Seção: Comentários Teleco

04/03/2017


 

A Vivo lidera em oito dos dez indicadores do celular em 2016

 

 

A Vivo liderou em oito dos dez indicadores do celular acompanhados pelo Teleco em 2016. A TIM liderou em dois indicadores.

 

 

 

 

O Teleco iniciou em 2007 o acompanhamento do desempenho das operadoras de celular no Brasil medido através de indicadores, que passaram a ser revisados anualmente a partir de 2014.

 

 

Líder no     1T16 2T16 3T16 4T16 2016
1
Celulares Market Share Vivo Vivo Vivo Vivo Vivo
2
Pré-pago Market Share
TIM
TIM
TIM TIM TIM
3
Pós-pago
Market Share
Vivo
Vivo Vivo Vivo Vivo
4
Crescimento Celulares
Adições Líquidas
TIM
Vivo Vivo Vivo Vivo
5
Banda Larga Móvel
Market Share de 3G/4G
Claro
Claro Claro Vivo Vivo
6
Receita
Receita Líquida
Vivo
Vivo Vivo Vivo Vivo
7
Receita de Dados
Rec. Dados/Rec. de Serviços
Vivo
Vivo Vivo Vivo Vivo
8
Crescimento da
Receita
Cresc. da receita de serviços
Vivo
Vivo Vivo Vivo Vivo
9
Receita p/ Cliente
ARPU
Vivo
Vivo Vivo Vivo Vivo
10
Cobertura
População Atendida 2G, 3G e 4G
Vivo
Vivo Claro TIM TIM

Nota: A análise considera apenas as quatro maiores operadoras: Vivo, TIM, Claro e Oi.

 

 

Apresenta-se a seguir os resultados para cada um destes dez indicadores em 2016.

 

 

1) Market Share Celulares: Vivo amplia liderança

 

 

A Vivo, maior operadora de celular do Brasil, terminou 2016 com 73,9 milhões de celulares e um ganho 1,8 pontos percentuais de market share no ano.

 

 

 

A TIM manteve a segunda colocação em market share de celular em 2016, após uma disputa acirrada com a Claro durante o ano. Claro e Oi perderam market share no ano.

 

 

Market Share 4T15 1T16 2T16 3T16 4T16
Vivo 28,48% 28,42% 28,93% 29,28% 30,23%
TIM 25,69% 26,09% 25,25% 25,20% 25,98%
Claro 25,59% 25,32% 25,36% 25,30% 24,65%
Oi 18,64% 18,52% 18,77% 18,47% 17,27%

 

 

No 4T16, a Vivo ganhou a liderança na área local 24 superando a Claro. A TIM recuperou da Oi a liderança em Pernambuco e no Ceará.

 

 

- Líder em Market Share no 4T16
Região UF* Áreas locais (DDD)
Vivo I, II e III 11 31 (+1)
Claro - 7 13 (-1)
TIM - 7 (+2) 16
Oi - 2 (-2) 6
* Unidade da Federação

 

 

 

 

2) Market Share Pré-pago: TIM lidera

 

 

A TIM, líder em pré-pago, ampliou esta liderança em 2016. Ela e a Vivo ganharam market share no ano, enquanto Claro e Oi perderam.

 

 

 

 

Pré-pago 4T15 1T16 2T16 3T16 4T16
TIM 28,5% 29,2% 28,1%
28,1%
29,5%
Claro 26,7% 26,3% 26,5%
26,5%
25,4%
Vivo 22,9% 22,8% 23,3%
23,5%
24,5%
Oi 21,3% 21,2% 21,6%
21,3%
20,0%

 

 

 

3) Market Share Pós-pago

 

A Vivo manteve a liderança absoluta no pós-pago, embora com uma pequena perda de market share no ano.

 

 

 

 

 

 

A Claro e a TIM ganharam market share em 2016.

 

 

Pós-pago 4T15 1T16 2T16
3T16
4T16
Vivo
42,4%
42,4%
42,4%
42,4%
42,1%
Claro
22,7%
22,9%
22,7%
22,6%
23,1%
TIM
18,5%
18,4%
18,4%
18,6%
18,8%
Oi
11,9%
12,0%
12,1%
11,9%
11,6%
Nextel
3,4%
3,3%
3,3%
3,3%
3,3%

 

 

 

4) Crescimento celulares: Vivo liderou em adições líquidas em 2016

 

 

A Vivo liderou em adições líquidas, seguida pela Nextel. TIM, Claro e Oi, tiveram crescimento negativo.

