30
8/2015

Comentários
0

Celular e TV por Assinatura em julho, Nextel e outros destaques

Eduardo Tude

Celular em Jul/15


O pré-pago voltou a apresentar forte redução (-1,4 milhões) em sua base. A Claro apresentou adições líquidas positivas (155 mil), mas TIM (-719 mil), Vivo (-717 mil) e Oi (-169 mil) apresentaram redução em sua base de pré-pago em jul/15.


A Vivo liderou em adições líquidas de pós-pago (261 mil), seguida pela TIM (143 mil), Nextel (42 mil), Claro (13 mil) e Oi (-10 mil).


O Brasil terminou julho com 14,7 milhões de celulares 4G. Das adições líquidas de 1,5 milhões em julho, 509 mil foram da Vivo, 345 mil da Claro, 282 mil da Oi , 273 mil da TIM e 78 mil da Nextel.


TV por assinatura em Jul/15


A TV por assinatura apresentou adições líquidas de apenas 32 mil acessos em julho assim distribuídas: Cabo (+ 32 mil), DTH (-6 mil) e FTTH (+ 6 mil).


Sky e Vivo/GVT lideram o crescimento com adições líquidas de 16 mil acessos cada.


Nextel


Francisco Valim assume a presidência da Nextel Brasil em substituição a Gokul Hemmady, que desempenhava a função desde 2013.


Os usuários da Nextel já podem utilizar o Código de Seleção da Prestadora (CSP 99) para chamadas de longa distância.


A Nextel pretende participar do leilão de venda de sobras frequências previsto para 20 de outubro deste ano, adquirindo frequências de 1,8 GHz do interior do estado de São Paulo.


Outros destaques


O PIB de serviços de informação apresentou queda de 1,3% no 2T15 na comparação com o 1T15. O PIB Brasil apresentou queda de 1,9% neste período.


O valor de mercado das principais empresas de Telecom do Brasil em julho era: Telefônica (R$ 72,6 bilhões), TIM (22,7 bilhões) e Oi (R$ 4,2 bilhões).


A Telefônica/Vivo estaria interessada em adquirir a Sky Brasil. A empresa deve demitir em setembro cerca de 800 pessoas em cargos duplicados devido à fusão com a GVT.


A TIM selecionou Ericsson, Huawei e Nokia como fornecedores para seu plano de investimento trienal (2015-2017) no montante de cerca de R$ 2 bilhões.


A TIM decidiu fazer gratuitamente a troca do chip 3G para 4G para seus usuários.


A Padtec apresentou no primeiro semestre de 2015 prejuízo de R$ 44 milhões e queda de 3% na receita líquida.


MVNO. Será realizada em 8 de outubro a licitação para os Correios escolher a operadora de celular da qual seu MVNO será credenciada.


A Anatel confirmou que as operadoras que adquiriram as frequências de 2,5 GHz para 4G terão de indenizar as empresas de MMDS que precisaram ser remanejadas ou substituir a tecnologia usada. O valor total é de R$ 314 milhões.


WiFi: 1.457 cidades têm acesso grátis por WiFi segundo pesquisa do IBGE.


Painel Telebrasil. Acontece esta semana em Brasília o 59º Painel Telebrasil.



 

 

23
8/2015

Comentários
0

Investimentos e vendas de smartphones/PCs no 1º semestre

Eduardo Tude

Investimentos (Capex) no Brasil em 2015


As operadoras brasileiras investiram R$ 12,0 bilhões no 1º Semestre de 2015, com queda de 2,1% em relação a igual período de 2014.
Os investimentos da TIM cresceram 27,2% e os da Vivo/GVT 7,5% no período.


A Telefônica anunciou investimentos de R$ 25 bi para o Brasil nos próximos três anos (2015-2017) , sendo R$ 8,4 bilhões em 2015.


Estas e outras informações encontram-se disponíveis no relatório Teleco Capex no Brasil em 2015, que estará disponível para venda a partir desta semana.



Vendas de Smartphones e PCs em queda


Segundo a Abinee/IDC, as vendas de telefones celulares apresentaram queda de 30% no 2T15 e de 17% no acumulado do 1º semestre do ano, sempre em comparação com igual período do ano anterior.


As vendas de smartphones, que representaram 93,4% dos telefones celulares vendidos no 2T15, também apresentaram queda de 13% no 2T15.


Processo semelhante ocorreu com os PCs. As vendas de Desktops, notebooks e tablets apresentaram queda de 37% no 2T15, 28% no acumulado do 1º semestre do ano. Fonte: Abinee/IDC.


Já o faturamento do comércio eletrônico brasileiro cresceu 16% no primeiro semestre de 2015, segundo a E-bit.



