31
3/2012

Comentários
1

A divulgação dos resultados da Oi para 2011 foi o destaque da semana

Eduardo Tude

O Grande destaque da semana foi a divulgação dos resultados da Oi para 2011.

 


A operadora mudou a forma de divulgar sua quebra de receita, que antes era apresentada como receita bruta e por serviço, para receita líquida nos seguintes segmentos:

 

  • Residencial, que inclui telefonia fixa, banda larga fixa e TV por Assinatura ofertada para o consumidor residencial. Em 2011, neste segmento, a quantidade de acessos UGRs) apresentou queda de -4,0% e a receita de -12,1%.
  • Mobilidade Pessoal, que inclui os celulares varejo (sem corporativo), crescimento de 14,6% dos acessos e de 2,1% da receita em 2011.
  • Empresarial/Corporativo, que inclui acessos fixos e móveis para o segmento corporativo, crescimento de 10,6% dos acessos e de -1,7% da receita em 2011
  • TUPs (orelhões) com queda de -6,8% nos acessos e de -16,2% na receita em 2011.

 

A operadora fechou 2011 com 69,7 bilhões de acessos (+8,9%) e R$ 27,9 bilhões de receita líquida (-5,3%). A margem EBITDA foi de 28,2% no ano e de 26,4% no 4T11, impactada pela implementação do novo planejamento da operadora no 4T11 com um crescimento dos gastos “com publicidade e propaganda, contratação de 700 pessoas para as lojas próprias, serviço de terceiros e CMV, todos relacionados à intensificação da comercialização e foco na qualidade dos serviços”.

 


A operadora apresentou lucro de R$ 1,o bilhão em 2011 e deve distribuir dividendos de R$ 2,0 bilhões.

 


A Portugal Telecom divulgou também os seus resultados de 2011, incorporando a Oi a partir do 2T11. Adotou o mesmo formato de quebra da receita e apresentou uma margem EBITDA de 35,6% no ano.

 


A TIM continua tendo problemas no Nordeste. Agora foi a Justiça de Alagoas que suspendeu as vendas da TIM no estado.

 


A Anatel publicou o regulamento e o modelo de termo de autorização para o novo serviço de TV por Assinatura (SeAC) e marcou para 12 de abril a aprovação pelo conselho diretor do edital de frequência de 2,5 GHz para LTE.

 

 

26
3/2012

Comentários
0

De que você abriria mão por uma semana para ter um Smartphone?

Eduardo Tude

A enquete do Teleco da semana passada reproduziu o resultado de pesquisa apresentada por Vittorio Colao. CEO da Vodafone, no MWC 2012 em Barcelona.

 


As respostas da enquete do Teleco foram:


1) Bebida alcoólica (32%)
2) Chocolate (16%)
3) Café (14%)
4) Sexo (13%)
5) Exercício (4%)
6) Escovar os dentes (2%)

 


As respostas da enquete da Vodafone, realizada nos Estados Unidos, apresentaram a mesma ordem de resultados com uma troca entre a 4ª e 5ª posição. Na pesquisa da Vodafone exercício vem em 4º e Sexo em 5º.

 

 

24
3/2012

Comentários
0

Vivo, Balanço Huawei da Banda Larga, Smartphones no Brasil, Oi e TV por Assinatura

Eduardo Tude

O crescimento do celular em fevereiro, liderado pela Vivo, foi o destaque da semana. A Vivo não parece estar disposta a perder a liderança no mercado pré-pago para a TIM.

 


Esta semana tivemos a divulgação do Balanço Huawei da Banda Larga, preparado pela Teleco, e que mostrou o crescimento da Banda Larga móvel no Brasil tanto em cobertura como em acessos.

 

 A Teleco realizou também o seu workshop trimestral onde avaliou o desempenho do mercado e das operadoras em 2011 e discutiu as tendências para 2012.

 

Smartphones

 


Foram vendidos 9 milhões de smartphones nos mercado brasileiro em 2011, segundo o IDC, crescimento de 84% em relação aos 4,8 milhões vendidos em 2010. A Teleco estima que foram vendidos 73,8 milhões de telefones celulares no Brasil em 2011, ou seja, eram smartphones 12,2% dos telefones celulares vendidos no Brasil em 2011. A participação dos smartphones nas vendas mundiais foi de 31,4%.

 


Chamadas fixo-móvel

 


O Tribunal Regional Federal da 2ª Região decidiu favoravelmente à Oi na questão da redução do preço das chamadas fixo-móvel. A Anatel havia aprovado uma redução das tarifas para estas chamadas acompanhadas de uma redução das tarifas de interconexão pagos às operadoras de celular (VUM). A Anatel vai recorrer ao STJ. A queda nas tarifas de interconexão das operadoras de celular é uma tendência mundial adotada pela Comunidade Europeia e órgãos reguladores de vários países. Ela ajuda a diminuir os preços das chamadas fixo-móvel e entre celulares de operadoras diferentes.

