26
5/2012

Comentários
0

Em destaque: Vivo, market share, FTTx, Telefones celulares, Google e ações

Eduardo Tude

O comentário da semana a ser publicado no Teleco este domingo mostra que a Vivo foi líder pela primeira vez em um trimestre (1T12) nos 7 indicadores acompanhados pelo Teleco.

 

Market share

 

As concessionárias de telefonia fixa continuaram a perder acessos em abril. A Oi perdeu 14 mil e a Telefônica 34 mil.

 

No 1T12 a Oi continuava líder em telefones fixos com market share de 43,63%, seguida pela Telefônica/Vivo com 25,2%. Estão perdendo market share para Embratel/Net (20,32%) e GVT (7,32%).
Na Banda larga fixa a Oi liderava no 1T12 com 29,8%, seguida pela Embratel/Net (27,9%) e Telefônica/Vivo (21,3%).

 

O Teleco lançou a sua seção de redes de acesso banda larga de alta velocidade (FTTx) entre os temas 2012. A Telefônica/Vivo possui 71 mil acessos FTTH.

 

Na TV por assinatura a Embratel/Net possuía 55% de market share no 1T12.

 

Telefones Celulares e Smartphones

 

As exportações e importações de telefones celulares continuaram em queda em abril. Na comparação com Abr/11, as exportações apresentaram queda de 6% (14% em quantidade) e as importações de 72%. As vendas de telefones celulares não estão acompanhando o crescimento recorde do celular no Brasil.

 

O Google completou finalmente a aquisição da Motorola Mobility. Vamos observar as implicações desta aquisição no Android, que no 1T12 ficou com 59% das vendas de Smartphones no mundo.

 

Segundo a Telesíntese a Anatel decidiu não cobrar Fistel das Small Cells (Femtocells e assemelhados). Boa notícia.

 

Mercado de Ações

 

As principais ações das operadoras negociadas na Bovespa apresentaram queda na semana.

 

As ações do Facebook caíram após a abertura inicial.

 

Google e Apple foram as mais votadas na enquete da semana do Teleco (Se você ganhasse R$ 100 mil para aplicar em ações por 5 anos qual você escolheria?)

 

 

19
5/2012

Comentários
0

A semana: Oi e GVT no 1T12, Celular em Abril, TIM e Facebook

Eduardo Tude

Resultados 1T12

 

A semana começou com a divulgação dos resultados do 1T12 da Oi e da GVT.

 

Apesar de ter apresentado crescimento negativo em na receita líquida (-1,9%), a Oi apresentou sinais de recuperação, como o crescimento no pré-pago, em linha com as metas apresentadas no “Investor Day”.

 

A GVT mantém a sua trajetória com m crescimento de 35% na receita (!T12/1T11) e margem EBITDA de 41%.

 

Os resultados 1T12 serão discutidos na Workshop trimestral da Teleco desta quarta (23/05).

 

Celular em Abril

 

A semana terminou com a divulgação do crescimento do celular em abril com adições líquidas de 2, 2 milhões de celulares.

 

A TIM liderou em adições líquidas, diminuiu a diferença que a separa da Vivo no pré-pago para 229 mil celulares e a assumiu a liderança na região metropolitana de São Paulo (DDD 11).

 

A Oi ficou com a 2ª colocação em adições líquidas mostrando que está de volta na disputa para aumentar seu market share. Ela voltou a liderar em adições líquidas de pós-pago.

 

Mais impostos

 

O governo do Amazonas aumentou de 25% para 30% a alíquota do ICMS, cobrado sobre serviços de telecomunicações. Nada mais fácil que esta atitude para aumentar a arrecadação estadual.

 

TIM

 

A TIM Fiber, que irá oferecer banda larga de alta velocidade nas regiões metropolitanas do Rio e São Paulo utilizando a rede de fibra adquirida da AES Atimus, decidiu adotar a solução de cobre com VDSL para a conexão dos clientes (Arquitetura FTTC). O serviço se chamará Live TIM.

 

O presidente da Telecom Itália, Franco Bernabé, esteve no Brasil para apresentar reafirmar ao Governo brasileiro o compromisso da operadora italiana com os investimentos no país, inclusive o leilão de frequências de 4G.

