28
7/2012

Comentários
2

Punição da Anatel, TV por Assinatura e Resultados da Telefônica, A. Móvil e Samsung

Eduardo Tude

A suspensão das vendas de novas linhas de celular por parte da TIM, Claro e Oi iniciada na segunda foi o tema mais quente da semana. As operadoras apresentaram seus planos de investimento para a Anatel e para o Ministro das Comunicações e tudo indica que a suspensão deve terminar no final da próxima semana (15 dias de suspensão).

 

Resultados da Telefônica e da América Movil

 

Esta semana foram divulgados os resultados para o 2T12 do Grupo Telefônica e do Gupo América Móvil. No Geral os resultados não apresentaram surpresas.

 

No Brasil a receita líquida da Telefônica/Vivo foi de R4 8,2 bilhões e a da América Móvil BR (Claro/Embratel/Net) de R$ 7,5 Bilhões.

 

A Telefônica/Vivo é mais forte no móvel (62% da receita) e a América Móvil BR na Fixa (60% da receita).

 

Estes resultados serão analisados do comentário desta semana do Teleco.

 

O quadro se completa na próxima semana com a divulgação dos resultados da TIM e da Oi.

 

TV por Assinatura

 

O Brasil terminou junho com 14,5 milhões de acessos de TV por Assinatura, sendo 8,4 milhões via satélite (DTH).

 

As adições líquidas de junho (239 mil) sinalizam uma queda no ritmo de crescimento da TV por Assinatura no Brasil. Desde Jul/11 não se observavam adições líquidas inferiores a 250 mil acessos.

 

A Sky liderou em adições líquidas em Jun/11 (107 mil) seguida pela Embratel/Net ( 94 mil)

 

 Tema para o Congresso da Associação Brasileira de TV por Assinatura (ABTA) que se realiza esta semana.

 

A boa notícia é que a Anatel estabeleceu que as novas autorizações de TV por Assinatura (SeAC) custarão apenas R$ 9 mil.

 

Nono dígito em São Paulo

 

A partir deste domingo (29/07) os números de celular do DDD 11 ganham mais um dígito (“9”).

 

O usuário deve estar atento para mudar a sua lista de telefones no celular.

 

Resultados internacionais 2T12: Samsung é o destaque

 

Além da Telefônica e da América Móvil divulgaram esta semana seus resultados a AT&T, Facebook, Amazon, Samsung e muitas outras operadoras.

 

A Samsung foi o grande destaque entre os vendors de telefones celulares no 2T12. Manteve-se na liderança na venda de telefones celulares (97,8 milhões), a frente da Nokia (83,7 milhões) e vendeu 50,2 milhões de Smartphones, quase o dobro que a Apple (26,0 milhões).

 

 

22
7/2012

Comentários
9

Qualidade, crescimento do celular e resultados do 2T12 foram os temas da semana

Eduardo Tude

Qualidade

 


A semana começou com a suspensão da venda de celulares em Porto Alegre de Vivo, TIM , Claro e Oi determinada pelo Procon. A questão principal nesta cidade são os buracos de cobertura resultantes em parte das restrições da legislação municipal para se colocar antenas (ERBs). TIM e Claro já foram autorizadas a retomar as vendas.

 

A maior polêmica da semana foi à suspensão por parte da Anatel da venda e celulares de uma operadora de celular por estado. TIM, Claro e Oi foram atingidas pela punição que deve continuar gerando polêmica durante a semana. O comentário desta semana do Teleco analisa o impacto desta medida para estas operadora.
A Anatel decidiu também advertir a Telefônica para que melhore a qualidade da telefonia fixa.

 

O Procon divulgou também dados de reclamações contra operadoras de celular em todo o Brasil. A Claro ficou com o maior índice de reclamações (0,43 por mil celulares) seguida pela Oi (0,22), TIM (0,15) e Vivo (0,14).


Crescimento do celular em junho

 

A Anatel divulgou também o crescimento do celular em Junho com adições líquidas de 1,2 milhões de celulares, a metade de jun/11. A desaceleração da economia brasileira parece ter chegada ao celular depois de dois meses de baixo crescimento. No caso de Telecom o Governo esta de certa forma desestimulando o crescimento.

 

TIM e GVT

 

Andrea Mangoni (CFO da Telecom Italia) assumiu a presidência da TIM Brasil e surgiram rumores de que a Vivendi estaria analisando a possibilidade de vender a GVT.

