27
8/2011

Comentários
0

TIM, TV por Assinatura, Satélite, CPqD, Modelo de Custos e Steve Jobs

Eduardo Tude

O principal destaque da semana foi a divulgação dos resultados do crescimento do celular em Julho com a TIM ultrapassando a Claro e assumindo a 2ª colocação em market share de celulares no Brasil.

 

 
A TV por assinatura atingiu 11,3 milhões de acessos em Jul/11 com o DTH liderando (5,8 milhões de acessos) apresentando adições líquidas de 145 mil acessos no mês contra 48 mil da TV a cabo.

 

Sete empresas (Eutelsat do Brasil, Hispamar Satélites, HNS Américas Comunicações, Intelsat Brasil, SES DTH do Brasil, Sky Brasil e Star One) entregaram proposta para licitação da Anatel do direito de exploração de quatro posições orbitais de satélites brasileiros.

 

O CPqD completou 35 anos e Anatel assinou contrato, no valor de US$ 8,22 milhões, com o consórcio Advisia, Analysis Mason e Grant Thornton, que terá dois anos para executar o Projeto Modelo de Custos, que subsidiará a fixação das tarifas de uso de rede da telefonia fixa e à apuração dos valores de referência do VU-M (Valor de Remuneração de Uso de Rede do Serviço Móvel Pessoal) e de EILD (Exploração Industrial de Linhas Dedicadas) das prestadoras de serviços de telecomunicações.

 


No plano Internacional o destaque foi para o afastamento por motivos de saúde de Steve Jobs da direção da Apple ficando sua atuação restrita ao Conselho.

 

 

23
8/2011

Comentários
47

TIM lidera o crescimento do celular em julho e ultrapassa a Claro

Eduardo Tude

A TIM liderou o crescimento do celular em Julho com adições líquidas de 1.287 mil celulares, seguida pela Vivo (1.017 mil), Claro (668 mil) e a Oi (28 mil).

 


Com este resultado a TIM superou a Claro com uma vantagem de 609 mil celulares com 25,78% de market share (56.812 mil celulares).

 

 

20
8/2011

Comentários
0

Destaques da Semana: PLC 116, Oi, MVNO e Google

Eduardo Tude

O destaque da semana foi a aprovação do PLC 116 pelo Senado estabelecendo um novo marco regulatório para a TV por Assinatura no Brasil. Após 5 anos de tramitação no Congresso o projeto vai agora para sanção presidencial. A Anatel poderá agora concluir a regulamentação do serviço e esperasse novas outorgas no início de 2012, o que deve acelerar os investimentos das operadoras em redes banda larga de alta velocidade para a oferta de pacotes com banda larga, TV por assinatura e telefonia.

 

A Oi divulgou os seus resultados para o 2T11. A operadora, que vive um momento de reorganização com a troca do presidente e a entrada da Portugal Telecom, apresentou queda de market share e de receita, mas obteve lucro de R$ 354 milhões no trimestre.

 


A Oi anunciou a compra da Vex, que possui uma extensa rede WiFi, por R$ 27 milhões.

 


A Anatel concedeu as duas primeiras autorizações de MVNO para a Sermatel Comércio e Serviços de Telecomunicações Ltda e Porto Seguro Telecomunicações S/A.

 


No cenário internacional a grande notícia foi a compra da Motorola pelo Google. Veja o post deste blog que analisa quem ganha e quem perde com esta aquisição.

 

 

16
8/2011

Comentários
3

O Senado aprova o PLC 116 que muda a lei do Cabo

Eduardo Tude

Finalmente aconteceu o que se esperava há mais de 5 anos.

 


Começa uma nova fase para a TV por assinatura no Brasil.

 

 

15
8/2011

Comentários
2

Quem ganha e quem perde com a compra da Motorola pelo Google

Eduardo Tude

A Google anunciou a aquisição da divisão de dispositivos móveis da Motorola por US$ 12,5 bilhões . Quem ganha e quem perde com esta aquisição?

 


A Motorola ganha. Estava querendo vender esta divisão a mais de 2 anos. Suas ações tiveram uma valorização de mais de 50% na bolsa.

 


O Google ganha. Passa a dominar também o hardware dos smartphones e tablets podem competir de igual para igual coma a Apple.

 


O Android perde a neutralidade em relação aos fabricantes de HW, por mais que o Google tente convencer do contrário.

 


Perde a Samsung e outros fabricantes que apostaram fortemente no Android.

 


Ganha a Microsoft que se fortalece como alternativa de sistema operacional móvel que não pertence a um fornecedor de HW.

 

 

13
8/2011

Comentários
0

Destaques da semana: ABTA, Qualcomm, GVT , Telebrás na Copa e Celular em Julho

Eduardo Tude

O congresso anual da Associação Brasileira de TV por Assinatura (ABTA) foi um dos destaques da semana, além da discussão do novo cenário com a aprovação do PLC 116, prevista para este mês (Será?), TV 3D, HD TV, TV pela Internet, TV On Demand, Netflix e Smart TV foram alguns dos temas quentes do evento.

 

Na sexta, a Qualcomm realizou o Q partner Forum onde foi possível ter um panorama dos telefones celulares da Samsung, Sony Ericsson, Huawei, ZTE e outros fornecedores que utilizam os chipsets e outros produtos da Qualcomm.