Anatel


A Consulta pública do edital para licitação de frequências nas fixas de 1,8 GHz, 1,9 GHz, 2,5 GHz e de 3,5GHz fica aberta até 2 de setembro.


Aníbal Diniz, ex-senador pelo PT do Acre e Otávio Luiz Rodrigues Junior, ex-Consultor Jurídico do Ministério das Comunicações, foram indicados para conselheiros da Anatel nas vagas de Jarbas Valente e Marcelo Bechara.


A Anatel autorizou a satélite Eutelsat 8 West B lançado esta semana a operar como satélite estrangeiro na posição orbital 8º W. O Eutelsat 8 West A que ocupava esta posição será movido para a posição orbital 12,5º W.


Outros destaques


O Senado aprovou o aumento da contribuição previdenciária de 2% para 4,5% no faturamento do setor de TI.


Segundo a Opensignal, a Claro foi a operadora com maior velocidade de 4G no Brasil no 2T15 (17,8 Mbps). A Vivo vem em segundo com mais de 15 Mbps.


Tiveram grande repercussão na imprensa as declarações do ministro de Comunicações de que é necessário regulamentar aplicativos como WhatsApp, Skype, Netflix e YouTube.


Esta semana acontece em São Paulo o congresso da SET ( Sociedade Brasileira de Engenharia de Televisão)


A Teleco realiza na quinta-feira dia 27 Webinar sobre 5G, em parceira com a Telesemana.

 

 

16
8/2015

Comentários
0

Pré-pago jul/15, Resultados 2T15: Grupos, Oi, Sky, Contax e Atento

Eduardo Tude

Pré-pago continua em queda em julho de 2015


Dados preliminares da Anatel indicam que a base de pré-pago continua encolhendo.


As adições líquidas de -1,5 milhões em julho mostram perdas em todas as regiões:

  • -626 mil na região I
  • -408 mil na região II
  • -411 mil na região III (São Paulo)


O abandono do 2º “chip” por parte dos usuários tem sido apontado como a principal causa para esta queda.


Resultados 2T15: Oi


A receita líquida da Oi apresentou queda de 5,2%, sendo que a receita no Brasil caiu 5,5% e a em outros países cresceu 4,7%. (Comparação do 2T15 com o 2T14).


Após a venda dos ativos da Portugal Telecom, ainda restaram para Oi operações internacionais (África e Timor Leste) que tiveram uma receita de R$ 229 milhões no 2T15, correspondentes a 3,4% da receita líquida total da Oi.


A receita da Oi no Brasil apresentou queda em todos os segmentos, na comparação do 2t15 com o 2T14:

  • -2,3% no residencial
  • -9,5% em mobilidade pessoal
  • -4,5% no Empresarial/Corporativo
  • -14,6% em outros (inclui TUP)


A empresa reduziu seus custos e despesas operacionais em 10,5%, sempre na comparação do 2T15 com o 2T14. As maiores reduções foram em custo de aparelhos (-79,4%) e publicidade (-50,1%).


Estes cortes ajudaram a melhorar a rentabilidade da empresa. A margem EBITDA de rotina cresceu de 23,7% no 2T14 para 27,7% no 2T15. Resta saber até quando esta estratégia que combina aumento da rentabilidade com redução de receita será sustentável.


A dívida líquida da Oi de R$ 34,6 bilhões correspondia a 4,6 vezes o EBITDA de rotina do 2T15.


Resultados 2T15: Sky


A receita líquida da Sky no 2T15 cresceu 8,9% na comparação com o 2T14, mas apresentou queda de 5,1% em relação ao 1T15.


A margem EBITDA, que era de 28,6% no 2T14, caiu para 26,4% no 2T15.


Grupos no 2T15


A Vivo/GVT é o maior grupo de telecom do Brasil com receita líquida de R$ 10,4 bilhões no 2T15, seguida pela América Móvil (R$ 9,1 bilhões), Oi (R$ 6,6 bilhões) e TIM (R$ 4,4 bilhões).

 
A Vivo/GVT lidera em celulares, a Oi em telefones fixos e a Embratel/Net em banda larga fixa e TV por Assinatura.


Resultados 2T15: Contax e Atento


Na comparação do 2T15 com o 2T14 da receita líquida da:

  • Contax caiu 5,8%. No Brasil a queda foi de 11,1%.
  • Atento no Brasil cresceu 14,3%.

 


Outros destaques



Licitação. A Anatel irá colocar em consulta pública o edital de venda das faixas de 1,8 GHz, 1,9 GHz, 2,5 GHz e de 3,5GHz.

 
REPNBL. Algar Telecom, Nextel e Oi tiveram projetos aprovados pelo MiniCom par isenção de impostos na construção de redes no REPNBL.