 

TV por Assinatura

 

A Anatel divulgou também o crescimento da TV por Assinatura. O Brasil terminou fevereiro com 13,3 milhões de acessos. Das adições líquidas de 266 mil acesso no mês, 208 mil são de TV por satélite (DTH). O DTH já responde por 56% do total de acessos de TV por Assinatura no Brasil.

 


A Anatel aprovou também o novo regulamento para o serviço de TV por Assinatura, agora denominado Serviço de Acesso Condicionado (SeAC), baseado na Lei 12.485/2011. A principal modificação em relação ao documento colocado em consulta pública foi à exclusão das obrigatoriedades de cobertura de serviço por parte das prestadoras. Agora qualquer operadora poderá solicitar uma licença de TV por Assinatura nacional e prestar o serviço onde desejar, a exemplo do que ocorre na telefonia fixa e no SCM. Com o regulamento aprovado a Anatel vai poder iniciar a outorga das novas autorizações.

 


A operadoras estão se preparando para este cenário. A Oi, por exemplo, lançou um pacote promocional OiTV por R$ 29,90 mensais.



 

 

19
3/2012

Comentários
18

Vivo lidera o crescimento do celular em fevereiro

Eduardo Tude

A Vivo liderou o crescimento do celular em fevereiro com adições líquidas de 1.032 mil celulares, seguida pela TIM (791 mil), Oi (310 mil) e Claro (305 mil).

 

 

17
3/2012

Comentários
2

Crescimento do celular em fevereiro, TIM, Telefônica e reclamações no Procon

Eduardo Tude

O Brasil terminou Fev/12 com 247,6 milhões de celulares segundo dados preliminares da Anatel.

 


As adições líquidas do mês (2,44 milhões) superaram em pouco às de Fev/11 (2,42 milhões). O crescimento do pré-pago (1,0%) superou o do pós (0,9%).

 

O resultado pode significar uma redução no ritmo de crescimento observado nos últimos meses. O crescimento dos últimos 12 meses caiu de 19,5% em Jan/12 para 19,3% em Fev/12.

 


A Anatel deve divulgar os resultados finais nesta semana, quando saberemos se a liderança em adições líquidas vai continuar sendo disputada por Vivo e Tim, ou se a Claro vai voltar a participar desta disputa.

 


A TIM lançou um plano de roaming internacional ilimitado válido para clientes da base pós-paga. O usuário paga R$ 19,90 por dia para usar dados no exterior. Apesar de salgado, o pacote pode ser interessante para quem faz uso intensivo de dados quando viaja para o exterior. Existe também um pacote para voz, por mais R$ 19,90 por dia.

 


A TIM lançou também uma oferta para usuários pré-pago que possuem um BlackBerry. Por R$ 1,00 por dia eles terão acesso ilimitado a e-mail, navegação na internet, redes sociais e ao BBM (BlackBerry Messenger).

 


O Cade aprovou a compra da AES Atimus pela TIM e a Anatel concedeu anuência prévia à Telefônica para que assuma o controle das empresas de TV a Cabo do Grupo Abril.

 


A Anatel decidiu que o prédio administrativo da concessionária é um bem reversível à União, impedindo a Telefônica de vender sua sede de São Paulo. A definição de bens reversíveis inclui aqueles necessários para manter o serviço no ar em caso da concessionária abandonar o serviço e outro ter de assumir a prestação do serviço. Na minha visão prédios administrativos não deveriam ser incluídos entre os bens reversíveis.

 


A Telefônica deixou de ser a líder em reclamações no Procon São Paulo, passando a ocupar a ª colocações atrás de Bradesco, B2W(Americanas.com, Submarino, Shoptime), Itaú, LG e TIM. A Oi ficou em 7º e a Eletropaulo em 8º. É importante lembrar que para uma melhor avaliação estes números deveriam ser ponderados com a quantidade de clientes de cada empresa.

 

 

10
3/2012

Comentários
3

PIB, Vivo, NET, TIM, Sisteer e Eutelsat

Eduardo Tude

O PIB IBGE divulgou o PIB de 2011. O PIB de serviços de informação cresceu 4,9%, mais que os 2,7% do PIB Brasil.

 

 
O ano iniciou mal para os fabricantes de telefones celulares no Brasil. A produção apresentou queda de 8,1% em janeiro.

 


A Telefônica anunciou um plano de demissão de 1.500 funcionários no Brasil. A de 15 de abril as marcas TVA e Telefônica passam a ser substituídas por Vivo TV e Vivo Fixo.

 


A América Móvil também está tomando medidas visando a fusão de suas operadoras.

 


A Anatel autorizou a incorporação da Americel pela Claro S/A e a A Embratel adquiriu da Globopar 5,5% do capital votante de GB Empreendimentos e Participações, controladora da NET, por R$ 6,4 milhões. A Embratel passou a ter 54,5% do capital votante e 100% das ações preferenciais da GB Participações. A Embratel pretende fechar o capital da Net, mas eestá encontrando oposição dos acionsitas minoritários.

