29
5/2011

Comentários
3

Destaques da semana de 23 a 27 de maio: TIM, Oi, Banda H, Vex e Telebrás

Eduardo Tude

A Anatel confirmou os dados preliminares do crescimento do celular no Brasil. A TIM liderou no pré-pago e a Vivo no pós-pago. A aeiou não divulgou sua quantidade de celulares que ficou “zerado” na contagem da Anatel. Este é um sinal de que a operadora estaria desativada.

 


A Anatel publicou as autorizações para que a Nextel, Claro, Oi, TIM e Vivo para a prestação de serviço móvel nas respectivas frequências adquiridas pelas operadoras nos leilões da banda H e das sobras, realizados em dezembro do ano passado. Os contratos serão assinados na próxima semana.

 

A TV por Assinatura via Satélite (DTH) ultrapassou a TV a cabo em quantidade de assinantes, efeito do atraso na aprovação do PLC 116 no Senado.

 


A Oi anunciou uma reorganização societária que permitirá a simplificação da estrutura acionária das Companhias Oi, com a unificação das bases acionárias das Companhias Oi atualmente divididas em 3 companhias abertas e 7 diferentes classes e espécies de ações negociadas, em uma única empresa com 2 espécies diferentes de ações negociadas.

 


Informações divulgadas pela imprensa indicam que a Oi irá comprar a Vex, prestadora de serviço de WiFi por R$ 100 milhões.

 


Entraram também em vigor as novas áreas locais da telefonia fixa , que permitem a realização de chamadas telefônicas a custo de ligação local entre todos os municípios de uma mesma região metropolitana ou de região que contenham continuidade geográfica e o mesmo código nacional de área (DDD).

 


O TCU confirmou o superfaturamento na licitação de infraestrutura da Telebrás e ela terá de renegociar o preço dos contratos,

 

 

27
5/2011

Comentários
1

TV por Assinatura via Satélite supera a TV a cabo no Brasil

Eduardo Tude

Segundo dados divulgados pela Anatel, o Brasil terminou o mês de abril com 10,6 milhões de assinantes de TV por Assinatura, sendo 5,2 milhões via satélite (DTH), 5,1 milhões cabo e 0,3 milhões MMDS.

 


As adições líquidas nos primeiros 4 meses do ano foram 769 mil assinantes no DTH e 145 mil na TV a cabo.

 


Mais um sinal de como o atraso na aprovação do PLC 116 no Senado, que possibilita a liberalização das licenças de TV a Cabo, está atrasando o crescimento da TV a cabo e da Banda Larga no Brasil.

 

 

26
5/2011

Comentários
21

TIM liderou no pré-pago em abril e Vivo no pós

Eduardo Tude

A TIM liderou o crescimento do pré-pago em abril com adições líquidas de 794 mil celulares (90,2% de suas adições líquidas).

 

Já a Vivo liderou no pós-pago com adições líquidas de 278 mil celulares. A Vivo teve mais adições líquidas no pós do que no pré (268 mil).


A Claro teve 339 mil de adições líquidas no pré e 173 mil no pós.

 


Já a Oi, teve 98,9% de suas adições líquidas no pré-pago. A Oi apresentou adições líquidas positivas no prépago na Região I (178 mil) e no pós-pago na Região III (14 mil). As dições líquidas no pré-pago das regiões II e III e no pós da região I foram negativas.

 

 

25
5/2011

Comentários
2

Anatel confirma dados preliminares do crescimento do celular em abril.

Eduardo Tude

A Anatel confirmou os dados preliminares do crescimento do celular em abril divulgados pela Teleco.


As adições líquidas de 2,1 milhões de celulares, sendo 880 mil da TIM que diminuiu a distância que a separa da Claro para 221 mil celulares.


Nos dados divulgados a aeiou (Unicel) aparece com “zero” celulares. Segundo a Anatel, até o fechamento do relatório, ela não havia encaminhado seu número de acessos moveis referente ao mês de abril.