Semicondutores. Programa de Apoio ao Desenvolvimento Tecnológico da Indústria de Semicondutores – PADIS teve a sua continuidade vetada pela Presidência da Republica.


Provedores. O Cetic publicou o estudo TIC Provedores 2014 com indicadores dos provedores de internet no Brasil.


2G. A operadora australiana Optus pretende desligar sua rede GSM em abril de 2017.


O Google reorganizou vários de seus negócios em uma nova em presa holding denominada Alphabet.

 

 

9
8/2015

Comentários
0

Resultados 2T15: TIM, Algar, Nextel, Banda Larga Fixa e TV por Assinatura

Eduardo Tude

Resultados 2T15: TIM


A receita bruta total da TIM Brasil apresentou queda de 2,7% no 2º trimestre de 2015 (2T15), quando comparada ao trimestre anterior. A queda ocorreu principalmente na receita de voz móvel (-7,6%), que representa 54% da receita da operadora.


A margem EBITDA caiu de 29,5% no 1T15 para 29,2% no 2T15.


A Telecom Itália perdeu rentabilidade em sua operação na Itália, com a margem EBITDA caindo de 44,3% no 1T15 para 33,0% no 2T15.


Resultados 2T15: Nextel


A Nextel Brasil continua a sua transição para o SMP. Os celulares 3G/4G totalizaram 2,3 milhões, superando os rádios (2,2 milhões) de tecnologia iDEN no 2T15.


A receita líquida apresentou queda de 11,8% no 2T15 na comparação com o trimestre anterior e o EBITDA foi negativo (R$ -79 milhões).


Na Argentina, onde a NII possui outra operação, a queda na receita foi de 8,2% quando comparada ao trimestre anterior.


Resultados 2T15: Algar


A receita da Algar Telecom apresentou crescimento de 3,1% no 2T15, quando comparada ao trimestre anterior.


A receita de celular cresceu 8,5% e a de telefonia/ banda larga fixa 2,2%. A receita de TV por assinatura apresentou queda de 3,3%.


Sua margem EBITDA se manteve em 33,0%.


Banda Larga Fixa no 2T15


A Embratel/Net liderou o crescimento da banda larga fixa no 2T15 com adições líquidas de 145 mil acessos, seguida pela Vivo/GVT (121 mil), Sky (41 mil) e TIM (15 mil). A Oi apresentou adições líquidas negativas (-43 mil).


As adições líquidas no 2T15 (414 mil) foram próximas das do 2T14 (429 mil).


TV por Assinatura no 2T15


A TV por assinatura apresentou adições líquidas negativas no 2T15 (-157) devido a perda líquida de 207 mil assinantes da TV por satélite (DTH).


A Vivo/GVT liderou o crescimento com adições líquidas de 76 mil acessos, mas a Embratel/Net (-108 mil), Sky (-30 mil) e Oi (-48 mil) apresentaram redução na sua base.


Pesquisa da ABTA indica que o Brasil possui 4,5 milhões de usuários clandestinos de TV por Assinatura.


Nos Estados Unidos a TV por Assinatura perdeu 300 mil assinantes no trimestre (cord-cutting).


Outros destaques


A Opera Software adquiriu a brasileira Bemobi, criadora da plataforma de clube de aplicativos e que tem como CEO Pedro Ripper.


O cadastro de celulares roubados da Anatel computou 5,5 milhões de aparelhos em 15 anos.


A Anatel publicou a norma que estabelece as regras para a comprovação de produtos e serviços com tecnologia nacional na rede 4G por parte das operadoras.

 

 

2
8/2015

Comentários
0

Resultados Vivo/GVT, Telefônica, Vivendi, Internet, TV por Assinatura, Anatel ...

Eduardo Tude

Resultados 2T15: Vivo/GVT


A Vivo/GVT apresentou o seguinte crescimento da receita líquida na comparação do 2T15 com o 2T14:

  • +5,4% na receita total.
  • +7,0%% na receita móvel, sendo 5,7% na receita de serviços e -30,4% na de aparelhos.
  • -2,1% na receita de telefonia fixa.
  • +5,6% na receita de banda larga fixa.
  • +30,4% na receita de TV por Assinatura.


O desempenho não foi tão bom, no entanto, na comparação com o trimestre anterior, com um crescimento de 0,6% da receita total.


A Vivo continua sua transição para se tornar uma operadora de dados. A receita de dados móvel representou 46,1% de sua receita de serviços no 2T15, com os smartphones representando 43,3% de sua base de celulares.


No 2T15, a margem EBITDA foi de 30,0% e o lucro líquido de R$ 933 milhões.


Resultados 2T15: Telefônica no mundo


A receita global da Telefonica cresceu +12,5% em euros (3,9% orgânico) na comparação do 2T15 com o 2T14.


