Seção: Comentários Teleco

 


As operadoras de Telecomunicações na Bovespa

publicado em 10/05/2004

 

As operadoras de telecomunicações têm uma grande importância para o mercado acionário brasileiro, com uma participação de 38% na composição do Índice Bovespa (maio a agosto de 2004). A Telemar PN foi à ação mais negociada na Bovespa nos últimos 12 meses com um volume de R$ 34 Bilhões.

 

O desempenho das ações destas empresas é acompanhada pelo Teleco através do Índice Setorial de Telecomunicações da Bovespa (ITEL), composto pelas empresas mais representativas da telefonia fixa e celular, cujos papéis são ponderados pelo valor de mercado das ações em circulação.

 

A figura a seguir apresenta a participação das operadoras na composição do ITel (maio a agosto de 2004). Algumas empresas participam com mais de um tipo de ação, ordinária (ON) e preferencial (PN). As empresas de telefonia fixa representam 64% do ITel.


 

O desempenho do ITel nos últimos 12 meses vem sendo sistematicamente inferior ao do IBovespa e a outros índices como o IEE para as empresas da área Elétrica.

 

Evolução dos Fechamentos em 30/04/2004

 

  Últimos 12 meses
ITel 32,6%
IBovespa 56,1%
IEE 64,1%

 

 

Este desempenho inferior não é no entanto uniforme para todas as ações como pode ser observado nas tabelas a seguir.

 

Telefonia Fixa (Abril de 2004)

 

Ação da Empresa Tipo

Part.(%)

no ITel

Evolução últimos 12 meses (%)
Embratel Participações ON 2,5 157,2
Embratel Participações PN 6,1 106,8
Telesp (Telefonica) ON 2,8 65,6
IBovespa 56,1
Telesp (Telefonica) PN 5,1 52,7
Telemar ON 3,4 51,8
Itel 32,6
Telemar Norte Leste PNA 6,7 24,1
Telemar PN 16,6 17,6
Brasil Telecom Particip. ON 2,6 7,3
Brasil Telecom Particip. PN 12,2 -9,7
Brasil Telecom ON 0,1 -9,6
Brasil Telecom PN 6,0 -10,1

 

A valorização das ações da Embratel está ligada a venda do seu controle acionário pela MCI. Já o desempenho negativo da Brasil Telecom é reflexo do conflito societário por que passa a operadora.

 

Telefonia Celular (Abril 2004)

 

Ação da Empresa (Grupo) Tipo

Part.(%)

no ITel

Evolução últimos 12 meses (%)
Telesp Celular Part. (Vivo) PN 12,6 90,5
Tele Norte Celular PN 0,4 74,3
Tele Celular Sul (TIM) PN 2,9 72,8
Telemig Participações ON 1,5 70,3
Telemig Participações PN 3,2 69,5
Tele Celular Sul (TIM) ON 0,7 60,6
Tele Centro Oeste (Vivo) PN 6,8 58,6
Tele Leste Celular (Vivo) PN 0,6 58,6
IBovespa 56,1
Tele Nordeste Celular (TIM) PN 2,5 54,4
CRT Celular (Vivo) PNA 2,0 35,8
Itel 32,6
Telesp Celular Part. (Vivo) ON 0,5 30,7
Tele Nordeste Celular (TIM)
ON 0,6 28,0
TIM SUL (TIM) PN 0,5 19,7
Tele Sudeste (Vivo) ON 0,4 -1,1
Tele Sudeste (Vivo) PN 0,7 -19,5

 

O desempenho das ações das operadoras de celular reflete a situação por que passam estas empresas em seus mercados. Dois exemplos são a Telesp Celular que ocupa a liderança em São Paulo e da Tele Sudeste (Vivo) que vem perdendo market share em um mercado com baixo crescimento como o do Rio de Janeiro.

 

Diante deste quadro pergunta-se:

  • Você investiria em ações de empresas de Telecomunicações?
  • Está sendo vantajoso para estas operadoras ter o seu capital aberto na Bovespa? Qual seria o impacto para o país se estas empresas deixassem a Bovespa?
  • O que seria preciso para que outras operadoras, como a Claro, participassem da Bovespa?

Comente!

Para enviar sua opinião para publicação como comentário a esta matéria para nosso site, clique aqui!

 

Nota: As informações expressadas nos artigos publicados nesta seção são de responsabilidade exclusiva do autor.

 

 

Loading
CONSULTORIA TELECO

Inteligência em Telecom

Estudos e Base de Dados

Relatórios

Celular Brasil 2016

Telecom e Capex

Venda de Planilhas

Dados históricos do Mercado Brasileiro

Workshops

Internet das Coisas
27 de Junho

Market Update

Regulamentação

Mais Produtos

 
 

EVENTOS

Workshop de Internet das Coisas

Organizador: Teleco
27 de junho

Mais Eventos

LIVROS

 




 

 


Siga o Teleco

linkedin

 

...