 

 

22
5/2011

Comentários
1

Destaques da semana de 16 a 20 março

Eduardo Tude

A Anatel ainda não divulgou os dados do crescimento do celular em abril, mas os dados preliminares indicam que a TIM liderou com adições líquidas de 880 mil celulares, seguida pela Vivo (546 mil), Claro (512 mil) e a Oi (123 mil). O baixo crescimento da Oi mostra que a operadora ainda não arrumou a casa para voltar a crescer.

 

 
Com este resultado a diferença entre TIM e Claro caiu para 221 mil celulares.

 

Os acessos SME, na sua quase totalidade da Nextel, apresentaram adições líquidas de 60 mil acessos em abril.

 


A Anatel aprovou a consulta pública sobre o Regulamento de Gestão da Qualidade das Prestadoras dos Serviços de Televisão por Assinatura

 


O Gartner anunciou o market dos Sistemas Operacionais móveis no 1T11: Android (36,0%), Symbian (27,4%), Apple (16,8%), RIM (12,9%) e Microsoft (3,6%).

 


A Nokia anunciou que deixaria de utilizar a marca Ovi em seu portal de serviços e a Amazon anunciou que as vendas de e-books para o Kindle superaram as suas vendas de livros impressos.

 

 

21
5/2011

Comentários
4

Os preços mais baixos para chamadas dentro da rede da operadora deveriam acabar?

Eduardo Tude

A Telcel (operadora de celular do empresário Carlos Slim) foi multada em US$ 1 bilhão por praticar um preço do minuto menor para chamadas dentro da rede da operadora (on net) do que para outra operadora. O mesmo que todas operadoras de celular fazem no Brasil. O problema é que lá a Telcel possui 70% de market share e esta prática impede o crescimento das demais.

 


Por trás desta briga está a questão da redução da tarifa de interconexão de redes celulares (VU-M no Brasil).

 


Após multar a Telecel, a Cofetel definiu a tarifa de interconexão da rede local móvel da Telcel e Iusacell/Unefon para 2011 em 0,39 centavos de peso (0,03 centavos de dólar) por minuto.

 

 
A Suprema Corte Mexicana determinou recentemente que a Telcel tem que acatar todas as decisões da Cofetel.

 


Esta crescendo o número de países que estão adotando medidas para redução desta tarifa.

 


A OFCOM (Reino Unido) determinou uma queda de 80% nos valores de VUM em um prazo de 4 anos.

 


Como fica a situação do Brasil?

 

A redução da VU-M deve ser feita de forma gradual no Brasil pois ela representa 28% da receita de serviços das operadoras de celular?

 


Os preços mais baratos para chamadas dentro da rede da operadora deveriam acabar?

 


A Embratel está questionando a promoção de longa distância da TIM dizendo que, como operadora de longa distância, o preço de longa distância do INFINITY (R$ 0,25 por chamada) deveria estar disponível para usuários de outras operadoras que usassem o 41. O que a TIM faz é venda casada e deveria não ser permitido?

 

 

14
5/2011

Comentários
5

A Semana: Oi cai para a 3ª colocação em receita líquida e crescimento do celular em abril

Eduardo Tude

Esta semana tivemos a conclusão do processo de divulgação de resultados do 1T11 pelas principais operadoras brasileiras.

 


GVT e Vivo apresentaram bons resultados com crescimento anual da receita líquida de 45,5% e 13,7% respectivamente.


Já a Telefonica, apresentou baixo crescimento na quantidade de acessos e da receita (1,9%). Apontou a temporada de forte chuvas no estado de São Paulo como uma das causas pela queda de desempenho.


No 1T11, o Grupo da Telefonica continuou sendo o maior Grupo de Telecom do país em receita líquida (R$ 8,8 bilhões) , mas o Grupo da América Móvil (Claro, Embratel e Net) superou a Oi em receita líquida ( R$ 7,4 contra R$ 6,9 bilhões) e passou a ocupar a segunda colocação.


