28
4/2012

Comentários
0

Pricez, América Móvil, Claro, TIM, Licitação 4G, TV por Assinatura e Samsung

Eduardo Tude

Melhor oferta

 

Teleco e Pricez apresentaram os resultados de um estudo com a “melhor oferta” das operadoras de celular para alguns perfis de consumo selecionado.

 

No pré-pago a TIM tem a melhor oferta para recargas de R$ 10 e a Oi para recargas de R$ 20 e R$ 30. Para os perfis definidos a Claro apresentou a melhor oferta para baixo consumo e a Oi para médio e alto consumo. Consulte os resultados detalhados emmelhor oferta.

 

A comparação dos preços foi feita utilizando o simulador daPricez que permite comparar perfis diferentes de consumo nos vários DDDs do pais.

 

Resultados 1T12 da TIM, América Móvil e Nextel

 

Esta semana tivemos a divulgação dos resultados da TIM, América Móvil (Claro, Embratel e Net) e da Nextel. De um modo geral, os resultados estiveram em linha com os trimestres anteriores. Embratel divulgou seus resultados incorporando a Net.

 

Na comparação do 1T12 com o 1T10 estas operadoras apresentaram o seguinte crescimento da receita: TIM( 19,1%), Claro (5,3%), Embratel/Net ( 11,2%) e Nextel Brasil (1,0%).

 

Licitação 4G

 

A Anatel divulgou o edital de frequências de 2,5 GHz com os preços mínimos para os lotes.

 

O preço mínimo para as faixas de 20 MHz (W e X) que devem ser adquiridas por Claro e Vivo é de R$ 630 milhões cada e o das faixas de 10 MHz (V1 e V2) que devem ser adquiridas por TIM e Oi é de R$ 315 milhões.

 

Continua a novela das ERBs na cidade de São Paulo. A Claro foi impedida pela Justiça de construir novas ERBs por ação da Prefeitura do Município de São Paulo.

 

TV por Assinatura

 

A Anatel divulgou o crescimento da TV por assinatura no 1T12: adições líquidas de 931 mil acessos, sendo 754 mil via satélite (DTH). O DTH já responde por 56,6% dos acessos de TV por assinatura no Brasil.

 

O rompimento de cabos de fibra ótica da que ligam os estados do Sul ao resto do país provocou a interrupção dos serviços de várias operadoras brasileiras. Como isto ainda pode acontecer?

 

Samsung ultrapassa a Nokia

 

No plano internacional tivemos a divulgação dos resultados da América Móvil e das principais operadoras dos Estados Unidos (AT&T, Verizon, Sprint) e dos vendors (Samsung, Alcatel Lucent, Ericsson e ZTE).

 

A Samsung vendeu 84,9 milhões de telefones celulares no 1T12, mais que a Nokia (82,7) assumindo a primeira colocação em market share de vendas de celulares.

 

A vantagem da Samsung foi conseguida no segmento de Smartphones com vendas de 32 milhões, contra 11,9 da Nokia. Entre os telefones celulares que não são Smartphones a Nokia ainda é a maior com vendas de 70,8 milhões, contra 52,9 milhões da Samsung.

 

 

21
4/2012

Comentários
3

Crescimento do celular, TIM, Oi e Nokia foram os destaques

Eduardo Tude

A divulgação do crescimento do celular em março pela Anatel e o Oi investor day foram os principais destaques da semana.

 

O celular voltou a bater um novo recorde de adições líquidas em março com a TIM liderando o crescimento no pré-pago e diminuindo a diferença que a separa na Vivo neste segmento para 599 mil celulares.

 

A novidade foi a Oi que liderou em adições líquidas de pós-pago. Este resultado é consistente com o plano estratégico para os próximos quatro anos no “Oi investor day”.

 

A Oi pretende aumentar a sua receita líquida em 3,6% em 2012 e a uma taxa média (CAGR) de 10,1% nos 3 anos seguintes. Para atingir este objetivo irá investir R$ 24 bilhões nos próximos quatro anos procurando aumentar sua participação no pré-pago para 25% em 2015 e vendendo mais serviços nas residências onde está presente.

 

A Oi vendeu o portal iG para o Grupo Ongoing.

