22
2/2015

Comentários
0

CADE e GVT, Resultados 2014 SKY e Telecom Itália, Desenvolvedores de Aplicativos e ...

Eduardo Tude

MWC 2015 em Barcelona


Falta 1 semana para a maior feira e congresso de celular do mundo.


Estre os temas principais do evento estão: Internet das coisas, Lançamentos de novos Smartphones, Wearables, 5G e estratégias de oferta de conteúdo e múltiplos serviços.


Avança processo de aquisição da GVT pela Telefônica no CADE


A superintendência-geral do CADE deu parecer recomendando a aprovação pelo Conselho da aquisição da GVT pela Vivo (com restrições) e a dissolução da Telco (controladora da Telecom Itália).

 
Resultados 2014: SKY


Na comparação de 2014 com 2013 a SKY Brasil apresentou os seguintes resultados:

  •  A receita líquida cresceu 12,5%, mais que a base de assinantes (5,1%).
  • A Margem EBITDA caiu de 33,4% em 2013 para 30,2% em 2014.


Resultados 2014 e Planos da Telecom Itália


A Telecom Itália anunciou seu plano de investimentos para o triênio 2015-2017 que prevê investimentos de EUR 10 bilhões na Itália e de R$ 10 bilhões no Brasil.


Os investimentos têm como objetivo a implantação de uma nova infraestrutura de banda larga fixa e móvel de alta velocidade visando aumentar a receita de dados (negócios inovadores) de modo a contrabalancear a perda de receita com negócios tradicionais (Voz e SMS).


A receita da Telecom Itália na Itália apresentou uma queda 6,6% em 2014, redução menor que a apresentada em 2013 (7,8%). A população atendida com 4G deve passar de 80% para 95% neste período.


No Brasil o objetivo é aumentar a cobertura 4G dos atuais 30% da população para 80% em 2017.


Com este plano a Telecom Itália descarta no curto prazo uma possível aquisição da Oi. Segundo declarações do presidente da Telecom Itália Marco Patuano para a Folha de São Paulo: "De acordo com o nosso plano, podemos seguir adiante sem comprar nenhuma empresa".


Desenvolvedores de aplicativos


De acordo com o estudo divulgado pela Vision Mobile as plataformas prioritárias entre desenvolvedores que se dedicam exclusivamente ao desenvolvimento de aplicativos são:

  • Android (40%)
  • iOS (37%)
  • Windows Phone (8%)
  • Navegador móvel (7%)


Entre os desenvolvedores de aplicativos interessados em ganhar dinheiro com vendas nas lojas de aplicativos, 17% não ganha nada e menos da metade (48%) ganham mais de US$ 100 por mês.


Smartphones no Brasil tem um consumo médio de 540 MB em dados da operadora móvel


Segundo a Informate, que monitora o tráfego de dados nos Smartphones que utilizam o aplicativo Data Diary, o consumo de dados dos smartphones no Brasil é de 9 GB por mês, sendo 94% via WiFi e 6% (540 MB) via operadora de celular.


ATT no México


A AT&T continua dando mostras de sua intenção de integrar o México na sua área de atuação com a aquisição da Iusacel e da Nextel México.


A operadora passou a oferecer para seus clientes pré-pagos nos Estados Unidos chamadas ilimitadas gratuitas para o México.

 

 

15
2/2015

Comentários
1

Pré-pago jan/15, Resultados América Móvil e TIM, Oi, postes, M2M e FTTH

Eduardo Tude

Pré-pago em jan/15


Dados preliminares da Anatel indicam que o pré-pago apresentou adições líquidas de 470 mil celulares em Jan/15, menos que em Jan/14 (711 mil).


Com este resultado o crescimento acumulado nos últimos 12 meses é quase nulo, com adições líquidas de apenas 1,1 milhões de pré-pagos em um total de 212, 4 milhões de aparelhos.


Resultados 2014: América Móvil Brasil (Claro, Embratel e Net)


O Grupo América Móvil Brasil repetiu em 2014 o bom desempenho dos anos anteriores.


Na comparação de 2014 com 2013 o Grupo América Móvil Brasil (Claro, Embratel e Net) apresentou os seguintes resultados:

  • A receita líquida cresceu 7,2%, mais que o Grupo América Móvil no mundo (2,9%).
  • A receita líquida do segmento fixo (Telefonia Fixa, Banda Larga Fixa e TV por Assinatura) cresceu 10,6% e a do móvel 2,7%.
  • A margem EBITDA cresceu de 23,7% em 2013 para 25,3% em 2014.

