especulações sobre a venda da GVT. A Telecom Italia teria desistido do negócio e, segundo um jornal italiano, a Vivendi teria recebido quatro propostas, todas abaixo de 6 bilhões de euros e nenhuma de operadores de telefonia.

 

 

Eduardo Tude

Presidente e sócio da empresa de consultoria Teleco, atua desde 2002 como analista do mercado de Telecom, coordenando projetos de consultoria, publicando artigos semanais, preparando relatórios setoriais e apresentando workshops.

Engenheiro de Telecom (IME 78) e Mestre em Telecom (INPE 81) é membro da Comissão julgadora do Global Mobile Awards do Mobile World Congress em Barcelona e atuou como professor especialista visitante da Unicamp (2013).

Ocupou várias posições de Direção em empresas de Telecom em áreas como Sistemas Celulares (Ericsson), Redes Ópticas (Pegasus Telecom) e Satélites (INPE).

Histórico

2017

2016

2015

2014

2013

2012

2011

2010

2009

2008

2007

2006

Produtos Teleco

CONSULTORIA TELECO

Inteligência em Telecom

Estudos e Base de Dados

Relatórios

Celular Brasil 2016

Telecom e Capex

Venda de Planilhas

Dados históricos do Mercado Brasileiro

Workshops

Regulamentação
28/Novembro

Market Update

Internet das Coisas

Mais Produtos