Nesta semana tivemos a divulgação do Balanço Huwaei da Banda Larga, preparado pela Teleco com o crescimento da Banda larga fixa e móvel no 1T11 e projeções para 2011, e a Anatel colocou em consulta pública o edital para a licitação de frequências de 3,5 GHz.

 

 
No campo internacional o destaque foi a aquisição do Skype pela Microsoft e a tentativa de entender o que ele pode agregar à Microsoft.

 


Na próxima semana a Teleco realizará as suas Workshops trimestrais de Telecom e Celular (18 e 19 de maio) onde será feito um balanço do desempenho do mercado, do cenário competitivo e das operadoras no 1º trimestre de 2011.

 


A Anatel deverá divulgar também os resultados do crescimento do celular em Abril. Os dados preliminares apontam para adições líquidas de 2.051 mil celulares, superiores aos 1.656 mil de Abr/10.

 

 

13
5/2011

Comentários
3

Receita da GVT no 1T11 tem crescimento anual de 46,8%

Eduardo Tude

A receita líquida da GVT no 1T11 (R$ 744 milhões) foi 46,8% maior que a do 1T10. Este crescimento é fruto da expansão geográfica da empresa para novos mercados no Nordeste e no Sudeste.


O lucro foi também quase quatro vezes maior, atingindo R$118,2 milhões e a margem EBITDA foi de 42%, o que mostra que é possível crescer e manter a rentabilidade.

 

O investimento no 1T11 (R$ 331,5 milhões) foi 80% maior que o valor investido no primeiro trimestre do ano passado.


Com adições líquidas de 137 mil acessos, a GVT terminou o 1T11 com 1.232 mil acessos banda larga. Deste total, 67% navegam a 10Mbps ou mais e a velocidade média de navegação da base de clientes alcançou 9,13 Mbps em março.


Os resultados demonstram que, com uma rede de nova geração, a GVT continua conquistando os clientes mais rentáveis nas áreas em que atua.


Enquanto isto, a Telefonica apresentou adições líquidas de 60 mil acessos banda larga no trimestre.

 

 

12
5/2011

Comentários
1

Vivo divulga último resultado antes da integração com a Telesp

Eduardo Tude

A Vivo repetiu no 1T11 os bons resultados de trimestres anteriores:

 

 
- A receita líquida apresentou um crescimento anual de 13,7%
- A margem EBITDA foi de 34,3% e o lucro líquido de R$ 710 milhões.
- A receita de dados cresceu 43%no ano , representando, no 1T11,
21,8% da Receita Líquida de Serviços.
- O ARPU apresentou pequena redução ( R$ 24,6), o MOU foi de 114 minutos e o churn se manteve estável em 2,7%

 

Este deve ser a última divulgação de resultados da Vivo como companhia aberta. Assembleia realizada no último dia 21 de abril aprovou a incorporação da Vivo Participações pela Telesp.
A partir do 2T11 a Telefonica deve passar a divulgar os resultados da Operadora integrada (fixo e Móvel).

 

Está se encerrando um ciclo, juntamente com a saída de seu Presidente Roberto Lima.

 

O desafio para a Vivo integrada à Telesp é manter a trajetória de sucesso dos últimos anos.

 

 

10
5/2011

Comentários
0

O que a Microsoft vai fazer com o Skype?

Eduardo Tude

A Microsoft anunciou a compra do Skype por US$ 8,5 bilhões, mais que o eBay havia pago em 2005.


O Skype é uma boa empresa e tem uma grande participação nas chamadas de longa distância internacional, mas não apresenta sinergia com o negócio da Microsoft.

 

Ou a Microsoft está enxergando mais longe que o mercado, ou ela vai acabar seguindo os passos do eBay que não conseguiu encontrar sinergias suficientes para manter o Skype na sua organização.

 

 

8
5/2011

Comentários
1

Só a receita da TIM Brasil cresceu na Telecom Italia no 1T11

Eduardo Tude

Na comparação com o 1T10, a receita Telecom Italia apresentou redução de 1,5%.