Resultados 2T12: Operadoras e Vendors

 

Ericsson e Nokia divulgaram seus resultados para o 2T12. A Nokia que vive o momento mais crucial na sua transição para os Smartphones com Windows, apresentou perdas de 1,5 bilhões de euros no trimestre.

 

A Vodafone reportou queda de 7,7% em sua receita na comparação com o 2T11. Já a Verizon reportou um crescimento de 19% no seu lucro.

 

 

18
7/2012

Comentários
20

A punição aplicada pela Anatel às operadoras de celular

Eduardo Tude

A Anatel decidiu suspender a venda de novas linhas de celular da TIM em 19 estados, da Oi em cinco e da Claro em três.

 

Com esta medida a Anatel reconhece finalmente que os indicadores que utiliza para acompanhar a qualidade do celular não refletem os problemas encontrados pelos usuários no dia a dia.

 

A TIM, por exemplo, foi a operadora punida em mais estados e  atendeu a 100% das metas de qualidade em Abril deste ano, segundo a própria Anatel.

 

As reclamações feitas junto à Anatel não refletem também estes problemas. Os principais motivos de reclamações junto a Anatel (Jan-Mar/12) foram: Cobrança (42,5%), Serviços Adicionais (9,0%), Planos de Serviço (6,5%) e Atendimento (6,7%).

 

Diante desta situação o melhor teria sido que a Anatel tivesse melhorado o seu processo de acompanhamento do congestionamento e queda de chamadas nas várias regiões do país de forma a cobrar de forma mais efetiva uma melhoria da qualidade por parte das operadoras.

 

Ela preferiu seguir, no entanto outro caminho. Selecionou alguns dos indicadores que acompanha relativos à rede e reclamações e decidiu punir com a suspensão da venda de serviços a operadora que apresentasse o pior desempenho em um dado estado.

 

Esta medida tomada de forma isolada não irá garantir uma melhora na qualidade dos serviços. Ela só virá com um monitoramento mais efetivo por parte da Anatel dos indicadores de congestionamento de rede nas várias centrais, de forma a estabelecer critérios objetivos de cobrança das operadoras.

 

 

18
7/2012

Comentários
5

Oi lidera o crescimento do celular em junho

Eduardo Tude

O celular voltou a apresentar baixo crescimento em junho com adições líquidas de 1,2 milhões de celulares, a metade das adições de Jun/11 (2,3 milhões).


A Oi liderou com adições líquidas de 369 mil celulares, seguida pela TIM (338 mi), Claro (278 mil) e Vivo (181 mil).

 

 

17
7/2012

Comentários
3

A suspensão da venda de celulares em Porto Alegre

Eduardo Tude

O Procon suspendeu temporariamente a venda de novas linhas de celular (Chips) de todas as operadoras em Porto Alegre.

 

O objetivo é melhorar a qualidade dos serviços, principalmente no que se refere a buracos de cobertura na capital gaúcha.

 

O Procon quer que as empresas informem publicamente quais áreas da capital gaúcha têm a cobertura comprometida e que os clientes que ficaram sem sinal sejam reembolsados.

 

A área local 51 que tem como principal cidade porto Alegre possui 8,2 milhões de celulares (148 cel/100 hab.). A líder é a Vivo (39,6%) seguida pela Claro (31,5%), Oi (14,9%) e TIM (14,0%).

 

No curto prazo a medida tem pouco impacto na receita das operadoras. Caem as vendas, mas também o churn e a cadeia de distribuição pode continuar vendendo aparelhos.

 

A medida do Procon provoca, no entanto, várias reflexões.

 

A primeira é quanto à importância cada vez maior do celular na vida das pessoas. Buracos de cobertura, tão comuns há dez anos não são mais tolerados. Queremos estar conectados o tempo todo, não apenas na rua, mas até no banheiro ou no subsolo da garagem.

 

Recentemente nos Estados Unidos o carro de um casal idoso caiu em um barranco e eles morreram por que não havia sinal de celular no buraco onde o carro caiu. Segundo o filho do casal eles tinham celular para ser usado em emergências como esta.

 

Esta é uma necessidade que as operadoras terão de responder.

 

Por outro lado, as prefeituras também têm de se conscientizar que elas têm que colaborar com este processo. O centro de Porto Alegre é um dos locais com maior densidade de pessoas no país e a legislação municipal exige uma distância entre ERBs de 500 metros.

 

 

14
7/2012

Comentários
29

A infeliz declaração do Ministro sobre a TIM foi o destaque da semana

Eduardo Tude

O Ministro das Comunicações Paulo Bernardo declarou que poderia suspender as vendas de novos planos da TIM caso a operadora não investisse na melhoria da qualidade de seus serviços.

