Seção: Comentários Teleco

31/01/2015


Celular cresce pouco em 2014, mas apresenta transformações em sua base

O Brasil terminou 2014 com 280,7 milhões de celulares e densidade de 138 cel/100 hab.

 

O celular apresentou crescimento de 3,6% em 2014, no mesmo patamar do de 2013. Adições líquidas de 9,6 milhões em 2014 contra 9,3 milhões em 2013.

 

PUBLICIDADE

 

 

 

 

Este resultado indica que não se pode esperar para 2015 um crescimento muito diferente do apresentado nos dois últimos anos.

 

Não se deve, no entanto, interpretar este baixo crescimento como um sinal de estagnação do mercado de celular no Brasil. A base de 281 milhões de celulares passa por profundas transformações, sendo as principais:

  • Migração do pré-pago para o pós-pago
  • Migração para smartphones 3G.

 

Migração do pré para o pós-pago

 

O pré-pago está perdendo participação na base de celulares com a migração para planos controle.

 

 

 

 

A utilização mais intensiva de serviços de mensagem (WhatsApp) reduz também o uso de voz e a necessidade de se possuir mais de 1 chip.

 

O pré-pago cresceu menos de 1% nos últimos dois anos, enquanto o pós-pago manteve um crescimento de dois dígitos (14% em 2014). O pós-pago respondeu por 86% das adições líquidas de celulares em 2014.

 

 

 

A Vivo é a operadora que está sendo mais beneficiada com esta migração. Ela liderou o crescimento do celular em 2014, com adições líquidas de 2,7 milhões de celulares e terminou o ano com market share de 41,8% no pós-pago.

 

 

 

 

A participação do pré-pago na Vivo caiu para 64,5%, enquanto na TIM ela é de 83,5%, na Oi 82,0% e na Claro 78,0%.

 

Migração para smartphones 3G

 

O uso mais intensivo de serviços de dados para acesso à Internet, redes sociais e do WhatsApp está levando à troca dos telefones celulares convencionais GSM, utilizados predominantemente para voz, por smartphones 3G.

 

A tecnologia 3G se tornou a principal tecnologia de celular do Brasil em 2014 e deve consolidar esta liderança em 2015.

 

 

 

 

O Brasil terminou 2014 com 145 milhões de celulares 3G contra 133 milhões 2G (GSM).

 

A Claro é a operadora que está mais avançada nesta transição, com mais de 74% de sua base de aparelhos sendo 3G. Na TIM e na Vivo esta participação é de cerca de 50%.

 

A tecnologia 4G está em sua curva inicial de adoção e deve terminar 2015 com mais de 15 milhões de smartphones. O quadro abaixo compara a evolução de terminais 3G nos primeiros anos com 4G, 

 

 

 

 

 

Diante deste quadro pergunta-se:

  • O celular vai crescer mais em 2015 do que creseceu em 2014?
  • Quem vai liderar o crescimento do celular em 2015?
  • O pós-pago ainda vai superar o pré-pago no Brasil?
  • O Brasil vai terminar 2015 com quantos smartphones 4G?

 

 

Comente!

Para enviar sua opinião para publicação como comentário a esta matéria para nosso site, clique aqui!

 

Nota: As informações expressadas nos artigos publicados nesta seção são de responsabilidade exclusiva do autor.

 

 

 

 

Workshop

 

 

Loading
CONSULTORIA TELECO

Inteligência em Telecom

Estudos e Base de Dados

Relatórios

Celular Brasil 2016

Telecom e Capex

Venda de Planilhas

Dados históricos do Mercado Brasileiro

Workshops

Internet das Coisas
27 de Junho

Market Update

Regulamentação

Mais Produtos

 
 

EVENTOS

Workshop de Internet das Coisas

Organizador: Teleco
27 de junho

Mais Eventos

LIVROS

 




 

 


Siga o Teleco

linkedin

 

...