Seção: Comentários Teleco

 


Competição Fixo x Celular

Atualizado em: 13/02/2004

 

Com a migração da Amazônia e Telemig Celular para o SMP, aprovada pela Anatel em 12/02/2004, encerra-se a fase de transição do Serviço Móvel Celular (SMC). Todas as operadoras passam a ser regidas pelas novas regras do SMP. Consolida-se desta forma um modelo em que a telefonia pública passa a ser provida por três tipos de serviços:

 

Serviço

Chamadas

Competidores

Fixo Local

Locais originadas de telefones fixos
A concessionária tem uma posição quase que monopolista

Móvel Pessoal

Locais originadas de celulares
3 ou 4, exceto nas cidades pequenas

Longa Distância

de longa distância entre telefones fixos ou celulares

vários

 

Neste cenário começa a se desenhar uma competição entre a telefonia fixa local e o serviço móvel pessoal, principalmente no que se refere às chamadas destinadas a telefones celulares.

 

 

Telefones em 2003

(Milhões)

Cresc. 2003

MOU*

ARPU(R$)*

Custo* de chamada para móvel (R$)

Telefones Fixos

39

0%

-

70

0,61 a 0,69

Celulares Pós

11

11,5%

200

80

1 a 0,39

Celulares Pré-Pago

34

41,4%

60

20

1,1

* Valores típicos estimados pelo Teleco. Estados com ICMS de 25%

 

Com o crescimento do nº de celulares aumenta cada vez mais o nº de chamadas destinadas a um telefone móvel.

 

A competição mais visível ocorre entre o celular (Pós-pago) e o fixo em chamadas para um celular.

 

Um usuário pós-pago pagará valores menores conforme o número de minutos no plano que escolher (Familiar ou minutos), como exemplificado na figura a seguir.

 

A figura apresenta o valor estimado das chamadas móvel à móvel feitas por assinantes de planos alternativos de serviço em função do número de minutos contratados, comparado ao valor da chamada fixo móvel. Estes valores aplicam-se a usuários individuais. Os usuários corporativos tem conseguido negociar valores ainda melhores que estes com as operadoras de celular.

 

Esta situação tende a se tornar cada vez mais favorável para as celulares devido aos constantes aumentos dos preços das chamadas fixo->Móvel controlados pela Anatel e associados à tarifa de uso da rede móvel (VUM).

 

Embora o preço de uma chamada local para um telefone fixo custe 10 vezes menos quando feita de um telefone fixo, as chamadas de um celular para telefones fixos em cidades vizinhas acabam também sendo competitivas devido ao fato da área local do celular ser muito maior que a área local do telefone fixo. Uma chamada de São Paulo para um telefone fixo em Jundiaí, por exemplo, é de longa distância quando feita de um telefone fixo e local (VC1) quando feita de um celular.

 

Quando a chamada de um celular se destina a outro celular da mesma operadora, os preços cobrados são ainda mais baixos, a ponto de serem menores que os de uma ligação fixo-> fixo, atraindo o cliente a usar o telefone móvel em substituição ao fixo.

 

As operadoras de telefonia fixa estão sendo atacadas em várias frentes, enfrentando forte competição na longa distância e na área de dados, principalmente no mercado corporativo.

 

O SCD, novo serviço em discussão pela Anatel, pode criar também alternativas de provimento de acesso à Internet incluindo chamadas de VoIP (voz sobre IP) a custo baixo. A maior parte dos acessos hoje é discado via operadora de telefonia fixa, o que elimina a competição de VoIP.

 

Neste cenário a competição no serviço local com as celulares, que representa por exemplo 59% da receita da Telemar, pode significar que o tempo das vacas gordas para as operadoras de telefonia fixa não vão durar para sempre.

 

 

Comente!

Para enviar sua opinião para publicação como comentário a esta matéria para nosso site, clique aqui!

 

Nota: As informações expressadas nos artigos publicados nesta seção são de responsabilidade exclusiva do autor.

 

 

Loading
CONSULTORIA TELECO

Inteligência em Telecom

Estudos e Base de Dados

Relatórios

Celular Brasil 2016

Telecom e Capex

Venda de Planilhas

Dados históricos do Mercado Brasileiro

Workshops

Internet das Coisas
27 de Junho

Market Update

Regulamentação

Mais Produtos

 
 

EVENTOS

Workshop Lei Geral das Telecomunicações: 20 anos

21 de julho

Organizador: FIESP

Painel Telebrasil 2017

19 e 20 de setembro

Organizador: Telebrasil

Mais Eventos




LIVROS

 

 

 


Siga o Teleco

linkedin

 

...