 

A Anatel conseguiu cassar a liminar da Oi que impedia a redução das tarifas Fixo- Móvel associada à redução da VUM. A Anatel pode então restaurar os valores do Ato nº 486/2012.

 

A Prefeitura de São Paulo ajuizou três ações na Justiça contra as operadoras Vivo, Claro e Oi por manter antenas de celular irregulares. Causa estranheza que esta questão ainda não tenha sido resolvida uma vez que o Prefeito Gilberto Kassab tem amplo conhecimento do problema por ter estado como deputado próximo ao setor.

 

Pesquisa da FGV mostrou que o Brasil possuía 99 milhões de computadores em uso – incluindo tablets – no 1T12.

 

Nokia

 

A Nokia anunciou seus resultados para o 1T12 com prejuízo operacional de 1,3 bilhões de euros, sendo 1 bilhão devido à reestruturação da NSN.

 

A Nokia vendeu 82,7 milhões de telefones celulares no 1T12, queda de 23,8% em relação ao 1T11. A queda ocorreu principalmente entre os smartphones (-39,3%), onde o crescimento das vendas do Lumia ainda não está conseguindo compensar a queda nas vendas de Smartphones Simbyan.

 

A venda de telefones celulares não Smartphones caiu também 16% neste período. Os resultados apontam para um ano difícil para a Nokia que depende do sucesso do Lumia para dar a volta por cima.

 

Mudanças no layout do Portal Teleco

 

O Teleco está promovendo mudanças no visual do portal e no seu menu lateral esquerdo de modo a facilitar o acesso às informações.

 

Pricez

 

Entrou no ar esta semana o site da pricez que permite comparar preços das várias operadoras de celular.

 

Teleco e Pricez divulgarão na próxima terça um estudo mostrando que operadoras possuem as melhores ofertas para o dia das mães.

Site Pricez

 

 

19
4/2012

Comentários
7

Volta a cair a diferença entre Vivo e TIM no pré-pago

Eduardo Tude

A TIM recuperou em março o terreno perdido para a Vivo nos dois primeiros meses do ano.

 

No acumulado do trimestre a Vivo levou a melhor com adições líquidas de 3,2 milhões contra 3,1 milhões da TIM.

 

Já no pré-pago, a diferença entre Vivo e Tim caiu para 599 mil celulares.

 

 

17
4/2012

Comentários
4

Oi apresenta seus planos para 2012-2015 no Investor Day

Eduardo Tude

A Oi realizou hoje o seu primeiro “Investor Day” sob a nova direção.

 

A operadora apresentou seu plano estratégico come metas até 2015. Ela pretende investir R$ 24 bilhões nos próximos 4 anos (R$ 6 bi por ano).

 

A operadora pretende terminar 2012 com receita líquida de R$ 28,9% e 2015 com R$ 38,6 bilhões. A margem EBITDA irá variar de 30% em 2012 para 33% em 2015 e a operadora pretende distribuir R$ 8 bilhões em dividendos nestes 4 anos.

 

A atuação da operadora será focada em 4 segmentos: residencial, mobilidade pessoal e Empresarial/Corporativo.

 

As metas de crescimento médio de receita no período 2011-2015 de 10% para mobilidade pessoal, 5% no residencial e 7% no empresarial/corporativo são menos agressivas que as de crescimento de acessos. A operadora deve aumentar o foco em aumentar a receita por cliente, ampliando sua participação no pós-pago (meta de 25% em 2015) e vendendo mais serviços para residenciais em que está presente.

 

Residencial

 

A Oi pretende estancar a perda de clientes de telefonia fixa investindo em Banda Larga Fixa e com oferta s convergentes (Fixo-Móvel).

 

A rede FTTH da Oi deve atingir a 200 mil casas passadas em 2012 e a 2,5 milhões em 2015. Nestes acessos a Oi irá implementar uma oferta avançada de IPTV.

 

Ira ainda implementar uma arquitetura FTTN (semelhante a da GVT) para 1,5 milhões de clientes Velox. A operadora quer terminar 2012 om 40% dos seus acessos com velocidade superior a 5 Mbps e 80% em 2015.

 

Mobilidade pessoal

 

A Oi deve voltar a competir mais fortemente no pré e no pós-pago e simplificar suas ofertas nestes segmentos. A cobertura da banda larga móvel deve atingir 75% da população em 2012 e 90% em 2015.

