Seção: Comentários Teleco

Atualizado em 12/08/05


As operadoras de Telefonia Fixa estão perdendo receita com o VOIP na Internet?

 

A partir do 2º semestre de 2004 começaram a surgir no Brasil várias opções de prestadores de serviço de VOIP via Internet. Em agosto de 2005 existiam 27 (Consulte a relação em VOIP). Estas empresas oferecem a possibilidade do usuário realizar, via internet, chamadas para telefones fixos e celulares em todo o mundo. O pagamento das chamadas é feito através de créditos adquiridos via internet pelo usuário.

 

Embora não se disponha de dados de tráfego e receita destas prestadoras já é possível observar o efeito que o aumento da competição na Longa Distância Internacional (LDI) está provocando na receita líquida por minutos das chamadas internacionais da Embratel.

 

 

A receita líquida de LDI da Embratel foi R$ 769 milhões em 2004 com queda de 10% em relação a 2003, apesar de um crescimento de 3% no nº de minutos que foi de 1,7 Bilhões em 2004.

 

A Embratel é a maior operadora de LDI do Brasil. Segundo dados da Anatel, em 2003 a Intelig era a segunda com 21,3% do tráfego em minutos. Em 2004 as concessionárias de telefonia local (Telemar, Brasil Telecom e Telefonica) tiveram uma receita bruta de 254 milhões de LDI e um tráfego de 200 milhões de minutos.

 

Na Longa Distância Nacional (LDN), a receita líquida da Embratel em 2004 foi R$ 4.013 milhões tendo se mantido estável, apesar da perda de market share. Embratel e as concessionárias de telefonia local, que juntas representam mais de 90% do tráfego de LDN, apresentaram uma redução de 9,2% no tráfego de LDN em 2004 como apresentado na tabela a seguir:

 

Longa Distância Nacional

Bilhões de Minutos

 

Market

Share

2004
2003

Cresc.

2004

Embratel
33,5%
12,4
14,6
-14,9%
Telefonica
25,7%
9,5
10,1
-5,9%
Telemar
23,8%
8,8
9,4
-6,4%
Brasil Telecom
19,09%
6,2
6,6
-5,9%
Total
100%
36,9
40,7
-9,2%

 

Apesar da queda de tráfego, Telemar, Brasil Telecom e Telefonica tiveram em 2004 uma receita bruta de R$ 7.630 milhões em LDN apresentando um crescimento de 23,4% em relação a 2003. Este aumento da receita pode ser explicado pelo aumento das tarifas e por uma mudança do perfil de tráfego. As perdas de minutos devido a fatores como a redução do número de áreas locais, foram compensadas em receita por um maior número de chamadas mais caras.

 

As grandes empresas utilizam há muito tempo soluções para o tráfego de voz através de suas redes de dados corporativas, reduzindo desta forma o custo de comunicação de longa distância. As prestadoras de VOIP estão possibilitando que usuários residenciais e de pequenas empresas também tenham acesso a estas soluções.

 

Desta forma, é possível concluir que as operadoras de telefonia fixa estão começando a perder receita devido à existência das prestadoras de serviço de VOIP, seja pela redução do preço dos minutos, ou seja pela perda de tráfego.

 

Diante deste quadro, pergunta-se:

  • O tráfego de LDI está crescendo no país? Quem está captando este crescimento? Telemar, BrT e Telefônica conseguirão conquistar parte importante deste mercado?
  • É possível esperar uma queda do preço do minuto também na LDN ou a presença forte das concessionárias locais nos seus respectivos mercados serve para amortecer a queda de preços?
  • O reduzido número de assinantes Banda larga no país é um limitante para o aumento dos usuários de VOIP?
  • Como o crescimento do celular afeta este quadro?

 

 

Comentário de Jose Roberto de Souza Pinto

 

A história da longa distancia e da solução VoIP

 

Concessão de Longa Distância, é um caso típico de miopia ( perda de visão a médio prazo ), se considerarmos a vasta gama de soluções VoIP, existente nos dias de hoje.

As perdas de trafego das Concessionárias já acontecem a bastante tempo com esta solução VoIP, associada ao by-pass das redes de Longa Distância. A intensidade da perda só está acelereda, em função da melhor qualidade e divulgação dos serviços de VoIP, e o natural crescimento dos provedores destes serviços.

O crescimento do celular não é o grande vilão, pois a base de clientes cresce com os serviços pre-pagos, que não são os grandes usuários de chamadas de Longa Distância.

Quanto ao insignificante crescimento da Banda Larga, este sim, é um entrave ao desenvolvimento do VoIP, terminal computador falando com outro atraves de provedores de Internet. Entretanto, grande parte do crescimento atual de chamadas de Longa Distância, está sendo realizado atraves da re-originação destas chamadas, transformando-as em locais no pontos de destino. 

Acredito que em futuro não tão distante, os historiadores, vão falar da existência de um serviço de Telefonia de Longa Distância, assim como foi o Telex.

Jose Roberto de Souza Pinto é Consultor em Telecomunicações -

josersp@terra.com.br

 

 

Comente!

Para enviar sua opinião para publicação como comentário a esta matéria para nosso site, clique aqui!

 

Nota: As informações expressadas nos artigos publicados nesta seção são de responsabilidade exclusiva do autor.

 

 

Loading
CONSULTORIA TELECO

Inteligência em Telecom

Estudos e Base de Dados

Relatórios

Celular Brasil 2016

Telecom e Capex

Venda de Planilhas

Dados históricos do Mercado Brasileiro

Workshops

Internet das Coisas
27 de Junho

Market Update

Regulamentação

Mais Produtos

 
 

EVENTOS

Workshop de Internet das Coisas

Organizador: Teleco
27 de junho

Mais Eventos

LIVROS

 




 

 


Siga o Teleco

linkedin

 

...