 

O Grupo concluiu no final de 2014 a fusão da Embratel, Net e Claro em uma única empresa (Claro S.A.). A Claro Telecom, controladora da Claro S.A. deve ter suas ações listadas em bolsa em 2015.


Resultados 2014: TIM Brasil


Na comparação de 2014 com 2013 a TIM Brasil apresentou os seguintes resultados:

  • Queda de 2,1% de sua receita líquida. A queda ocorreu nos serviços de voz móvel (%), principalmente interconexão (-30%) e nos serviços fixos (-15,9%).
  • A receita de dados móveis (VAS) cresceu 23,6% no ano e representava 31,1% da receita de serviços no 4T14. 45% da base total da TIM era de usuários de dados em 2014 e 50% possuía smartphones.
  • O ARPU caiu de R$ 18,6 em 2013 para R$ 17,7 em 2014 e o MOU de 148 para 136 minutos.
  • A margem EBITDA cresceu de 26,1% em 2013 para 28,4% em 2014.
  • O Lucro Líquido de R$1.546 milhões foi 2,7% maior que o de 2013.
  • O Capex (sem aquisição de frequências ) totalizou R$3.928 milhões, aumento de 10,3% em relação à 2013.


Os resultados demonstram que a operadora está conseguindo fazer a transição de uma operadora de voz para dados.


Oi


A Assembleia Geral de debenturistas da Oi, realizada em 12/02/2015, aprovou:

  • A venda dos ativos da Portugal Telecom para a Altice.
  • A reorganização societária para elevação do nível de governança da Companhia perante a BM&F Bovespa.
  • A alteração temporária (durante apenas o ano de 2015) da alavancagem da Companhia: A relação Divida Bruta Total/EBITDA deverá ser igual ou inferior a 4,50 vezes, após a venda dos ativos para a Altice.


As ações da Oi tiveram uma valorização de cerca de 20% na semana.


Aluguel de postes


A resolução da Anatel e Aneel sobre aluguel de postes do setor elétrico, que estabeleceu um valor de referência de R$ 3,19 , entra em vigência em abril, mas já começa a agitar o setor. Existem empresas pagando até R$ 15 por poste. A GVT deve ser a primeira a usar a mediação da Anatel e Aneel.


M2M – Smart Grid


A Vivo será a responsável pelas conexões M2M do consórcio formado pela Siemens, Telemont e Itron para implantar smart grid para as empresas de distribuição da Eletrobrás em unidades consumidoras de média e baixa tensão nos estados do Acre, Alagoas, Amazonas, Piauí, Rondônia e Roraima. A previsão é de 130 mil pontos 2G e 3G.


FTTH na Europa


A Europa terminou 2014 com 14,5 milhões acesso FTTH/B (+50% no ano), sem incluir Rússia e Ucrânia (+ 14,8 milhões). Fonte: FTTH Council Europe e IDATE.

 

 

8
2/2015

Comentários
0

Barcelona, Banda Larga em 2014, Definição Banda Larga, Tráfego de dados, SME, Orelhões e outros destaques

Eduardo Tude

MWC 2015: Barcelona


Acontece de 2 a 5 de março em Barcelona o MWC 2015.


O Teleco estará mais uma vez presente como Media Partner do evento. Este ano, o Teleco participará também da comissão julgadora do “Global Mobile Awards” no evento.


Banda larga fixa (SCM) em 2014


O Brasil terminou 2014 com 24,0 milhões de acessos de banda larga fixa (SCM) e densidade de 11,8 acessos/100 hab. sendo que:

  • O crescimento de 8% no ano indica que o crescimento está desacelerando. As adições líquidas de 1,8 milhões no ano foram inferiores às de 2013 (2,4 milhões).
  • No 4T14 a maior parte dos acessos passou a ter uma velocidade superior a 2 Mbps (62,8% em Dez/14).
  • As operadoras com mais acessos de alta velocidade foram as que mais cresceram. A Embratel/Net liderou em adições líquidas (941 mil), seguida pela GVT (414 mil).
  • A Oi apresentou adições líquidas de 20 mil acessos e a Vivo de -205 mil.