 

Corporativo/Empresarial

 

A Oi está aumentando sua força de vendas e deve aumentar seu esforço em São Paulo e em TI.

 

Em termos de Inovação a Oi está apostando em WIFI, Casa conectada, Pagamentos móveis e Cloud.

 

 

17
4/2012

Comentários
13

TIM lidera o crescimento do celular em Mar/12

Eduardo Tude

A TIM liderou o crescimento do celular pela primeira vez no ano com 1,3 milhões de adiçoes líquidas, seguida da Vivo (867 mil), Claro ( 530 mil) e Oi (504 mil).

 

 

 O Brasil terminou o mês de março com 250,8 milhões de celulares e uma densidade de 128 cel/100 hab.

 

 

 As adiçoes de 3,2 milhões foram as maiores para um mes de março nos ultimos 13 anos!

 

 

14
4/2012

Comentários
1

Licitação 4G, Nextel, celular em março, Vivo, NET, TV aberta, Google e Nokia

Eduardo Tude

O destaque da semana foi à aprovação do edital das frequências de 2,5 GHz para 4G(LTE). A maior parte das regras da consulta pública foi mantida na versão final. A principal diferença é que a faixa V (20 MHz + 20 MHz) foi quebrada em duas subfaixas de 10 MHz cada. Falta ainda divulgar o preço mínimo dos lotes.

 

Os acessos SME, dos quais 99,6% são da Nextel, apresentaram adições líquidas de 125 mil acessos no 1T11, crescimento de 3% no trimestre e 20,7% no ano.

 

A Anatel deve divulgar na próxima semana o crescimento do celular em março. A TIM voltará a liderar em adições líquidas depois de ter sido superada pela Vivo nos dois primeiros meses do ano?

 

A partir deste domingo (15/04) todos os produtos da Telefônica passam a levar a marca Vivo.

 

Os acionistas da NET aprovaram o cancelamento do registro de companhia aberta após a realização de oferta pública unificada, para aquisição de todas as ações em circulação, em data ainda não divulgada.

 

TV Aberta

 

Segundo dados do IBOPE a audiência da TV aberta no Brasil perdeu em 2001 7% dos televisores ligados em relação a 2010.

 

Google e Nokia

 

As empresas começam a divulgar os resultados do 1T11. Na comparação com o 1T10, o Google apresentou crescimento de 61% nos lucros (US$ 2,89 bilhões) e de 24% na receita (US$ 10,65 bilhões).

 

A Nokia, que deve divulgar seus resultados dia 19/04, anunciou que terá prejuízo no trimestre. Ela passa por uma transição em sua oferta de smartphones, com a nova linha Lumia com o Windows, e está enfrentando uma competição acirrada nos telefones celulares mais baratos que não são Smartphones. A Nokia pode perder a liderança mundial em vendas de telefones celulares para a Samsung neste trimestre.

 

 

7
4/2012

Comentários
4

Produção de Telefones celulares, Operadoras, Portabilidade, Desoneração e Anatel

Eduardo Tude

Produção de Telefones celulares

 

O Brasil apresentou um crescimento recorde do celular nos dois primeiros meses do ano com adições líquidas de 4,6 milhões de celulares, crescimento de 28,5% em relação a igual período de 2011.

 

Já a produção de telefones celulares no Brasil apresentou queda de 17,5% em Jan-Fev /12, quando comparada a igual período de 2011. A quantidade de telefones celulares exportada caiu 78% neste período e a de importados cresceu 1,3%.

 

O crescimento das importações de Smartphones fez com que o preço médio FOB dos Telefones celulares importados subisse de US$ 82 em Fev/11 para US$ 132 em Fev/12.

 


Operadoras

 

A Telefônica/Vivo planeja investir R$ 120 milhões na transformação das marcas Telefônica e Speedy em Vivo. A unificação está prevista para o próximo dia 15 de abril.

 

A Vivo estendeu para todo o país o serviço 3Gplus (HSPA+) com velocidade de até 3Mbps.

 

Em três meses de serviço a Claro conquistou mais de 1 milhão de assinantes paraos 19 canais MMS de conteúdos entre notícias e entretenimento. Mm fevereiro foram mais de 5 milhões de mensagens multimídia (MMS) enviadas para os assinantes do serviço.

