Seção: Comentários Teleco

 


Crescimento do celular no 1º trimestre de 2004 (1T04)

publicado em 26/04/2004

 

O nº de celulares cresceu em 2,7 milhões (6%) no 1º trimestre de 2004 (1T04), tendo atingido a marca de 49,1 milhões. Comparativamente, o crescimento no 1º trimestre de 2003 (1T03) foi de 3,1 % e de 32,9% no ano todo.

 

Comenta-se a seguir algumas particularidades deste crescimento.


1) Crescimento projetado para 2004

 

Caso se repita o crescimento de 2003 (32,9%) o Brasil terminará o ano com mais de 60 milhões de celulares. O crescimento no 1T04 (6%), mesmo sem ter nenhuma data na qual as operadoras concentram promoções (Dia das Mães, Dia dos Pais e Natal), superou o crescimento do 2T03 (5,8%).

 

2) Crescimento do pré-pago

 

Subiu de 76,24% em dezembro de 2003 para 77,72 % em março de 2004. A continuar neste ritmo terminaremos o ano com mais de 80% de terminais celulares pré-pagos. O crescimento do pós-pago, a exemplo do que ocorreu no 1T03, foi negativo em 1T04. O crescimento do pós-pago em 2003 foi 11,5%.

 

3) Crescimento do GSM

 

O GSM continua sendo a tecnologia que mais cresce, 2.125.124 terminais no trimestre ou seja 76,7% do total. O número de terminais GSM era 18,1% do total do Brasil, no final de março.

 

A novidade foi o crescimento do GSM nas Bandas A e B. Segundo os dados da Anatel, já existem 1.377.497 celulares com tecnologia GSM nestas Bandas.

 

4) Crescimento por Banda

 

A diferença entre as taxas de crescimento mensal entres as Bandas A/B e D/ E diminuiram no trimestre, principalmente em março quando foram respectivamente de 1,9%/2,5% (A/B) e de 5,6%/7,7% (D/E).

 

4) Fixos x Celulares

 

O número de celulares já é maior que o de fixos em todos os estados do Brasil. O número de celulares deve superar o de acessos fixos instalados em abril deste ano.

 

5) Crescimento nos estados

 

O número de celulares cresceu no trimestre 6%. Estão entre os estados de maior crescimento aqueles em que a Claro iniciou a sua operação em dezembro como 4ª operadora:

 

  Cresc. 1T04 Dens. 100 hab.
Paraná 9,8% 25,84
Santa Catarina 9,4% 28,69
Bahia 9,3% 13,90

 

Cresceram no trimestre menos que a média do Brasil (6%) os seguintes estados:

 

  Cresc. 1T04 Dens. 100 hab.
Rio de Janeiro 1,7% 45,71
R. Grande do Sul 4,7% 41,51
Minas Gerais 4,8% 25,31
Roraima 4,5% 22,50

 

O Distrito Federal continua tendo a maior densidade do país 75,53 cel. por 100 hab. e cresceu 7% no trimestre. O estado com menor densidade é o Maranhão (9,66) e cresceu 7,3% no trimestre.

 

São Paulo com uma densidade de 33,02 cel. por 100 hab. cresceu 6,1% no trimestre, tendo superado a média do Brasil nos meses de fevereiro e março. Pode-se esperar um aumento deste crescimento com campanhas agressivas da Claro e com a integração BCP-Tess.

 

6) Crescimento das operadoras

 

As seguintes operadoras divulgaram o número de celulares em março:

 

  Celulares (milhões) Cresc. no trimestre
Vivo 22 6,5%
Claro 10 5,0%
Oi 4,4 10,5%

 


Pode-se observar que a Claro cresceu menos do que a média brasileira. Qual terá sido o crescimento da TIM, a única das grandes operadoras que ainda não divulgou seus números.

 

 

Comente!

Para enviar sua opinião para publicação como comentário a esta matéria para nosso site, clique aqui!

 

Nota: As informações expressadas nos artigos publicados nesta seção são de responsabilidade exclusiva do autor.

 

 

Loading
CONSULTORIA TELECO

Inteligência em Telecom

Estudos e Base de Dados

Relatórios

Celular Brasil 2016

Telecom e Capex

Venda de Planilhas

Dados históricos do Mercado Brasileiro

Workshops

Internet das Coisas
27 de Junho

Market Update

Regulamentação

Mais Produtos

 
 

EVENTOS

Painel Telebrasil 2017

19 e 20 de setembro

Organizador: Telebrasil

A Jornada NFV e outras Inovações de monetização em infraestrutura Telco-Cloud

21 de setembro

Organizador: Telesemana/Teleco

Mais Eventos




LIVROS

 

 

 


Siga o Teleco

linkedin

 

...