 


A TIM conseguiu reverter a decisão judicial que proibia a comercialização de novas linhas em Pernambuco.

 


A Anatel autorizou a Sisteer do Brasil Telecomunicações a prestar serviço de MVNE (Mobile Virtual Network Operator) em todo o país, ligando operadoras virtuais móveis à rede da TIM.

 


A Anatel licitou a posição orbital para satélite geoestacionário que sobrou da licitação do ano passado. O vencedor foi a Eutelsat por R$ 14 milhões.

 

 

6
3/2012

Comentários
2

PIB de serviços de informação cresce mais que o PIB Brasil em 2011

Eduardo Tude

O PIB de serviços de informação, cujo principal componente são os serviços de telecomunicações cresceu 4,9% em 2011, contra 2,7% do PIB Brasil.

 

Em 2010 o PIB Brasil havia crescido 7,5%, contra 3,8% do PIB de serviços de informação. Este é mais um indicador que reforça a importância do setor para a sociedade brasileira.

 

 

3
3/2012

Comentários
6

Barcelona, GVT, TIM, Oi, Claro, DTH, Price e Telebrás foram os destaques

Eduardo Tude

 O MWC 2012, maior congresso móvel do mundo, foi o principal destaque da semana como comentado neste blog. Seguem os demais destaques.

 

A Vivendi divulgou os seus resultados e da GVT esta semana.  A GVT terminou o ano atendendo a 119 municípios e com crescimento de 39% de sua receita líquida no ano. Sua margem EBITDA de 41,6% é maior entre as operadoras fixas.

 

A TIM ficou com 46,5% de market share dos minutos tarifados de LDN em Dez/11 e a Embratel passou a adotar a marca “Claro” para seus serviços residenciais.

A Oi conseguiu aprovar a sua reorganização societária e terminou o contrato de operação e manutenção de rede com a NSN.

 

A TV por Assinatura apresentou adições líquidas de 310 mil acessos em Jan/11 sendo 259 mil DTH.

 

 A Anatel anunciou a Pricewaterhouse Coopers como a empresa escolhida para ser a entidade aferidora da qualidade da banda larga.

 

A Telebrás divulgou os seus resultados de 2011, com prejuízo de R$ 47,9 milhões.

 

 

2
3/2012

Comentários
0

Um sumário do MWC 2012

Eduardo Tude

Terminou hoje o mobile world congress 2012 realizado Barcelona e promovido pela GSM Association. O evento contou com mais de 60 mil participantes e dentro de um clima de otimismo com o crescimento do setor.

 

Mesmo com a alta densidade alcançada na maioria dos países a quantidade de acessos deve continuar crescendo devido a posse de múltiplos chips e ao crescimento da comunicação entre coisas (M to M).

 

O desafio é o desenvolvimento da sociedade conectada. Para tanto serão necessários pesados investimentos no aumento da capacidade, velocidade e cobertura da rede. LTE e uma Arquitetura distribuída utilizando small cells fazem parte da solução. Será necessário também mais especial troca, e os operadores gostariam que os órgãos reguladores encontrassem novas formas de alocar este espectro, evitando o pagamento de quantias volumosas. Estes pagamentos drenam recursos de investimentos na redes.

 

Parece claro que os Over the Top providers vieram para ficar e que eles têm um importante papel no estímulo a que o usuário contrate os serviços de banda larga móvel com velocidades cada vez maiores. Os smartphones têm um papel semelhante e é fundamental a sua massificação e queda de preços com o volume. Quatro ecossistemas principais devem disputar este mercado : Apple, Android, BlackBerry e Windows/Nokia.

 

O evento debateu estes e muitos outros temas, como serviços móveis financeiros, saúde....

 

 

Eduardo Tude

Presidente e sócio da empresa de consultoria Teleco, atua desde 2002 como analista do mercado de Telecom, coordenando projetos de consultoria, publicando artigos semanais, preparando relatórios setoriais e apresentando workshops.

Engenheiro de Telecom (IME 78) e Mestre em Telecom (INPE 81) é membro da Comissão julgadora do Global Mobile Awards do Mobile World Congress em Barcelona e atuou como professor especialista visitante da Unicamp (2013).

Ocupou várias posições de Direção em empresas de Telecom em áreas como Sistemas Celulares (Ericsson), Redes Ópticas (Pegasus Telecom) e Satélites (INPE).

Histórico

2017

2016

2015

2014

2013

2012

2011

2010

2009

2008

2007

2006

Produtos Teleco

CONSULTORIA TELECO

Inteligência em Telecom

Estudos e Base de Dados

Relatórios

Celular Brasil 2016

Telecom e Capex

Venda de Planilhas

Dados históricos do Mercado Brasileiro

Workshops

Internet das Coisas
27 de Junho

Market Update

Regulamentação

Mais Produtos