 

Embratel/Net é a líder em market share com 7,5 milhões de acessos, seguida pela Oi (6,5 milhões), Vivo (4,1 milhões) e GVT (2,9 milhões). Com a aquisição da GVT a Vivo passará para a 2ª colocação, superando a Oi.


Nova definição de Banda Larga nos Estados Unidos


O FCC decidiu passar a considerar banda larga apenas acessos com velocidades superiores a 25 Mbps (downlink) e 3 Mbps (uplink).

 
Segundo o FCC, apenas 8% dos americanos que vivem em áreas urbanas não tem acesso banda larga com velocidades iguais ou superiores a esta. Nas áreas rurais, 53% não tem acesso a banda larga com velocidade de 25 Mbps/3 Mbps.


Crescimento do tráfego de dados no Brasil (Cisco VNI)


A nova edição do Cisco® Visual Networking Index (VNI), com as previsões sobre o tráfego global de dados móveis entre 2014 e 2019 apresenta as seguintes previsões para o Brasil:

  • Do tráfego IP total (fixo e móvel) em 2014, 56% foi Wi-Fi, 40% por rede cabeada e 3% móvel. Já em 2019, 57% desse total deve ser Wi-Fi, 30% cabeado e 14% móvel.
  • O tráfego de dados móveis vai aumentar nove vezes de 2014 a 2019, com uma taxa de crescimento anual composta de 56%.
  • O vídeo representará 73% do tráfego móvel no país em 2019, comparado a 53% no final de 2014.


Fim do SME (Trunking)


A Anatel aprovou a extinção do Serviço Móvel Especializado (Trunking). Os prestadores atuais, como a Nextel, irão migrar para o Serviço Móvel Pessoal, mas terá de pagar um valor adicional pelas frequências.


Aqueles com menos de 50 mil acessos poderão optar também pelo Serviço Limitado Privado.


Orelhões


A Anatel decidiu fixar multa diária de R$ 50 mil para cada unidade da federação (UF) em que pelo menos 9 em cada 10 orelhões não esteja funcionando em 31 de março de 2015. Atualmente 14 UFs estão abaixo desta marca. O teto máximo da multa é de R$ 10 milhões e se não for paga as chamadas de orelhões ficarão gratuitas.


Queda na VUM e chamadas Fixo-Móvel


Entra em vigor em 24/02 a redução dos valores de VUM das operadoras de celular anunciada em 2014 e que terá como consequência a redução dos valores das chamadas fixo-móvel das concessionárias de telefonia fixa. As chamadas locais VC1 terão um a redução média de 22%.


No caso de São Paulo, por exemplo, O valor de Fixo –Móvel (VC1) da Vivo cairá de R$ 0,35 por minuto para R$ 0,27 por minuto.


Outros destaques


O comércio eletrônico brasileiro faturou R$ 35,8 bilhões em 2014 com crescimento de 24% em relação à 2013. Foram 51,5 milhões de e-consumidores únicos ativos no ano, que geraram 103,4 milhões de pedidos (31º WebShoppers, E-bit).


A Anatel confirmou a cobrança de R$ 20,4 milhões da Oi referentes aos 2% da receita da concessionária Brasil Telecom no biênio 2010/2011.


A Telebras teria investido R$ 851,398 milhões em 2014 (Telesíntese).


As ações da Oi apresentaram uma valorização de cerca de 10% na semana.

 

 

1
2/2015

Comentários
0

Celular e TV por Assinatura em 2014, Oi, Nextel, MVNO e outros destaques

Eduardo Tude

Celular 2014


O Brasil terminou 2014 com 280,7 milhões de celulares sendo 145 milhões 3G, 113 milhões 2G (GSM), 6,8 milhões 4G e 16,3 milhões de terminais de dados.


No mês de Dez/14:

  • As adições líquidas de 258 mil celulares (847 mil de pós-pago e -589 mil de pré-pago) confirmaram que o Natal deixou de ser o mês com mais adições líquidas no ano.
  • A Claro liderou em adições líquidas totais (585 mil) seguida pela TIM (470 mil). Vivo e Oi apresentaram crescimento negativo devido às adições líquidas de -739 mi e -632 mil apresentadas no pré-pago.
  • A Vivo liderou em adições líquidas de pós-pago (426 mil), seguida pela TIM (183 mil), Claro (117 mil) Nextel (69 mil) e Oi (22 mil).



