Seção: Comentários Teleco

14/03/2015


O ano começa com crescimento menor que o de 2014

 

 

O ano de 2015 começou com o mês de janeiro apresentando crescimento inferior ao de jan/14. As adições líquidas dos principais serviços de telecom em jan/15 foram inferiores às apresentadas em jan/14.

 

 

 

 

Analisa-se a seguir o que ocorreu em cada um destes serviços em jan/15.

 

Celular

 

A Vivo liderou em adições líquidas em jan/15, tendo sido a única, entre as quatro principais operadoras de celular, a apresentar crescimento das adições líquidas em jan/15.

 

 

 

 

O desempenho no pré-pago foi o responsável pelo crescimento das adições líquidas da Vivo em jan/15 , contra um crescimento de 75 mil pré-pagos em jan/14, o menor crescimento para o segmento naquele mês do ano passado.  

 


 

 

A Vivo, que apresentou adições líquidas negativas de pré-pago em Dez/14 (-739 mil), pode ter antecipado o desligamento de pré-pagos inativos neste mês, de modo a economizar no pagamento de Fistel. Isto pode ter levado a cancelamentos menores em Jan/15, com o consequente crescimento das adições líquidas.

 

No pós-pago a Vivo apresentou queda nas adições líquidas. Neste segmento, o destaque foi para a Tim, que teve crescimento negativo em jan/14, e apresentou crescimento significativo em jan/15.

 

 

 

 

 

 

Apesar do menor crescimento em jan/15, a transição da base da tecnologia 2G (GSM) para 3G e 4G continua acelerada: 3G apresentou adições líquidas de 4,2 milhões, 4G de 1 milhão e 2G de -4,3 milhões.

 

 

Banda Larga Fixa

 

 

Na banda larga fixa (SCM) as quatro principais operadoras apresentaram redução nas suas adições líquidas, com Oi e Vivo apresentando queda no número de clientes em jan/15.

 

 

 

 

Embratel/Net e GVT continuaram, no entanto, liderando o crescimento.

 

 

 

TV por Assinatura

 

Na TV por Assinatura também as principais operadoras apresentaram redução nas suas adições líquidas.

 

 

 

 

A queda maior nas adições líquidas ocorreu na TV por assinatura via satélite (DTH). As adições líquidas caíram de 107 mil acessos em jan/14 para 39 mil em jan/15.

 

Na TV a cabo, as adições líquidas se mantiveram estáveis em 39 mil acessos em Jan/14 e Jan/15.

 

 

Telefonia Fixa

 

O mesmo ocorreu na telefonia fixa. As principais operadoras apresentaram redução nas suas adições líquidas. adições líquidas, a exceção da Embratel/Net.

 

 

 

As adições líquidas de telefonia fixa em jan/15 (80 mil) foram, no entanto maiores que as de jan/14 (-111 mil). A TIM, que apresentou adições líquidas de 155 mil telefones fixos em jan/15, foi a responsável por este resultado.

 

Diante deste cenário pergunta-se:

  • Os acessos de celular, telefonia fixa, banda larga fixa e TV por assinatura irão crescer menos em 2015 que em 2014? Por quê?
  • Quem irá liderar em adições líquidas em cada um destes serviços em 2015?
  • O pré-pago vai voltar a crescer mais que o pós-pago em 2015?
  • A TV a cabo vai crescer mais que o DTH em 2015?

 

 

Comente!

Para enviar sua opinião para publicação como comentário a esta matéria para nosso site, clique aqui!

 

Nota: As informações expressadas nos artigos publicados nesta seção são de responsabilidade exclusiva do autor.

 

 

 

Loading
CONSULTORIA TELECO

Inteligência em Telecom

Estudos e Base de Dados

Relatórios

Celular Brasil 2016

Telecom e Capex

Venda de Planilhas

Dados históricos do Mercado Brasileiro

Workshops

Regulamentação
10 de Maio

Internet das Coisas
30 de Maio

Market Update

Mais Produtos

 
 

EVENTOS

Workshop Regulamentação

Organizador: Teleco
10 de maio

Workshop de Internet das Coisas

Organizador: Teleco
30 de maio

Mais Eventos

LIVROS

 




 

 


Siga o Teleco

linkedin

 

...