 

Quatro meses após o lançamento do serviço Oi WiFi nas ofertas convergentes da Oi, estes clientes que acessam a rede WiFi de forma gratuita, já representam 17% do total de acessos da rede.

 

De olho no Dia das Mães, a TIM reduziu o preço de cerca de 40% dos aparelhos de seu portfólio. A operadora fechou 2011 com 27% de penetração de smartphones e webphones em sua base total de clientes.

 

O Procon-SP divulgou o seu ranking para o 1T12:
1. Itaú
2. Telefonica
3. Bradesco
4. Claro
5. Embratel

 

A Net aparece em 7º, a TIM em 9º, a Sky em 10º e a Oi em 11º. A Vivo aparece em 15º apesar de possuir mais clientes em SP que as demais.

 

Portabilidade

 

No 1T12 foram portados 732 mil números de celulares e 463 mil de telefones fixos, com crescimento de -5,7% e 4,4% respectivamente em relação ao 1T11. A portabilidade é mais utilizada entre os 44,8 milhões de celulares pós-pagos e 43 milhões de telefones fixos.

 

Desoneração dos investimentos para a expansão da banda larga

 

Entre as medidas anunciadas esta semana pelo Governo para estimular a economia e ajudar setores da indústria, está à desoneração dos investimentos para a expansão da banda larga, através de renúncia fiscal de R$ 3,8 bilhões em PIS/Cofins e IPI de equipamentos e obras civis para construção de redes de telecomunicações.

 

A Teleco estimou em R$ 100 bilhões o investimento para levar banda larga de alta velocidade através de uma rede de fibra que conectasse todas as residências brasileiras. Neste cenário, toda a desoneração é benvinda. Vamos aguardar agora a definição das regras para sua aplicação. Regulamento a ser publicado até o final do mês definirá os critérios para obtenção do incentivo.

 

A Cisco anunciou um investimento de R$ 1 bilhão no Rio de Janeiro para a criação de um centro de inovação, um fundo de investimento em tecnologia e a ampliação da produção local de sua linha de produtos.

 

Anatel

 

A imprensa noticiou que a Anatel estaria estudando proibir que as operadoras cobrem preços diferentes em ligações feitas dentro e fora de suas redes. Imaginem a reação dos consumidores se isto acontecesse.

 

A Anatel divulgou os valores da tarifa de conexão (VU-M) vigentes. Eles estão disponíveis no Teleco.

 

A Anatel aprovou novo formato para o Aice (Acesso Individual Classe Especial). O telefone fixo popular deverá ser comercializado pela Oi e Telefônica/Vivo por R$ 9,50 (sem imposto, ou cerca de R$ 14,50 com imposto), a partir de junho deste ano, ppara todas as famílias integrantes do Cadastro Único do Governo Federal (22 milhões de famílias).

 

Caso este novo formato de telefone fixo desperte interesse entre a população de menor renda, a questão seguinte seria quem irá arcar com os custos deste benefício. O correto seria utilizar os recursos do FUST, que foi criado com esta finalidade.

 

A Anatel aprovou o ato de concentração da entrada da Portugal Telecom na Oi. O processo agora será enviado ao Cade.


 

 

Eduardo Tude

Presidente e sócio da empresa de consultoria Teleco, atua desde 2002 como analista do mercado de Telecom, coordenando projetos de consultoria, publicando artigos semanais, preparando relatórios setoriais e apresentando workshops.

Engenheiro de Telecom (IME 78) e Mestre em Telecom (INPE 81) é membro da Comissão julgadora do Global Mobile Awards do Mobile World Congress em Barcelona e atuou como professor especialista visitante da Unicamp (2013).

Ocupou várias posições de Direção em empresas de Telecom em áreas como Sistemas Celulares (Ericsson), Redes Ópticas (Pegasus Telecom) e Satélites (INPE).

Histórico

2017

2016

2015

2014

2013

2012

2011

2010

2009

2008

2007

2006

Produtos Teleco

CONSULTORIA TELECO

Inteligência em Telecom

Estudos e Base de Dados

Relatórios

Celular Brasil 2016

Telecom e Capex

Venda de Planilhas

Dados históricos do Mercado Brasileiro

Workshops

Market Update

28 de Março

Regulamentação de Telecom

Mais Produtos