 

A declaração do Ministro deve ser considerada infeliz pelos seguintes motivos:

 

  • O Ministro não tem o poder de suspender os serviços da TIM. Quem tem este poder é a Anatel e o poder Judiciário.
  • Para suspender os serviços da TIM o Ministro teria de passar por cima destas instituições gerando uma instabilidade regulatória que levaria a uma queda nas ações destas empresas, como ocorreu com a TIM, e redução da capacidade de investimento.
  • A TIM tem tido problemas localizados de qualidade, mas tem investido na solução destes problemas. Os investimentos da TIM em 2011 foram de R$ 3 bilhões e se mantém no mesmo ritmo em 2012.
  • Parte dos problemas de qualidade da TIM são consequência do plano infinity em que o usuário paga por chamada. Ela é a operadora com a maior quantidade de minutos de uso mensal por usuário (126 minutos).
  • Finalmente, vivemos em um ambiente competitivo em que quatro operadoras disputam o mercado em todo o Brasil. O cliente que não estiver satisfeito com a qualidade dos serviços da TIM pode muito bem mudar de operadora. É melhor deixar o mercado decidir do que o Governo intervir e acabar prejudicando o consumidor.

 

Nextel

 

A Justiça decidiu em favor da Nextel em relação a processo movido pela TIM que queria impedir qua a operadora vendesse serviços a pessoas físicas.

 

GVT

 

Terminou em acordo com a CVM o processo de acusação de fraude durante o processo de aquisição da Operadora pela Vivendi. O fundo de investimentos Tyrus Capital LLP concordou em pagar R$ 10 milhões à CVM (Comissão de Valores Mobiliários) para encerrar um processo.

 

Resultados do crescimento do celular em Junho

 

Nesta semana devem sair os resultados do crescimento do celular em junho. A expectativa é para saber se a queda nas adições líquidas observada em maio deve se repetir em junho.

 

 

7
7/2012

Comentários
5

Melhor oferta, Vivo, produção de telefones celulares e TV por Assinatura

Eduardo Tude

O Teleco divulga este fim de semana a edição de junho do “Prêmio melhor oferta” elaborado em parceria coma pricez, portal especializado na comparação de preços de planos de serviço para o celular.

 

O destaque do mês foi à liderança da Claro como operadora que oferece o melhor preço para clientes de médio consumo. Confira o resultado e faça o download do estudo (mais detalhes).

 

Vivo atingiu sua meta de cobertura 3G passando a atender a 2.832 municípios. É hora das outras operadoras começarem a se mexer.
A produção de telefones celulares continuou caindo em maio (-37,1%) em comparação com o mesmo período de 2011. A produção já havia caído 20,3% em abril e 19,8% no 1T12. A queda nas exportações e importações de telefones celulares no 1º semestre foi de cerca de 50%

 

TV por Assinatura

 

O processo de outorgas das novas autorizações de SeAC começa a andar.

 

A Anatel já publicou 52 atos de adaptação de serviços de TV por Assinatura para o Serviço de Acesso Condicionado (SeAC), sendo 37 de empresas de MMDS, 14 de TV a cabo e a Sky (DTH).

 

Segundo a Telesíntese a NET recebeu autorização para iniciar a oferta de TV a cabo em mais 57 municípios, que totalizam 23 milhões de habitantes.

 


A Embratel desistiu da oferta pública de aquisição de ações para cancelamento de registro de companhia aberta da NET.

 

 

Eduardo Tude

Presidente e sócio da empresa de consultoria Teleco, atua desde 2002 como analista do mercado de Telecom, coordenando projetos de consultoria, publicando artigos semanais, preparando relatórios setoriais e apresentando workshops.

Engenheiro de Telecom (IME 78) e Mestre em Telecom (INPE 81) é membro da Comissão julgadora do Global Mobile Awards do Mobile World Congress em Barcelona e atuou como professor especialista visitante da Unicamp (2013).

Ocupou várias posições de Direção em empresas de Telecom em áreas como Sistemas Celulares (Ericsson), Redes Ópticas (Pegasus Telecom) e Satélites (INPE).

Histórico

2017

2016

2015

2014

2013

2012

2011

2010

2009

2008

2007

2006

Produtos Teleco

CONSULTORIA TELECO

Inteligência em Telecom

Estudos e Base de Dados

Relatórios

Celular Brasil 2016

Telecom e Capex

Venda de Planilhas

Dados históricos do Mercado Brasileiro

Workshops

Market Update

04 de Abril

Regulamentação de Telecom

Mais Produtos