28
6/2014

Comentários
0

TV Assinatura e SCM maio, Telecom Itália e Telefônica, 700 MHz, TIC Domicílios e mais destaques

Eduardo Tude

TV por Assinatura em maio


A TV por Assinatura apresentou adições líquidas de 185 mil acessos em maio, mais que os 169 mil do mês anterior.


As adições líquidas via satélite (DTH) de maio (122 mil) foram responsáveis por este crescimento das adições líquidas. A TV a cabo apresentou adições líquidas de 65 mil acessos.


A Embratel/Net liderou o crescimento com adições líquidas de 82 mil acessos em maio, seguida pela SKY (68 mil), Oi (21 mil), Vivo (11 mil) e GVT (9 mil).


A SKY, que havia apresentado adições líquidas de 30 mil acessos em abril, apresentou o maior crescimento nas adições líquidas e a GVT (24 mil em abril) a maior redução.


Banda Larga Fixa (SCM) em maio


Os acessos banda larga fixa (SCM) apresentaram adições líquidas de 182,5 mil acessos em maio, mais que no mês anterior (138 mil), mas menos que em mai/13 (211 mil).


A tendência é de queda no crescimento em 2014. O crescimento nos últimos 12 meses foi de 9,8% com adições líquidas de 2,1 milhões de acessos.


A Embratel/Net liderou em adições líquidas no mês (85 mil), seguida pela GVT (38 mil), Vivo (15 mil) e Oi (12 mil).


Leilão de 700 MHz para 4G


O Ministério das Comunicações deu um passo importante para a realização da licitação ao anunciar o cronograma de desligamento da TV analógica.


Em 29 de novembro de 2015 será realizado um desligamento-piloto na cidade de Rio Verde (GO) e em 2016 ocorrerá o desligamento em Brasília, São Paulo, Belo Horizonte, Goiânia e Rio de Janeiro. Na maior parte dos municípios o desligamento ocorrerá em 25 de novembro de 2018.


A determinação do valor mínimo das frequências licitadas está diretamente ligado a este cronograma que terá de ser cumprido a risca.


O Ministro das Comunicações e o Presidente da Anatel realizaram esta semana um “road show” no exterior para atrair novos participantes para o leilão. A tentativa é válida, embora o grau de competição do mercado móvel brasileiro torne difícil a entrada de um novo player.


Telecom Itália e Telefônica


A Telefônica e seus sócios italianos (Intesa Sanpaolo, Mediobanca e Generali) decidiram dissolver a Telco, controladora da Telecom Itália. A decisão foi comunicada ao CADE, mas só será submetida para aprovação após ser definido o destino da participação de cada empresa na Telco.


A Telefônica tem direito de preferência na compra da participação de seus sócios na Telco, mas poderá desistir desta aquisição para evitar problemas regulatórios com o CADE e a Anatel, que teriam como consequência a obrigação da venda da TIM Brasil pela Telecom Itália.


TIC Domicílios 2013


O NIC.br divulgou os resultados da pesquisa TIC Domicílios 2013. Os principais destaques são:

  • 51% da população brasileira com 10 anos ou mais de idade é usuária de Internet. Este percentual é de 77% entre os jovens entre 10 e 24 anos.
  • 31% dos que possuem telefone celular utilizavam este dispositivo em 2013 para acessar a internet, este percentual era de 5% em 2010.


Mais destaques


Entraram em vigor os principais pontos do Marco Civil da Internet, inclusive a neutralidade da rede. Certos detalhes para sua aplicação dependem, no entanto da regulamentação que deve passar por consulta pública.


A Nextel (NII) teria vendido suas operações na Argentina e no Chile para os empresários argentinos Matías Garfunkel e Sergio Szpolski por um valor estimado em US$ 263 milhões, segundo informações veiculadas pela imprensa internacional. Com a venda a Nextel poderia concentrar seus esforços nas operações do Brasil e México e SMS ilimitado.


