Seção: Comentários Teleco

06/09/2008


A Claro vai passar a Tim em market share?

 

Mantidas as tendências dos três últimos meses (maio-julho), a Claro pode ultrapassar a Tim em market share (quantidade de celulares) ainda no 3º trimestre de 2008 (3T08).

 

 

 

 

A Claro estaria reassumindo a 2ª colocação em market share de celulares no Brasil, quatro anos depois de ter sido ultrapassada pela Tim.

 

 

 

 

Nota: Considera composição atual das operadoras

 

 

Em 2004, uma maior agressividade da Tim na implantação do GSM e na obtenção de cobertura nacional foram decisivas para que ela ultrapassasse a Claro.

 

Em Jan/08 o Teleco apontava os seguintes fatores como importantes para que a Claro ultrapassasse a Tim em 2008 (mais detalhes):

  • A entrada em operação da Claro na Região Norte do Brasil. (Ok em Jul/08)
  • Adições líquidas de celular no Brasil em 2008 superiores aos 20 milhões. Neste cenário, a Claro poderia diminuir mais rapidamente sua diferença em relação à Tim por ter um share maior de adições líquidas. (As adições líquidas no acumulado dos últimos 12 meses já somam 26,8 milhões de celulares).
  • Uma implantação mais acelerada da rede 3G da Claro. (A Claro está liderando a implantação da 3G já estando presente em 72 municípios)

Junte-se a estes fatores o fato que a Claro ultrapassou a Tim em quantidade de municípios cobertos e empatou em população atendida (87%). A Claro vem conseguindo melhorar o posicionamento da sua marca, está sendo mais agressiva nas promoções com aparelhos e pode ter o IPhone no Brasil antes que a Tim.

 

Para reverter esta tendência a Tim teria que aumentar a sua agressividade nas promoções para a aquisição de clientes, o que poderia implicar em um aumento do custo de aquisição de clientes (SAC) que foi de R$ 119 no 2T08.

 

Outra ação a ser tomada seria buscar a diminuição do churn. Se Tim e Claro repetirem no 3T08 o churn do 2T08 a Tim teria 259 mil cancelamentos a mais que a Claro no trimestre.

 

 

2T08
Tim
Claro
Pré-pago
79,8%
80,4%
ARPU (R$)
29,8
26,0
MOU
100
88
Churn mensal
2,8%
2,6%

 

Tim e Claro apresentam indicadores muito semelhantes. A vantagem em ARPU da Tim pode ser atribuída ao fato dela ter uma receita de longa distância (41), enquanto a Claro utiliza a Embratel (21).

 

 

Revenue share x market share

 

A Tim pode também, a exemplo do que tem afirmado a Telecom Itália em relação ao mercado italiano, estar focando mais em "revenue share" do que em "market share".

 

A 2ª colocação em revenue share da Tim (27,6%), atrás apenas da Vivo (32,8%), não deve ser ameaçada pela Claro (24,6%) em 2008 (mais detalhes).

 

A Tim apresentava no 2T08 uma vantagem de R$ 463 milhões em receita líquida em relação a Claro.

 

 

2T08 (R$ Milhões)
Tim
Claro
Receita Líquida
3.186
2.849
Receita Líquida de Serviços
2.971
2.507
Receita líquida da venda de aparelhos
215
342
Margem Ebitda
20,0%
22,8%

 

 

Como já foi dito, a vantagem da Tim se deve em parte à receita de longa distância que na Claro fica com a Embratel. A receita bruta de longa distância da Tim no 2T08 foi de R$ 483 milhões.

 

Diante deste quadro pergunta-se:

  • A Claro vai ultrapassar a Tim em market share?
  • Como o IPhone, 3G e a portabilidade podem afetar este quadro?
  • O que é mais importante? Market share ou revenue share?

Comente!

Para enviar sua opinião para publicação como comentário a esta matéria para nosso site, clique aqui!

 

Nota: As informações expressadas nos artigos publicados nesta seção são de responsabilidade exclusiva do autor.

 

 

Comentário de João Guilherme Bernardes

Venho por meio deste, expressar minha opinião quanto à atual disputa entre as operadoras de telefonia móvel do país.
Cresce a relevância das informações no cenário de telefonia a cada dia e existem alguns fatores que ainda não podem ser levados em conta, mas muito irão influênciar nas próximas estatísticas. Com a portabilidade ainda em teste e a tecnologia 3G ainda em fase de adaptação, nossos anseios são que muito em breve veremos uma reviravolta quanto ao que conhecemos da telefonia.

 

Devemos levar em conta ainda, que teremos a Oi-Brt com novas forças de venda e que com certeza vai entrar com tudo em termos de competitividade nas regiões onde começará a atuar. A tecnologia 3G funcionando 100% irá expandir os horizontes da comunicação e de contrapartida temos a portabilidade numérica, que muito irá acentuar a disputa entre as operadoras. Com certeza veremos clientes mais satisfeitos com preço, atendimento e qualidade e também operadoras suando a camisa e o bolso pra manter e conquistar clientes.

 

 

Workshop

 

 

Loading
CONSULTORIA TELECO

Inteligência em Telecom

Estudos e Base de Dados

Relatórios

Celular Brasil 2016

Telecom e Capex

Venda de Planilhas

Dados históricos do Mercado Brasileiro

Workshops

Regulamentação
10 de Maio

Internet das Coisas
30 de Maio

Market Update

Mais Produtos

 
 

EVENTOS

Workshop Regulamentação

Organizador: Teleco
10 de maio

Workshop de Internet das Coisas

Organizador: Teleco
30 de maio

Mais Eventos

LIVROS

 




 

 


Siga o Teleco

linkedin

 

...