Seção: Comentários Teleco

 


A Receita da Telemar/Oi em 2003

Atualizado em: 01/02/2004

 

O relatório divulgado pela Telemar em 29/01/2004 abre a temporada de divulgação de resultados de 2003 por parte das operadoras e apresenta um quadro que reflete o que está acontecendo com as concessionárias de Telefonia Fixa no Brasil.

 

Com 17,4 milhões de linhas instaladas e 15,1 milhões de linhas em serviço, a Telemar apresentou em 2003 crescimento zero no número de telefones fixos. Já na Telefonia móvel a Oi fechou o ano com 3,9 milhões de celulares e 18,4% de Market share da região.

 

A Tabela a seguir apresenta a distribuição da Receita de Serviços de Telefonia Fixa e Celular da Telemar.

 

R$ milhões 2003 2002

Cresc.

2003 (%)

Local 11.067,3 59,1% 9.851,6 61,4% 12,3
Longa Distância 2.963,4 15,8% 2.066,3 12,9% 43,4
Dados 1.184,0 6,3% 905,8 5,6% 30,7
Uso da Rede 1.257,2 6,7% 1.497,3 9,3% -16,0
Celular (Oi) 755,7 4,0% 483,2 3,0% 56,4
Outros 1.507,0 8,0% 1.241,0 7,7% 21,4
Total 18.735,0   16.045,0   16,8

 

Foram excluídas destes valores, a Receita da Contax (Contact Center) e a receita proveniente da revenda de aparelhos da Oi. Com a venda de 3 milhões de aparelhos, a Oi recebeu em 2003 R$ 598,4 milhões com a revenda de aparelhos e gastou R $ 741 milhões.

 

Comenta-se a seguir cada um destes itens.


Serviço local

 

 

Como a planta fixa manteve-se estável o crescimento das receitas refletiu, de modo geral, o reajuste das tarifas, com o item assinatura representando 48% da receita do serviço local.

 

A exceção ficou por conta da receita com o serviço Fixo-Móvel Local (VC1) onde o reajuste tarifário homologado em fev/03 (24,8% em média) foi fortemente compensado pela redução de tráfego no ano (-16,3%). Esta tendência pode ser reflexo de:

  1. o crescimento do número de celulares;
  2. o fato da chamada móvel – móvel estar se tornando mais barata que a chamada fixo-móvel, principalmente devido às promoções para chamadas entre clientes de uma mesma operadora de celular.

Longa Distância (LD)

 

O crescimento de 43,4% da receita de Longa Distância decorre do aumento do tráfego (+16,2%) com a Telemar passando a atuar a nível nacional e a introdução do CSP para operadoras de celular. É importante observar que a receita de LD Inter-Regional e Internacional de 2002 corresponde a apenas um semestre, já que foi em meados daquele ano que a Telemar teve certificada sua antecipação de metas e obteve assim a autorização para prestação destes serviços.

 

Dados

 

Comunicação de dados representa 6,3% da receita total e cresceu 30,7% em 2003, conforme Tabela a seguir.

 

R$ milhões 2003 2002

Cres.

2003 (%)

EILD 291,5 373,3 -21,9
Linhas dedicadas (SLDD/SLDA) 345,3 275,6 25,3
Serviços IP 207,0 92,0 125,0
Comutação por pacotes e Frame Relay 134,2 87,3 53,7
Velox 128,1 33,1 287,0
Outros 77,9 44,5 75,1
Total 1.184,0 905,8 30,7

 

Os números refletem uma migração de serviços de linhas dedicadas para serviços IP e Velox (ADSL). O crescimento da receita é dificultado também pela competição acirrada no mercado corporativo.

 

Uso da Rede

 

A remuneração pelo uso da rede fixa da Telemar apresentou redução de 16% no ano, conseqüência, segundo a Telemar, do aumento da participação da Telemar em LD e da expansão das redes de outras operadoras.

 

Celular (Oi)

 

Apesar do crescimento expressivo no número de clientes a receita de serviços da Oi representou apenas 4% da receita considerada. O ARPU mensal médio no ano foi de R$ 30 e o da telefonia fixa R$ 72.

 

Outros

 

O item outros inclui Receitas como TUP (R$ 808, 4 milhões em 2003), Voz avançada e serviços adicionais. A receita bruta mensal por TUP foi de R$ 101,76.

 

Em suma

 

A Receita Bruta de serviços da Telemar cresceu no ano 16,8%. Com a planta de telefones fixos estável o crescimento da receita com serviço local (59,1% da receita) passa a depender em grande parte dos reajustes de tarifas concedidos pela Anatel, inclusive nas chamadas fixo-móvel, reajustada segundo índices controlados do plano básico de serviços.

 

A Telemar espera em 2004 que os serviços de longa distância, comunicação de dados e celular, 26,2% da receita em 2003, continuem puxando o crescimento de sua receita.

 

Cabe ainda ressaltar que a Telemar/Oi recebeu em 2003 uma receita adicional da América Móvil (Claro) de US$ 35 milhões pelo não exercício da opção de participar na aquisição da BCP. Sem dúvida, caso a Telemar tivesse disputado a compra da BCP o custo seria muito maior para a Claro.

 

 

Comente!

Para enviar sua opinião para publicação como comentário a esta matéria para nosso site, clique aqui!

 

Nota: As informações expressadas nos artigos publicados nesta seção são de responsabilidade exclusiva do autor.

 

 

Loading
CONSULTORIA TELECO

Inteligência em Telecom

Estudos e Base de Dados

Relatórios

Celular Brasil 2016

Telecom e Capex

Venda de Planilhas

Dados históricos do Mercado Brasileiro

Workshops

Market Update

04 de Abril

Regulamentação de Telecom

Mais Produtos

 
 

EVENTOS

Workshop Teleco Market Update 2016

Organizador: Teleco
4 de abril

IoT BRASIL SUMMIT 2017

Organizador: Telesemana/Teleco
5 de abril

Mais Eventos

LIVROS

 




 

 


Siga o Teleco

linkedin

 

...