A Claro lançou um pacote 4G para o pré-pago por R$0,99 por dia que o usuário utilizar o serviço. O pacote inclui uma franquia de 10MB e velocidade 4GMax


A Oi anunciou a venda de 1.641 torres de telecomunicações à SBA por R$ 1,17bilhão. O negócio deve ser concluído em dezembro. A Oi já havia vendido em 2013 mais de 2 mil torres à mesma SBA Torres, por R$ 1,5 bilhão.


A TIM completou o processo de internalização de seu centro de gestão de rede, o que exigiu investimentos de R$ 8 milhões.


Nos primeiros cinco meses do ano, o Banco do Brasil registrou um bilhão de transações através de aplicativos móveis, Em 2013 essa marca só foi alcançada em novembro.


A Finep divulgou o resultado preliminar do Inova Telecom. Foram selecionados 32 projetos, dez dos quais vão receber recursos da financiadora sem necessidade de reembolso.


Termina segunda (30/06) o prazo para apresentação de projetos para o REPNBL. O Governo ainda não decidiu se o prazo será prorrogado.

A Anatel colocou em consulta pública as propostas do novo PGMU e da revisão das concessões. O prazo para contribuições é de 6 meses.


Destaques internacionais


A Microsoft lançou mais um aparelho Nokia da serie X, com sistema operacional Android.


O Google pagou US$ 5 bilhões para os desenvolvedores de aplicativos em 2013. O Brasil é o segundo mercado na loja de aplicativos do Google, atrás apenas dos Estados Unidos.


O valor médio da taxa de interconexão das operadoras móveis (VU-M no Brasil) no mundo caiu de US$0,084 em 2009 para US$0,043 em 2013 segundo análise de 118 países feita pelo Telecommunications Management Group.

 

 

22
6/2014

Comentários
0

Celular maio, Nextel 4G, Qualidade, VU-M, TUP, Anatel, Torres, Copa e CTIA

Eduardo Tude

Celular em maio


Vivo (638 mil), TIM (597 mil), Claro (264 mil), Oi (184 mil) e Nextel (150 mil) contribuíram para o crescimento recorde do celular em maio apresentando adições líquidas superiores às do mês anterior.


A Vivo liderou em adições líquidas de pós-pago (526 mil) seguida pela Nextel (150 mil) e Oi (100 mil).


A TIM liderou em adições líquidas de pré-pago (597 mil), seguida pela Claro (168 mil) e Vivo (111 mil).


3G já representa 41,1% dos celulares, mas ainda são de tecnologia GSM 51,8% do total dos celulares do Brasil.


Foram 182 mil novos terminais M2M em maio, sendo 166 mil da Vivo.


Nextel 4G


A Nextel, que está rompendo a marca de 1 milhão de celulares, colocou em operação sua rede 4G na cidade do Rio de Janeiro, utilizando a frequência de 1,8 GHz (Banda M) que adquiriu no Leilão da Banda H para a Região I. Foram instaladas 300 antenas cobrindo 19 bairros.


Fusões e aquisições: Telefônica e Telecom Itália


Após a Generali, esta semana foi a vez dos Bancos Italianos Mediobanca e Intesa Sanpaolo confirmarem sua intenção de sair da Telco, controladora da Telecom Itália. Esta saída deve ser confirmada em fevereiro de 2015, conforme acordo de intenções entre os sócios da Telco.


Com a saída destes sócios, a Telefônica passará a ser o maior investidor da Telecom Itália com uma participação direta de 15% e este fato pode implicar na necessidade da venda da TIM Brasil como requisito para que a operação seja aprovada no Brasil.


Anatel: Pesquisa de Qualidade


A Anatel divulgou os resultados de pesquisa realizada para avaliar a qualidade da banda larga fixa (SCM) e do celular através de indicadores selecionados. Foram realizadas mais de 130 mil entrevistas em todo o Brasil.


A qualidade da banda larga fixa (SCM) apresentou uma nota média de 3,23, sendo que Vivo (3,07) e Oi (3,04) ficaram abaixo da média e GVT (3,59) e NET (3,47) acima da média. Os indicadores com pior avaliação foram capacidade de resolução (3,27) e orientação ao assinante (3,06).


A pesquisa mostrou que os usuários de pós-pago são mais exigentes que os de pré-pago. A qualidade do pré-pago apresentou uma nota média de 3,51 e a do pós-pago 3,26.