A América Latina (sem Brasil) respondeu por 31,2% da receita da Telefônica no 1º semestre de 2015, a Espanha por 25,0%, o Brasil por 24,5% e a Alemanha por 16,4%.


No 2T15, a margem EBITDA do Grupo foi de 31,2%, o lucro de 1,9 bilhões de euros e o Capex de 3,4 bilhões de euros.


Vivendi vende suas ações na Telefônica Brasil


A Vivendi se desfez da participação de 7,5% que ainda lhe restava na Telefônica Brasil como parte da venda da GVT:

  • 3,5% das ações preferenciais Telefônica Brasil foram trocadas por 0,95% das ações ordinárias da Telefónica.
  • 4,0%, correspondentes a 67,9 milhões de ações preferenciais da Telefônica Brasil foram vendidas na bolsa de Nova York por aproximadamente US$ 877,0 milhões.


Usuários de internet entre 9 e 17 anos


Pesquisa TIC Kids do CETIC com usuários de internet entre 9 e 17 anos mostrou a seguinte evolução nos hábitos de acesso a Internet na comparação de 2013 para 2014:

  • Cresceu de 63% para 81% o percentual dos que acessam a internet diariamente.
  • O percentual dos que acessam pelo celular cresceu de 53% para 82% e de 16% para 32% pelo tablet.
  • No PC (Desktop)este percentual caiu de 71% para 56% e no notebook de 41% para 36%.
  • 36% dos usuários de internet nessa faixa etária tiveram o primeiro acesso a internet com uma idade de até 9 anos.


De acordo com a TIC Domicílios 2013, 77% da população entre 10 e 17 anos era usuária de internet (20,5 milhões).


TV por Assinatura


O preço do pacote básico de TV por Assinatura no Brasil (US$ 19,49) colocou o país na 33ª colocação entre 49 países ( o 1º é o mais caro) segundo pesquisa realizada pela Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe) para a ABTA.


A Associação Brasileira de TV por Assinatura (ABTA) realiza esta semana o seu congresso anual.


Anatel


Decisões do conselho diretor da Anatel esta semana:

  • Aprovou o regulamento de compromisso de aquisição de equipamentos nacionais.
  • Decidiu que a Anatel deve avaliar qual a parcela dos ativos usados pelas concessionárias de telecomunicações é de terceiros.
  • Concedeu anuência prévia para a reorganização societária da Oi com a incorporação da Telemar Participações pela Oi.
  • Aprovou a reorganização societária da NII Holding, controladora da Nextel no Brasil com a ressalva de que houve mudança do controle com os sócios anteriores sendo substituídos pelos credores. O fundo Capital Research Management Company possui hoje 37,5% das ações da NII.



Outros destaques


Balança Comercial. As exportações do setor de telecomunicações apresentaram queda de 12,5% no 1º semestre de 2015 e as importações de 25,4%. O Saldo negativo foi de US$ 973 milhões. (Abinee).


A Telebrás investiu até o terceiro bimestre deste ano R$ 240,2 milhões, conforme relatório do Ministério do Planejamento. (Telesíntese).


A Sky iniciou a oferta de seu serviço de acesso banda larga fixa 4G em Paranaguá, no Paraná


A Xiaomi conseguiu a aprovação do MiniCom para vender seus smartphones que venham a ser produzidos no Brasil com isenção do PIS/Pasep e Cofins,


Resultados 2T15 no mundo


Na comparação do 2T15 com o 2T14, a receita líquida cresceu:

  • +61,0% no Twitter,
  • + 28,9% no Facebook
  • +6,0% Nokia
  • +1,0% France Telecom
  • -7,3% Samsung



 

 

Eduardo Tude

Presidente e sócio da empresa de consultoria Teleco, atua desde 2002 como analista do mercado de Telecom, coordenando projetos de consultoria, publicando artigos semanais, preparando relatórios setoriais e apresentando workshops.

Engenheiro de Telecom (IME 78) e Mestre em Telecom (INPE 81) é membro da Comissão julgadora do Global Mobile Awards do Mobile World Congress em Barcelona e atuou como professor especialista visitante da Unicamp (2013).

Ocupou várias posições de Direção em empresas de Telecom em áreas como Sistemas Celulares (Ericsson), Redes Ópticas (Pegasus Telecom) e Satélites (INPE).

Histórico

2017

2016

2015

2014

2013

2012

2011

2010

2009

2008

2007

2006

Produtos Teleco

CONSULTORIA TELECO

Inteligência em Telecom

Estudos e Base de Dados

Relatórios

Celular Brasil 2016

Telecom e Capex

Venda de Planilhas

Dados históricos do Mercado Brasileiro

Workshops

Market Update 2017

04 de Abril

Regulamentação de Telecom

Mais Produtos