Seção: Comentários Teleco

18/03/2016


Nextel assume a liderança em 4G no Rio.

 

A Nextel terminou 2015 na liderança em 4G no Rio (DDD 21), com market share de 27,4%. A operadora, que lançou sua rede 4G em jun/14 utilizando frequências de 1800 MHz, ultrapassou a Vivo em out/15.

 

 

 

 

A Nextel manteve na operação 3G, iniciada em 2013, foco semelhante ao de sua operação com "Radio" (iDEN): pós-pago e regiões metropolitanas do Rio e São Paulo. Estas regiões concentravam, respectivamente, 43,0% e 41,2% dos 2,8 milhões de celulares pós-pagos da operadora no final de 2015.

 

No Rio de Janeiro (21), a Nextel é a terceira colocada em market share de pós-pago, tendo ultrapassado a Oi e a TIM em 2015.

 

 

 

 

Em São Paulo (DDD 11) a Nextel terminou 2015 com 991 mil celulares pós-pagos, disputando a 4ª colocação em market share de pós-pago com a Oi.

 

 

 

 

A Nextel deve colocar em operação em 2016 a sua rede 4G em São Paulo (11) utilizando as frequencias de 1800 MHz que adquiriu na licitação de dez/15 da Anatel.

 

A Nextel é a 4ª colocada em market share de pós-pago no Brasil (3,42%) e, mesmo tendo uma atuação concentrada nos mercados do Rio e São Paulo, apresentou em 2015 adições líquidas neste segmento semelhantes às de TIM e Claro.

 

 

 

 

 

No processo de crescimento de sua base de celulares a Nextel pode contar ainda com a migração de seus clientes de rádio, que utilizam a tecnologia iDEN (SME- Trunking), para sua rede 3G/4G. No final de 2015, a Nextel possuía 2,5 milhões de celulares 3G/4G, crescimento de 65,8% comparado a 2014.

 

 

 

A operadora pretende, no entanto, continuar investindo em sua base de rádio que atende um segmento importante do mercado corporativo.

 

Retomado o caminho do crescimento, o desafio da Nextel é voltar a ser uma operação rentável. No 4T15 a operadora voltou a apresentar EBITDA positivo, mas a sua margem EBITDA (1%) precisa crescer em 2016. A sua controladora NII vendeu as outras operações na América Latina e está concentrada agora na Nextel Brasil.

 

 

Diante deste cenário pergunta-se:

  • Qual o futuro da Nextel?
  • Ela irá repetir o bom desempenho do Rio em São Paulo e em outras regiões metropolitanas do país?
  • A Nextel pode crescer mais que as outras operadoras no mercado de pós-pago? Por que?
  • O que diferencia a Nextel? Atendimento? Cobertura? Preço?
  • Qual será a margem EBITDA da Nextel em 2016?

 

 

Comente!

Para enviar sua opinião para publicação como comentário a esta matéria para nosso site, clique aqui!

 

Nota: As informações expressadas nos artigos publicados nesta seção são de responsabilidade exclusiva do autor.

 

 

 

Loading
CONSULTORIA TELECO

Inteligência em Telecom

Estudos e Base de Dados

Relatórios

Celular Brasil 2016

Telecom e Capex

Venda de Planilhas

Dados históricos do Mercado Brasileiro

Workshops

Regulamentação
9 de Maio

Internet das Coisas
30 de Maio

Market Update

Mais Produtos

 
 

EVENTOS

Workshop Regulamentação

Organizador: Teleco
9 de maio

Workshop de Internet das Coisas

Organizador: Teleco
30 de maio

Mais Eventos

LIVROS

 




 

 


Siga o Teleco

linkedin

 

...