Oi (3,47) e TIM (3,35) no pré-pago e Oi (3,09) e TIM (2,88) no pós-pago ficaram abaixo da média, enquanto Vivo (3,68) e Claro (3,53) no pré-pago e Vivo (3,51) e Claro (3,32) no pós-pago ficaram acima da média.


Entre os usuários de celular pré-pago os indicadores com pior avaliação foram qualidade das ligações (3,3) e capacidade de resolução (3,27). Estes indicadores também tiveram a pior avaliação no pós-pago, mas com notas 3,2 e 3,16 respectivamente.


Anatel: EILD, Interconexão e Modelo de Custos


A Anatel aprovou proposta de norma que estabelece que passem a ser definidos com base em Modelos de Custos as tarifas de uso de rede do STFC, os valores de uso de rede móvel (VU-M) e de Exploração Industrial de Linha Dedicada (EILD).


As reduções serão feitas de forma gradual e espera-se uma redução da VU-M de 90% até 2019 quando atingirá um valor médio de R$ 0,02.


Anatel: Contratos de Concessão


A Anatel decidiu colocar em consulta pública as propostas do novo Plano Geral de Metas para Universalização do Serviço Telefônico Fixo Comutado (PGMU - STFC) prestado no regime público e de revisão dos Contratos de Concessão do STFC, nas modalidades Local, Longa Distância Nacional (LDN) e Longa Distância Internacional (LDI), ambas para o período de 2016 a 2020.


Anatel: TUP (Orelhão)


A Anatel aprovou o Regulamento do Telefone de Uso Público, que tem como principais finalidades revitalizar os orelhões do País e torná-los mais atrativos para os usuários.


Passa a ser possível agregar outros serviços ao orelhão, a veiculação de publicidade na cabine e no seu visor e a utilização de outros meios de pagamento além do cartão indutivo.


American Tower compra a BR Towers


A American Towers, principal empresa de torres de celular do Brasil, adquiriu a BR Towers do banco GP Investimentos por R$ 2,18 bilhão. A BR Towers contava com um portfólio de 4,3 mil torres, sendo que 2 mil foram adquiridas da Telefônica/Vivo em setembro de 2012.


Copa


O Teleco criou uma página especial para apresentar os dados de tráfego nos estádios durante a realização dos jogos da Copa. s resultados com a infraestrutura mostram que a demanda tem sido atendida satisfatóriamente.


CTIA: Super Mobility Week


O Teleco está apoiando a formação de uma delegação brasileira para participar da Super Mobility Week em Las Vegas Estados Unidos entre 9 e 11 setembro. O evento promovido pelo CTIA reúne os dois eventos que a associação promovia anteriormente.

 

 

17
6/2014

Comentários
0

Vivo lidera o crescimento do celular em maio

Eduardo Tude

A Vivo liderou o crescimento do celular em maio com adições líquidas de 638 mil celulares, seguida pela TIM (597 mil), Claro (264 mil), Oi (184 mil) e Nextel (150 mil).

 

 

 

14
6/2014

Comentários
0

Celular em maio, Copa, Consolidação, Cisco VNI, Taxa da Concine, NFC e mais destaques.

Eduardo Tude

Celular em maio


Dados preliminares da Anatel indicam que o Brasil apresentou um crescimento recorde do celular em maio com adições líquidas de 1,85 milhões de celulares. O crescimento ocorreu tanto no pré-pago como no pós-pago.


Telecom nos estádios da Copa


Correu tudo bem com os sistemas de Telecom na abertura da Copa do Mundo em São Paulo.


Na partida entre Brasil e Croácia, o maior volume de dados ficou concentrado na tecnologia 3G, que teve picos de tráfego e congestionamentos momentâneos. Entre 13h e 20h, 857 mil comunicações de dados foram realizadas em 3G e o pico de conexões à internet ocorreu entre 14h30 e 15h30, um pouco antes e durante a cerimônia de abertura. O uso da rede de dados se manteve em níveis elevados até o início da partida, às 17h.