 

A GVT fez um acordo com o CONFAZ para resolver sua disputa em relação ao pagamento de ICMS no serviço de banda larga. Pagará a diferença sobre os impostos arrecadados no período de 2008 a 2010 sem juros e multa e com um desconto de 40% e comprometeu-se a fazer o pagamento integral do ICMS estabelecido por cada estado a partir de janeiro de 2011.

 

O ministro das Comunicações, Paulo Bernardo, afirmou que a Telebras irá construir a rede de banda larga em todas as cidades-sede e cidades que receberão os atletas da Copa do Mundo conforme compromissos assumidos pelo Governo e independentemente do acordo firmado pela FIFA com a Oi. Será que o Governo Brasileiro precisa fazer este investimento, ou isto não poderia ficar por conta das operadoras?


 A Anatel abriu a consulta pública sobre o Regulamento do SCM e sobre a Qualidade na banda larga fixa

 

 

Dados preliminares das Anatel mostram que o mercado continua aquecido com adições líquidas de 3,0 milhões de celulares, novo recorde para o mês. As adições líquidas no acumulado dos últimos 12 meses somam 33,3 milhões de celulares. Mais uma vez, o pós-pago cresceu (1,9%) mais que o pré-pago (1,3%),

 

Na próxima terça teremos os resultados do 2T11 da Oi e saberemos quem liderou o crescimento do celular em julho.

 

 

5
8/2011

Comentários
11

TIM, SCM e produção de telefones celulares foram os destaques da semana.

Eduardo Tude

O destaque da semana foi à divulgação dos resultados do 2T11 da TIM e da CTBC. Falta a Oi divulgar os seus resultados, o que deve ocorrer dia 15/08, para termos um quadro completo do desempenho do setor no 2T11. As workshops do Teleco analisarão estes resultados nos dias 17 e 18 de agosto.

 


A Oi apresentou esta semana a proposta de relação de troca para incorporação das ações da Brasil Telecom por papéis da Telemar visando a reorganização societária.

 



Este processo está também praticamente concluído entre as operadoras dos Estados Unidos e da Europa.

 


A Anatel aprovou hoje a realização de consulta pública do regulamento Serviço e de Comunicação Multimídia e proposta que estabelece padrões mínimos de qualidade para prestadoras de SCM com mais de 50 mil assinantes.

 


A produção de telefones celulares no Brasil apresentou crescimento de 12,8% em Jun/2011 com relação ao mesmo período do ano anterior.

 

 

3
8/2011

Comentários
9

TIM divulga resultados 2T11 e promete banda larga fixa de alta velocidade para 2012

Eduardo Tude

A TIM divulgou hoje os resultados para o 2T11 e que estão em linha com os resultados anteriores. A linha liderou o crescimento do celular no trimestre e terminou empatada em market share com a Claro.

 


Na oportunidade foi realizada a cerimônia de entrada novo mercado da BOVESPA. A TIM não tem mais ações preferenciais. Todas as ações tem direito a voto o que passa a exigir um nível mais transparente de governança para a empresa.

 



A TIM detalhou um pouco mais os seus planos para a rede da AES nos DDDs 11 e 21 adquirida recentemente. A operadora pretende oferecer banda larga fixa residencial de alta velocidade (> 10 mbps) em 2012 nas áreas metropolitanas do Tio e São Paulo

 

 

2
8/2011

Comentários
27

O plano da Vivo de 5 centavos por minuto

Eduardo Tude

A Vivo resolveu entrar na briga para manter o seu market share no segmento pré-pago. Mantidas as tendências atuais e corre o risco de ser ultrapassada pela TIM neste segmento até o final do ano.

 


A Vivo lançou o plano Vivo Sempre com um preço por minuto de R$ 0,05 para chamadas locais e de longa distância entre celulares da Vivo (R$ 0,10 para telefones fixos). A taxa de adesão é de R$ 6,90 e esta atrelada a compra de recarga com prazo de duração de 15 dias (R$ 12), 25 dias (R$ 18) ou 30 dias (R$ 25).

 


A Vivo argumenta que o seu plano é melhor que o da TIM e da Claro de R$ 0,25 por chamada, pois cada chamada tem um duração média de 2 a 3 minutos, saindo mais barata no plano da Vivo.

 

Qual será a reação do mercado? E das demais operadoras?


 

 

Eduardo Tude

Presidente e sócio da empresa de consultoria Teleco, atua desde 2002 como analista do mercado de Telecom, coordenando projetos de consultoria, publicando artigos semanais, preparando relatórios setoriais e apresentando workshops.

Engenheiro de Telecom (IME 78) e Mestre em Telecom (INPE 81) é membro da Comissão julgadora do Global Mobile Awards do Mobile World Congress em Barcelona e atuou como professor especialista visitante da Unicamp (2013).

Ocupou várias posições de Direção em empresas de Telecom em áreas como Sistemas Celulares (Ericsson), Redes Ópticas (Pegasus Telecom) e Satélites (INPE).

Histórico

2017

2016

2015

2014

2013

2012

2011

2010

2009

2008

2007

2006

Produtos Teleco

CONSULTORIA TELECO

Inteligência em Telecom

Estudos e Base de Dados

Relatórios

Celular Brasil 2016

Telecom e Capex

Venda de Planilhas

Dados históricos do Mercado Brasileiro

Workshops

Market Update

28 de Março

Regulamentação de Telecom

Mais Produtos