 

TIC

 

A Fundação Getúlio Vargas divulgou nesta quarta-feira, 16/5, um novo Mapa da Inclusão Digital – elaborado em parceria com a Fundação Telefônica.

 

O setor brasileiro de Tecnologia da Informação (TI) movimentou US$ 102,6 bilhões em 2011, com crescimento de 11,3% no ano, segundo estudo encomendado pela Brasscom (Associação Brasileira das Empresas de Tecnologia da Informação e Comunicação) à IDC.

 

Facebook

 

O grande acontecimento no mundo esta semana foi a abertura do capital (IPO) do Facebook com a venda em 30 segundo de 82 milhões de ações por US$ 38,0 cada. O papeli terminou o dia com valorização de 0,97%.

 

 

17
5/2012

Comentários
32

TIM lidera o crescimento do celular em abril e a Oi foi a 2ª

Eduardo Tude

A TIM liderou o crescimento celular em abril com adições líquidas de 808 mil celulares e a Oi foi a 2ª colocada (507 mil), seguida pela Vivo (481 mi) e pela Claro (343 mil).

 

A  diferença entre Vivo e Tim no pré-pago caiu de 599 mil celulares em março para 229 mil em abril.

 

O Brasil terminou abril com 253,0 milhões de celulares e adições líquidas de 2.156 mil celulares no mês, superando Abr/11 (2.051 mil).

 

 

15
5/2012

Comentários
0

Os resultados 1T12 da Oi e da GVT

Eduardo Tude

Oi 1T12

 

Os resultados do 1T12 permitem um primeiro acompanhamento com o plano apresentado pela operadora em seu Investor day.

 

A Oi tem como meta um crescimento de 3,6% em sua receita líquida em 2012. O crescimento da receita no 1T12, em relação ao 1T11, foi negativo (-1,9%).

 

A receita líquida de mobilidade pessoal cresceu 12,8%. A Oi foi a 2ª colocada em adições líquidas de pós-pago no trimestre (468 mil).

 

Já receita do segmento residencial apresentou queda (-11,5%), sempre na comparação com o 1T11. A Oi teve adições líquidas negativas de telefones fixos no trimestre (-205 mil) e no ano (-1.084 mil). O segmento corporativo também apresentou queda na receita (-0,8%).

 

Como fatores positivos tivemos o crescimento dos acessos banda larga fixa, com adições líquidas de 214 mil acessos (varejo+corporativo), e a retomada do crescimento na TV por assinatura com adições líquidas de 45 mil acessos.

 

A margem EBITDA foi de 29,6% e os investimentos de R$ 1 bilhão.

 

GVT 1T12

 

A GVT apresentou no 1T12 um crescimento de 35% na receita, em comparação com o 1T11, e manteve a margem EBITDA em 41%.

 

Atingiu 1,8 milhões de acesso banda larga com adições líquidas de 136 mil acessos no trimestre.

 

Terminou o trimestre com 113 mil acessos de TV por assinatura.

 

 

12
5/2012

Comentários
0

Resultados 1T12 no Brasil e no mundo foram os destaques da semana

Eduardo Tude

Resultados 1T12 Brasil

 

Esta semana tivemos a divulgação dos resultados da Telefônica/Vivo e da CTBC para o 1T12. Os resultados divulgados até agora não apresentaram surpresas. O trimestre é geralmente o mais fraco do ano e as operadoras tem apresentado:

  •  Queda nas receitas de interconexão do móvel com a redução da VUM.
  •  Queda ARPU e no MOU, como tem acontecido em todo 1º trimestre do ano.
  •  Crescimento dos investimentos em relação ao 1T11.

O quadro deve se completar na segunda (14/05) com a divulgação dos resultados da Oi e da GVT (Vivendi). A Workshop trimestral da Teleco analisará em detalhes estes resultados no dia 23 de maio.

 

Banda larga, SME e Ruralmax

 

A velocidade média da banda larga no Brasil no 4T11, medida pela Akamai, foi de 0,9 Mbps para a banda larga móvel e de 1,8 Mbps para a Fixa.