A tecnologia 4G apresentou 285 mil comunicações de dados das 13h às 20h, o que representou 26% do tráfego total de dados.


Foram feitas 135 mil ligações de celular, sendo que o maior volume ocorreu entre 13h e 15h.


A implantação da infraestrutura de Telecom foi concluída nos 12 estádios da Copa Mundo. Devido ao curto prazo para testes dessa infraestrutura em alguns estádios ajustes poderão acontecer durante a Copa.


Durante os 90 minutos da partida Brasil e Croácia 16 milhões de brasileiros realizaram 40 milhões de interações no Facebook.


Consolidação de Operadoras móveis na Europa, Estados Unidos e Brasil


Relatório da agência de classificação de risco Moodys aponta para uma aceleração da consolidação no setor de telecomunicações europeu, o que “proporcionaria economia de custos substancial e levaria a um ambiente competitivo mais racional”.


A Moodys acredita que a consolidação ocorrerá nos países europeus com a redução para três competidores móveis, mas não ainda entre países devido a dificuldades regulatórias.


Esta é uma tendência também nos Estados Unidos onde a fusão da Sprint com a T-Mobile (3ª e 4ª operadoras em market share) está em andamento.


Esta tendência é um dos argumentos que tem sido utilizado para um fatiamento da TIM Brasil, reduzindo para três a quantidade de grandes players no mercado móvel brasileiro.


Este debate deve se tornar mais intenso no segundo semestre. Vence em 28 de fevereiro de 2015 o prazo para que a Telefônica adquira a participação dos demais sócios na Telco (controladora da Telecom Itália). Esta semana, um dos acionistas da Telco, a empresa italiana de seguros (Generali) anunciou que irá vender sua participação na Telecom Itália após esta data.



Crescimento do tráfego de Internet (Cisco VNI)


A Cisco divulgou mais uma edição do seu estudo Cisco® Visual Networking Index™ (VNI), que analisa o crescimento do tráfego global de Internet para os próximos cinco anos (2013 a 2018). Os principais destaques são:

  • Dispositivos móveis e portáteis que não sejam PCs vão conduzir a maioria do tráfego no mundo até 2018. Em 2013, 33% do tráfego IP foi originado em dispositivos não-PC, no entanto, até 2018, a parcela de tráfego IP não-PC deverá aumentar para 57%.
  • Vídeo IP vai representar 79% de todo o tráfego IP gerado no mundo em 2018, acima dos 66% registrados em 2013.
  • No Brasil, o tráfego da Internet crescerá 2,4 vezes entre 2013 e 2018, com uma taxa anual composta de 19%. O tráfego de vídeo pela Internet crescerá 3 vezes até 2018.


Taxa da Concine limita expansão do vídeo “on demand”


Para cada filme disponibilizado para o consumidor por empresas de vídeo sob demanda como a Netflix, a Concine cobra uma taxa de R$ 3 mil ou de R$ 750, no caso de episódios de obras seriadas.

 Segundo o advogado Raphael Crescente em entrevista para o Jornal Valor: “Este é um dos principais fatores para que a Netflix americana tenha mais de 50 mil títulos, enquanto sua filial brasileira apenas cerca de 3 mil.”


Pagamentos móveis: NFC


O Banco do Brasil, a Visa e a Oi lançaram uma solução de pagamento móvel por NFC (Near Field Communications) disponível inicialmente para os que possuem um cartão Ourocard Visa.


O serviço estará disponível para Smartphones Android e será necessário trocar o chip (SIMcard) por um com a aplicação embarcada.


Telefones celulares


Informações do IDC publicadas pelo Mobile Time indicam que foram vendidos 43,4 milhões de telefones celulares na América Latina no 1T14. A Samsung liderou as vendas com 28,5% de market share, seguida pela Alcatel On Touch (13,1%), Nokia (12,9%), LG (11,9%), Motorola (7,6%), ZTE (5,6%), Huawei (4,2%) e Apple (3,5%).


Nos primeiros quatro meses de 2014, o Brasil exportou 390 mil telefones celulares, 55,8% menos que em igual período de 2013. Já a importação de telefones celulares atingiu 4,5 milhões neste período, com crescimento de 19,8%.