A receita do fixo na Italia apresentou redução de 4,8% e do móvel 12%. A receita da TIM Brasil cresceu 24,4%.

 

 

3
5/2011

Comentários
1

Claro e TIM divulgaram hoje seus resultados para o 1T11.

Eduardo Tude

A Claro continua com ARPU (R$ 18) e Minutos de uso - MOU (90 minutos) baixos.


A TIM apresentou queda no ARPU (R$ 20,8) e crescimento do MOU (126 minutos) .


A receita líquida da Claro no 1T11 cresceu 5,5% quando comparada ao 1T10 e da TIM 13,8%.

 

O churn mensal da Claro foi 3,3% e o da TIM 4,3%.


A Claro apresentou adições líquidas de 1.00 mil celulares e a TIM de 1.821 mil.


A receita de dados da TIM re´pesentou 13,8% da receita bruta de serviços. O volume mensal de torpedos enviados pela operadora cresceu 5 vezes com a promoção de torpedos ilimitados por R$ 0,50 por dia. A Claro não divulga este indicador.

 

 

1
5/2011

Comentários
1

Destaques da Semana: Oi divulgou resultados do 1T11, Claro, TIM e Net na segunda

Eduardo Tude

A última semana de abril marcou o início da divulgação de resultados do 1T11 no Brasil com a Oi, Nextel e Contax.


A Oi voltou a crescer em acessos celulares e de banda larga, mas apresentou queda de receita e rentabilidade. A Nextel Brasil ultrapassou a Nextel Mexico em quantidade de acessos e se tornou a principal operação do Grupo NII.


Nesta segunda (2/5) teremos a divulgação dos resultados de TIM, Claro, Embratel , Net e América Móvil.


Este processo está mais avançado no exterior. As principais operadoras dos Estados Unidos já divulgaram seus resultados, assim como os principais fornecedores de telefones celulares.

 

As vendas mundiais de telefones celulares no 1T11 cresceram 19,7% em relação ao 1T10 lideradas por Nokia, Samsung, LG, Apple, ZTE e Rim (Blackberry).


E enquanto a liberalização da TV a cabo não vem a TV por Assinatura via satélite (DTH) vai crescendo. Em março a quantidade de acessos de DTH (5.023 mil) era praticamente o mesmo da TV a cabo (5.102 mil). Em abril o DTH deve ultrapassar a TV a cabo.


Tivemos também esta semana dois eventos importantes para o setor.


No de Tecnologia de Redes, promovido pela Teletime as operadoras apresentaram uma visão da evolução de suas redes de banda larga. A Embratel está construindo sua rede HFC tendo atingido 3,7 milhões de “Home passed “ em 2010. Já a Vivo está com HSPA+ em toda as suas ERBs e só aguarda a disponibilidade de terminais para dar início ao serviço.

 

No Rio wireless o tema principal foi a banda larga móvel e o seu papel na massificação da banda larga no Brasil através do pré-pago .

 

 

Eduardo Tude

Presidente e sócio da empresa de consultoria Teleco, atua desde 2002 como analista do mercado de Telecom, coordenando projetos de consultoria, publicando artigos semanais, preparando relatórios setoriais e apresentando workshops.

Engenheiro de Telecom (IME 78) e Mestre em Telecom (INPE 81) é membro da Comissão julgadora do Global Mobile Awards do Mobile World Congress em Barcelona e atuou como professor especialista visitante da Unicamp (2013).

Ocupou várias posições de Direção em empresas de Telecom em áreas como Sistemas Celulares (Ericsson), Redes Ópticas (Pegasus Telecom) e Satélites (INPE).

Histórico

2017

2016

2015

2014

2013

2012

2011

2010

2009

2008

2007

2006

Produtos Teleco

Inteligência em Telecom

Estudos e Base de Dados

Relatórios

Telecom no Brasil 2017

 

Venda de Planilhas

Dados históricos do Mercado Brasileiro

Workshops

Regulamentação
05/Dezembro

Market Update

Internet das Coisas

Mais Produtos