Seção: Comentários Teleco

 


Oportunidades na Banda E

Atualizado em: 30/11/2003

 

Termina este mês (12/12/2003) o prazo para as operadoras que adquiriram as sobras das licenças das Bandas D e E tenham os seus sistemas em operação em 50% das capitais e dos municípios com mais de 500.000 habitantes nas suas áreas de atendimento.

 

Com a entrada em operação da Claro no Paraná e Santa Catarina passará a existir operação na Banda D em todo o Brasil, con excessão dos municípios de Pelotas, Morro Redondo, Capão de Leão e Turuçu no RGS.

 

A situação da Banda E apresentada no mapa a seguir é mais complexa.

 

 

TIM

Está em operação na Região Norte, Rio de Janeiro e Espírito Santo.

Claro Deve entrar em operação na Bahia e Sergipe dentro do prazo mas, com a compra da BCP, terá que devolver sua licença para São Paulo Metro.
Vésper Não está implantando sua rede e provavelmente devolverá as licenças.
Brasil Telecom Deverá colocar um sistema inicial no ar para cumprir a regulamentação. Pode ser obrigada a devolver suas licenças se a TIM voltar ao grupo de controle da Operadora.

 

Portanto, estarão vagas em 2004 as licenças para a Banda E em São Paulo (Metro e Interior), Minas Gerais e o Nordeste.

 

A Vivo, com tecnologia CDMA não padronizada para esta Banda, e a TIM, que já tem cobertura nacional não estariam entre os interessados.

 

Já a Claro, poderia se interessar pela licença de Minas Gerais, única área com licença disponível, onde não tem cobertura. (A Claro não possui licença na Região Norte)

 

A Oi é sempre uma possível candidata para as licenças de São Paulo.

 

A evolução deste cenário está ligada a como o Opportunity irá resolver sua disputa com a TIM na Brasil Telecom e com os Fundos de Investimento pelo controle da Amazônia e Telemig Celular. São possíveis vários cenários sendo as situações extremas as seguintes:

  • A TIM permanece fora da Brasil Telecom e o Opportunity mantém o controle da Amazônia e Telemig Celular. Consolida-se um novo player na Telefonia Celular que pode vir a adquirir as licenças da Banda E em São Paulo e no Nordeste.
  • A Brasil Telecom devolve suas licenças da Banda E e aumenta a possibilidade de Amazônia e Telemig Celular serem adquiridas pela Claro e pela Vivo.

Nestes cenários existe ainda espaço para entrada de um novo "player" internacional a partir das licenças disponíveis ou em associação aos "players" nacionais. Novos entrantes podem, por exemplo, associar-se com CTBC ou Sercomtel para adquirir as licenças de São Paulo e Minas.

 

Resta avaliar as possibilidades de um quarto competidor neste mercado entrando em operação muito depois dos demais.

 

 

Comente!

Para enviar sua opinião para publicação como comentário a esta matéria para nosso site, clique aqui!

 

Nota: As informações expressadas nos artigos publicados nesta seção são de responsabilidade exclusiva do autor.

 

 

Loading
CONSULTORIA TELECO

Inteligência em Telecom

Estudos e Base de Dados

Relatórios

Celular Brasil 2016

Telecom e Capex

Venda de Planilhas

Dados históricos do Mercado Brasileiro

Workshops

Market Update

04 de Abril

Regulamentação de Telecom

Mais Produtos

 
 

EVENTOS

Workshop Teleco Market Update 2016

Organizador: Teleco
4 de abril

IoT BRASIL SUMMIT 2017

Organizador: Telesemana/Teleco
5 de abril

Mais Eventos

LIVROS

 




 

 


Siga o Teleco

linkedin

 

...