Outros destaques


A alocação de endereços IPv4 no Brasil entrou em “terminação gradual”, segundo o NIC.br. Trata-se do “fim” dos recursos da versão 4 de endereçamento IP e significa o início de racionamento severo.


Termina em junho o prazo para a apresentação de projetos para o REPNBL. Segundo a Telesíntese, as operadoras estão se movimentando para que o Congresso Nacional prorrogue o prazo para até dezembro deste ano. Oi e Embratel ainda não apresentaram projetos ao MiniCom.


A Virgin Mobile Latin America (VMLA) deu inicio a operação de sua operadora móvel virtual (MVNO) no México. O próximo país na fila é o Brasil que deverá entrar em operação em 2015.


Pesquisa realizada nos Estados Unidos apontou que 53% dos clientes de TV a cabo daquele país abandonariam o serviço se tivessem mais opções. As opções de programação foram consideradas muito limitadas por 70% dos respondentes.

 

 

8
6/2014

Comentários
0

700 MHz, Copa do Mundo, Telecom Itália e Telefônica, Portabilidade, Marco Civil, Anatel e mais destaques

Eduardo Tude

Leilão de 700 MHz


A Anatel deu mais um passo no sentido de realizar em agosto a licitação de 700 MHz para 4G.


Terminaram esta semana a Consulta Pública nº 19/2014, que trata do edital de licitação da faixa de 700 MHz, e a Consulta Pública nº 18/2014, referente a proposta de regulação de convivência entre os serviços de TV digital e a banda larga móvel 4G na faixa de 700 MHz.


O Conselho da Anatel negou por unanimidade os pedidos de prorrogação do prazo destas consultas públicas.


Operadoras e rádio difusores têm demonstrado preocupação com o processo, uma vez que os seguintes pontos ainda precisam ser definidos para a realização da licitação:

  • Cronograma de desligamento do sinal analógico da TV aberta.
  • Montante a ser pago pelas operadoras para custear o desligamento da TV analógica e mitigar interferências.
  • Se este montante não se mostrar suficiente no futuro, quem arcará com os custos adicionais para garantir que o cronograma de desligamento da TV analógica será respeitado?

 
Já a Consulta Pública nº 14/2014 que trata do Regulamento de Uso do Espectro de Radiofrequências e de alteração do Regulamento de Cobrança de Preço Público pelo Direito de Uso de Radiofrequências teve o seu prazo prorrogado por mais 30 dias.


O Ministério das Comunicações promove, entre os dias 22 e 28 de junho, road shows sobre a licitação da faixa de 700 MHz em Londres, na Inglaterra, e Nova York, nos Estados Unidos.


Copa do Mundo


As operadoras concluíram a implantação das redes nos estádios da Copa do Mundo.


Os testes realizados pelo UOL no jogo teste na Arena Corinthians apresentaram resultados satisfatórios com velocidades de download variando de 1,8 Mbps (Vivo) a 0,59 Mbps (Oi).


Os estádios onde estará disponível uma conexão Wi-Fi apresentarão resultados melhores.


Telecom Itália e Telefônica


O CADE rejeitou esta semana os recursos da Telefônica em relação à multa de R$ 15 milhões aplicados pelo órgão antitruste em razão do aumento da participação indireta da Telefônica na Telecom Itália.

 
A GVT se manifestou publicamente contrária à ideia de dividir a TIM Brasil, proposta que, segundo a imprensa, estaria sendo articulada pela Oi e a Telefônica.


Portabilidade em maio


Cresceu 2,1% a quantidade de números telefônicos portados no Brasil, na comparação de Mai/14 com Mai/13.


Os números de celulares, que representaram 58,8% do total de 369,6 mil números portados, cresceram 10,7% em maio, enquanto os números telefônicos fixos portados apresentaram queda de 8,1%.

 
A quantidade de números telefônicos portados no acumulado dos cinco primeiros meses do ano é ainda 4,4% menor que o de igual período de 2013. Os celulares acumulam queda de 7% e os fixos de 0,6%.