 

A Oi declarou ter atingido no final de março a marca de 5,11 milhões de clientes do Oi Velox. Não está claro se os acessos Velox 3G estão incluídos neste total.

Tivemos esta semana mais uma edição do Ruralmax. Os pequenos provedores de Internet que atendem à área Rural ficaram decepcionados com o fato das frequências de 450 MHz estarem sendo licitadas como um lote nacional e não por áreas menores que permitiriam a participação dos mesmos.

 

Os acessos SME totalizaram 4,26 milhões em abril (99% são Nextel) com adições líquidas de 131 mil acessos no acumulado do ano.

 

Bovespa

 

A Bovespa descontinuou o calculo do ITEL, índice que media o desempenho das empresas de Telecom na Bovespa. Com as operações de fusão e fechamento de capital realizadas nos últimos anos restaram apenas três empresas com volume de negociações efetivo na bolsa (Telefônica, Oi e TIM).

 

Após o impacto inicial da saída de Luca Luciane da TIM, comunicado a uma semana, as ações da TIM se estabilizaram com alta de 1,8% em relação à última sexta.

 

América Latina

 

O empresário mexicano Carlos Slim está buscando mercados para expandir seu império. Fez uma proposta para aumentar sua participação na KPN da Holanda aproveitando o momento de baixa do mercado europeu. Adquiriu também a Simple Mobile, MVNO nos Estado Unidos.

 

A Entel Chile e a Telecom Argentina divulgaram seus resultados.

 

CTIA e Resultados 1T12 mundo

 

Nos Estados Unidos foi realizado CTIA, deslocado para maio para aumentar o espaçamento em relação ao Mobile World Congress de Barcelona.

 

Na Europa tivemos a divulgação dos resultados da Telefônica, Telecom tália, DT, BT e France Telecom.

 

A receita da Telefônica no 1T12 cresceu 0,5% em relação ao 1T12. A receita na América Latina cresceu +7,3% enquanto a da Espanha -10,8% e do resto da Europa -6,1%.

 

A receita da Telecom Itália no 1T12 cresceu 4,5% em relação ao 1T12, graças ao desempenho da TIM Brasil (+17,1%) e da Telecom Argentina (+19,6%). As demais operações apresentaram crescimento negativo. A receita da TIM Brasil representou 23% da receita da Telecom Itália.


 

 

10
5/2012

Comentários
0

Os resultados da Telefônica/Vivo no 1T12

Eduardo Tude

A Telefônica/Vivo apresentou seus resultados para o 1T12. Seguem os destaques:

 

  • A receita líquida cresceu 3,7% em relação ao 1T11, mas apresentou queda de 3,3% em relação ao 4T11.
  • A receita líquida do móvel cresceu 12,8% em relação ao 1T11, mas caiu 3,4% em relação ao 4T11. Além do efeito sazonal, contribuiu para a queda na receita a mudança da regra da VUM que levou a uma que da de 8,3% na receita de interconexão. A receita de Internet móvel foi a única a crescer no trimestre (2,8%).
  • O ARPU do móvel caiu para R$22,4 sendo R$ 6,0 o ARPU de dados. Dados representou 26,7% da receita de serviços no 1T12. O churn mensal caiu para 2,5%.
  • A receita líquida do fixo caiu 4,1% em relação ao 1T11 e 3,9% em relação ao 4T11. Contribuíram para esta queda a perda de telefones fixo e o baixo crescimento dos acessos banda larga fixa no trimestres com adições líquidas de 54 mil acessos.
  • A margem EBITDA caiu para 34,2% e o lucro foi de R$ 957 milhões no trimestre. Os investimentos de R$ 1,2 bilhões no trimestre foram 63,4% maior que no 1T11.

 

 

5
5/2012

Comentários
0

Destaques da Semana: TIM, Telefones Celulares, EILD e Smartphones

Eduardo Tude

A saída de Luca Luciani da Tim, anunciada neste sábado (5 de maio) foi o grande acontecimento da semana. Os rumores desta saída vinham afetando o desempenho das ações da TIM na Bolsa. Segundo a Telesintese “ a sua saída está relacionada a investigações na Promotoria de Milão sobre possíveis fraudes contábeis que envolveriam Luciani, o diretor da Telecom Italia, Ricardo Ruggiero, e ex-diretor da TIM na Itália, Massimo Castelli.”