TV por Assinatura em 2014


O Brasil terminou 2014 com 19,6 milhões de acessos de TV por Assinatura, sendo 11,9 milhões via satélite (DTH) e 7,5 milhões de TV a cabo.


A Embratel/Net liderou em adições líquidas no ano (525 mil), seguida pela Oi (474 mil), SKY (272 mil), GVT (204 mil) e Vivo (176 mil).


A Embratel/Net apresentou adições líquidas negativas em dezembro (-319 mil) devido ao desligamento de inadimplentes em seu serviço via satélite (Claro TV).



Nextel vende operação no México


A NII Holdings (controladora da Nextel Brasil) anunciou a venda de sua operação no México para a AT&T por US$ 1,9 bilhões.


Com a venda a NII fica em condições de aumentar os investimentos na Nextel Brasil.


A AT&T está aproveitando a abertura do mercado mexicano para entrar no país. Além da Nextel ela já havia adquirido a Iusacell.

 


Oi


A Oi marcou para 12 de fevereiro a assembleia de debenturistas para decidir a alavancagem máxima (Dívida) que a empresa poderá assumir. Ou seja, até que ponto os recursos provenientes da venda de ativos, como os 7,4 bilhões de euros da Altice, deverão ser usados para reduzir o endividamento da empresa.


A Oi anunciou o cancelamento da distribuição de dividendos para o período de 2013 a 2016, inclusive os R$ 500 milhões relativos a 2013 anunciados em agosto de 2014.


As ações da Oi voltaram a apresentar queda de mais de 25% na semana.

 


MVNO – Assembleia de Deus


A Anatel concedeu autorização para que a Alô Serviços de Telefonia Móvel atue como MVNO.


Trata-se da primeira MVNO que optou pela modalidade de credenciada de operadora de celular.

 
A MVNO utilizará a rede da Vivo e tem como foco uma igreja (Assembleia de Deus).


Entres os acionistas estão Ricardo K e Raul Aguirre.

 


Vendas de Smartphones no mundo em 2014


Foram vendidos cerca de 1,3 bilhões de smartphones no mundo em 2014, sendo 317 millhões da Samsung, 193 milhões da Apple, 93 milhões da Lenovo/Motoroal, 74 milhões da Huawei e 61 milhões da Xiaomi.


A Apple teve um excelente desempenho no último trimestre do ano com o lançamento do iPhone 6, tendo vendido 74,5 milhões de smartphones no 4T14, mesma quantidade que a Samsung.

 


Outros destaques


O presidente da Telecom Itália Marco Patuano se reuniu com o ministro das Comunicações e declarou que pretende aumentar os investimentos da TIM Brasil.


A intenção de compra de telefonia e celulares em São Paulo caiu de 6,0% no 1T14 para 5,2% no 1T15, segundo pesquisa realizada pelo PROVAR,


Apenas 5% dos brasileiros que possuem smartphone assinam planos de dados compartilhados, enquanto nos Estados Unidos a penetração desse tipo de plano é de 26% (ConsumerLab da Ericsson).


Somam 4 milhões os telefones celulares roubados registrados no Cadastro de Estações Móveis Impedidas (CEMI) criado pela operadoras de celular do Brasil.


Entel Chile, Ericsson, Nokia, Microsoft, AT&T, Apple e Samsung entre outros divulgaram os resultados de 2014 esta semana.

 

 

Eduardo Tude

Presidente e sócio da empresa de consultoria Teleco, atua desde 2002 como analista do mercado de Telecom, coordenando projetos de consultoria, publicando artigos semanais, preparando relatórios setoriais e apresentando workshops.

Engenheiro de Telecom (IME 78) e Mestre em Telecom (INPE 81) é membro da Comissão julgadora do Global Mobile Awards do Mobile World Congress em Barcelona e atuou como professor especialista visitante da Unicamp (2013).

Ocupou várias posições de Direção em empresas de Telecom em áreas como Sistemas Celulares (Ericsson), Redes Ópticas (Pegasus Telecom) e Satélites (INPE).

Histórico

2017

2016

2015

2014

2013

2012

2011

2010

2009

2008

2007

2006

Produtos Teleco

CONSULTORIA TELECO

Inteligência em Telecom

Estudos e Base de Dados

Relatórios

Celular Brasil 2016

Telecom e Capex

Venda de Planilhas

Dados históricos do Mercado Brasileiro

Workshops

Internet das Coisas
27 de Junho

Market Update

Regulamentação

Mais Produtos