Marco Civil


Aprovado o marco civil da Internet, começam as discussões sobre neutralidade de rede à luz da nova lei.

 

Existem interpretações que consideram, por exemplo, que a oferta grátis de acesso ao Facebook por parte das operadoras fere a neutralidade da rede.


Por outro lado, fica claro que acordos como o firmado entre a Netflix e Comcast nos Estados Unidos não ferem a definição de neutralidade de rede da lei brasileira.


Relatório Anatel 2013


A Anatel apresentou o relatório anual referente ao ano de 2013 que apresenta uma evolução em relação aos divulgados anteriormente.


Entre os destaques estão as informações relativas aos preços de serviços, reconhecendo que, no caso do celular, os valores registrados na Agência não refletem as promoções praticadas de forma usual no mercado. O preço médio calculado pela Anatel é de R$ 0,15 por minuto do celular no 3T13.


Outros destaques


A Algar Telecom e a Vivo anunciaram acordo de roaming que permitirá que os clientes da Algar utilizem a rede de voz e dados da Vivo quando estiverem em uma área não atendida pela sua operadora.


A Câmara Federal aprovou a prorrogação da Lei de Informática até 2024, os benefícios da Zona Franca de Manaus por 50 anos e a ampliação dos benefícios para as Zonas de Livre Comércio até 2050.


A Anatel publicou a redução de 24,3% na assinatura básica da Telefônica/Vivo no estado de São Paulo.


A partir de julho reuniões do Conselho da Anatel serão abertas ao público e a sustentações orais das empresas.


A Ericsson publicou o seu “Mobility Report” de Jun/14 que, entre outros destaques, mostra que o tráfego móvel global de dados no 1T14 foi maior que o do ano de 2011.


O FCC , órgão regulador dos Estados Unidos, estuda alterar a sua definição de banda larga, aumentando de 4 Mbps para 10 Mbps a velocidade a partir da qual um acesso é considerado banda larga.


A Sprint, 3ª operadora de celular dos Estados Unidos, está próxima de adquirir a T-Mobile (4ª operadora) por US$ 32 bilhões passando a ter escala e espectro suficientes para rivalizar com a AT&T e a Verizon. A Sprint foi adquirida recentemente pela Softbank (Japão) e a T-Mobile pertence a Deutsche Telekom (Alemanha). A operação terá que ser aprovada pelos órgãos reguladores que rejeitaram em 2011 uma tentativa de aquisição da T-Mobile pela AT&T.

 

 

1
6/2014

Comentários
0

Banda larga fixa (Abr/13), Valor da assinatura Vivo, Streaming de música e outros destaques

Eduardo Tude

Banda Larga Fixa (SCM)


As operadoras de SCM apresentaram adições líquidas de 138 mil acessos em Abr/14, menos do que em Abr/13 (231 mil). O crescimento nos primeiros quatro meses do ano foi de 3,4%, menor que em igual período de 2013.


A Embratel/Net liderou em adições líquidas em Abr/14 (78 mil) seguida pela GVT (42 mil), Vivo (16 mil) e Oi (12 mil).


Nestes valores estão incluídos acessos de dados banda larga e banda estreita (menor que 256 Kbit/s).


Redução da Assinatura básica da Telefônica/Vivo em São Paulo


A Anatel aprovou uma redução de 24,32% no valor da assinatura dos planos básicos de telefonia fixa da Telefônica/Vivo que passarão de R$ 29,89 para R$ 22,61. A redução é consequência dos ganhos econômicos proporcionados pelo processo de reestruturação do grupo empresarial aprovados pela Anatel em maio de 2013.


A Telefônica conseguiu decisão judicial para modificar este percentual para 21,49%, caso pague a caução exigida pelo Poder Judiciário.


Streaming de música: Apple e Spotify


A Apple adquiriu a Beats por US$ 3 bilhões. Mais que os fones de ouvido que a empresa produz, a Apple está interessada no serviço de streaming de música da Beats. Com o avanço das redes 3G/4G, os consumidores estão substituindo o download de músicas por serviços de streaming, o que impacta um dos principais negócios da Apple.