 

A produção de celulares no Brasil apresentou queda de 19,8% no 1T12 em relação ao 1T11. No mesmo período a quantidade exportada caiu 64,8% e a importada 26,7%.

 

A Anatel aprovou o regulamento de EILD (banda larga no atacado), reduzindo em 30% o preço, e novo regulamento de remuneração das redes do STFC (telefonia fixa).

 

A partir de agora, a remuneração entre redes fixas só ocorrerá quando este desbalanceamento de tráfego for superior a 75% contra 25% da outra rede. E decidiu que, a partir de janeiro de 2014, o sistema será o bill and Keep pleno, ou seja, todas as operadoras se apropriam das tarifas de rede fixa (a TU-RL) geradas em suas redes.

 

A penetração de smartphones nas vendas de celulares do mundo foi de 36,4% no 1T12. A Samsung superou a Apple em vendas de Smartphones no trimestre.

 

 

5
5/2012

Comentários
27

Luca Luciani deixa a TIM

Eduardo Tude

A TIM respondeu a ofício da Bovespa solicitando informações sobre o crescimento das negociações com as ações da TIM da seguinte forma:

 

“A Companhia acredita que as últimas oscilações registradas com ações de sua emissão estejam possivelmente relacionadas a rumores acerca da saída do Diretor Presidente da Companhia, Sr. Luca Luciani. A este respeito, a Companhia informa que, na noite de 4 de maio de 2012, o Sr. Luca Luciani se desligou da Companhia e apresentou suas renúncias a todos os cargos por ele exercidos nas empresas do Grupo Telecom Itália.

 

O Conselho de Administração da TIM Participações S.A. se reunirá nos próximos dias para apreciar a indicação do acionista controlador, do Sr. Andrea Mangoni, atual CFO do Grupo Telecom Italia, para o cargo de Diretor Presidente interino da Companhia.”

 

Independente das razões que levaram ao seu desligamento é importante reconhecer o trabalho excepcional realizado por Luca na presidência da TIM Brasil. Estabeleceu um plano estratégico que levou a empresa à retomada do crescimento e conquista da vice-liderança em market share de celulares no Brasil.

 

A aquisição da Intelig permitiu o lançamento do plano Infinity que inovou na forma simples de cobrar pelo serviço (R$ 0,25 por chamada on net) e igualou o custo da chamada de longa distância ao da local. Estas inovações acabaram sendo adotadas pelas outras operadoras.

 

A última cartada de Luca foi à aquisição da rede da AES Atimus com a qual a TIM pretende oferecer banda larga fixa nas regiões metropolitanas do Rio e São Paulo (TIM Fiber).

 

Cabe agora a equipe da TIM dar continuidade a trajetória de inovação e sucesso que tem sido características da empresa.

 

 

Eduardo Tude

Presidente e sócio da empresa de consultoria Teleco, atua desde 2002 como analista do mercado de Telecom, coordenando projetos de consultoria, publicando artigos semanais, preparando relatórios setoriais e apresentando workshops.

Engenheiro de Telecom (IME 78) e Mestre em Telecom (INPE 81) é membro da Comissão julgadora do Global Mobile Awards do Mobile World Congress em Barcelona e atuou como professor especialista visitante da Unicamp (2013).

Ocupou várias posições de Direção em empresas de Telecom em áreas como Sistemas Celulares (Ericsson), Redes Ópticas (Pegasus Telecom) e Satélites (INPE).

Histórico

2017

2016

2015

2014

2013

2012

2011

2010

2009

2008

2007

2006

Produtos Teleco

CONSULTORIA TELECO

Inteligência em Telecom

Estudos e Base de Dados

Relatórios

Celular Brasil 2016

Telecom e Capex

Venda de Planilhas

Dados históricos do Mercado Brasileiro

Workshops

Regulamentação
9 de Maio

Internet das Coisas
30 de Maio

Market Update

Mais Produtos