O Spotify, um dos principais serviços de streaming de música do mundo, com um catálogo de 30 milhões de músicas, iniciou a oferta de seus serviços no Brasil.


Vivo implanta anéis de fibra óptica nas principais cidades brasileiras


A Vivo está ampliando suas redes de fibra óptica fora do estado de São Paulo. Até dezembro serão 178,6 Km de redes em 12 cidades fora do estado de São Paulo, que se somarão aos 115,8 quilômetros já implantados em Belo Horizonte, Brasília, Curitiba, Porto Alegre, Recife e Rio de Janeiro no ano passado.


A Vivo ativou esta semana 7,8 quilômetros de rede em Belo Horizonte e irá expandir as redes em Brasília (7 Km) e Rio de Janeiro (13,5 Km). Pretende também implantar até o final de 2014 redes em: Caxias do Sul (13 km), Contagem (18 km), Florianópolis (5,3 km), Fortaleza (10 km), Goiânia (9 km), Joinville (31 km), Niterói (17,6 km), Salvador (26,6 km) e Vitória (19,8 km).


Atendimento a área rural: Claro e Vivo


Claro e Vivo poderão atender os compromissos de cobertura da área rural estabelecidos na licitação de 2,5 GHz para as frequências de 450 MHz através do compartilhamento de infraestrutura e outras frequências.

 

As empresas terão, no entanto, que oferecer serviço móvel nas cidades onde vão atuar e obter licenças para utilização das frequências em caráter secundário.


Outros destaques


A Virgin Mobile Brasil anunciou que a Anatel concedeu a autorização de operadora móvel virtual (MVNO) e que pretende iniciar os seus serviços em fevereiro de 2015. A empresa vai utilizar a rede da Vivo em todo o Brasil.


O presidente da Telecom Itália, Marcos Patuano, esteve no Brasil e se reuniu com o ministro das Comunicações. Na pauta, o leilão de 700 MHz e a possibilidade da TIM Brasil ser adquirida pelas demais operadoras de celular do Brasil.


Na comparação entre os últimos 4 trimestres e os 4 trimestres anteriores, o PIB de Serviços de Informação, no qual Telecom representa 55%, cresceu 5,9%, mais que o PIB Brasil (2,5%).


A SKY passou a oferecer o seu serviço de banda larga fixa 4G em Manaus. O serviço passa a estar disponível no Distrito Federal e em mais 32 cidades.


O aplicativo da Oi WiFi para acesso rápido à rede WiFi da Oi superou a marca de um milhão de downloads. Utilizam o aplicativo 55% dos clientes que podem acessar a rede WiFi da Oi.


A Atos anunciou a aquisição da Bull por 845 milhões de dólares.

 
O IDC reduziu de $ 260,9 milhões para $ 245,4 milhões a sua projeção de vendas de tablets no mundo. Os consumidores estão demorando mais tempo para trocar os seus tablets de maior valor e, quando o fazem, estão repassando o dispositivo para outro membro da família. O crescimento da venda de smartphones com telas maiores reduziu também o espaço dos tablets.

 

 

Eduardo Tude

Presidente e sócio da empresa de consultoria Teleco, atua desde 2002 como analista do mercado de Telecom, coordenando projetos de consultoria, publicando artigos semanais, preparando relatórios setoriais e apresentando workshops.

Engenheiro de Telecom (IME 78) e Mestre em Telecom (INPE 81) é membro da Comissão julgadora do Global Mobile Awards do Mobile World Congress em Barcelona e atuou como professor especialista visitante da Unicamp (2013).

Ocupou várias posições de Direção em empresas de Telecom em áreas como Sistemas Celulares (Ericsson), Redes Ópticas (Pegasus Telecom) e Satélites (INPE).

Histórico

2017

2016

2015

2014

2013

2012

2011

2010

2009

2008

2007

2006

Produtos Teleco

CONSULTORIA TELECO

Inteligência em Telecom

Estudos e Base de Dados

Relatórios

Celular Brasil 2016

Telecom e Capex

Venda de Planilhas

Dados históricos do Mercado Brasileiro

Workshops

Internet das Coisas
27 de Junho

Market Update

Regulamentação

Mais Produtos