 

 

 

 

- Adições Líquidas (Milhares)
4T15
1T16
2T16
3T16
4T16
2016
Vivo
(6.145)
2
33
191
283
509
TIM
(6.339)
1.035
(3.281)
(741)
171
(2.816)
Claro
(4.375)
(690)
(1.024)
(745)
(3.348)
(5.807)
Oi
(1.401)
(312)
(195)
(1.187)
(4.227)
(5.921)
Nextel 132
(72)
28
47
78
81

 

 

A liderança em adições líquidas da Vivo em 2016 foi conquistada por seu crescimento no pós-pago (+2,3 milhões) e por ter tido perdas menores no pré-pago que as demais operadoras.

 

 

 

 

 

As quatro operadoras apresentaram adições líquidas negativas no pré-pago em 2016, sendo que a Claro e a OI apresentaram as maiores perdas, devido a um ajuste de suas bases no 4T16. Já no pós-pago, as quatro operadoras Vivo, Tim, Claro e Oi apresentaram adições líquidas positivas.

 

 

 

5) Banda Larga Móvel: Vivo ultrapassa a Claro

 

 

A Vivo superou a Claro e assumiu a liderança em market share de banda larga móvel no Brasil.

 

 

 

 

 

A Claro mantém a liderança em market share de aparelhos 3G e a Vivo lidera em 4G e terminais banda larga.

 

 

 

 

 

 

6) Receita Líquida: Vivo na liderança

 

 

 

 

A Vivo se manteve na liderança com uma receita líquida móvel de R$ 25,5 bilhões em 2016.

 

 

R$ milhões 4T15 1T16 2T16 3T16 4T16 Cresc.
4T16 / 4T15
Vivo
6.427
6.213
6.294
6.439
6.593
2,6%
TIM
3.934
3.666
3.622
3.713
3.842
(2,5%)
Claro
3.003
3.006
2.948
2.911
2.842
(5,4%)
Oi
2.461
2.371
2.287
2.289
ND

Nota: Oi não havia publicado seus resultados para o 4T16 quando da publicação deste comentário.

 

 

 

7) Receita de Dados: Vivo lidera

 

 

A Vivo é a única operadora em que dados já representa mais de 50% da sua receita de serviços.

 

 

 

Nota: A Claro não divulga este indicador. Oi não havia publicado seus resultados para o 4T16 quando da publicação deste comentário.

 

A Vivo é também a operadora com a maior receita de dados em 2016 (R$ 14,1 bilhões), seguida pela TIM (R$ 6,3 bilhões).

 

 

 

8) Crescimento da Receita Líquida de Serviços: Vivo lidera

 

 

Nota: Oi não havia publicado seus resultados para o 4T16 quando da publicação deste comentário.

 

 

A Vivo liderou o crescimento da receita líquida de serviços no 4T16 e em 2016, tendo sido a única das três operadoras a apresentar crescimento. A receita líquida da Oi havia apresentado queda de 5,4% no 3T16/3T15.

 

 

 

9) ARPU: Vivo mantém liderança em ARPU

 

 

 

Nota: Oi não havia publicado seus resultados para o 4T16 quando da publicação deste comentário.

 

 

A base mais ajustada, com um critério de desligamento de pré-pago mais restrito, e o crescimento da receita de dados tem contribuído para o crescimento do ARPU da Vivo. O ARPU de dados da Vivo (R$ 17,8) foi superior ao de voz (R$ 10,8) no 4T16.

 

 

ARPU (R$) 4T15 1T16
2T16
3T16 4T16
Vivo 25,8 26,9
27,2
27,8
28,6
TIM
17,6
17,2
17,2
18,4
19,2
Oi
17,3
16,7
15,6
16,0
ND
Claro
13
14
13
14
14
ARPU Brasil 18,8 19,1
18,7
19,6
-
Oi Varejo
15,9
16,2
16,2
16,5
ND

Nota: Os valores de ARPU informados pelas operadoras não são totalmente comparáveis por utilizarem critérios diferentes na sua determinação. A Oi não elimina receitas entre serviços como fazem as demais operadoras.

 

 

Os minutos de uso mensais por usuário (MOU) do Brasil cresceram 2,3% na comparação do 4T16 com o 4T15, fruto em grande parte do desligamento de celulares inativos, que reduziu a base de cálculo.

 

Minutos 4T15 1T16 2T16 3T16 4T16
Vivo 146 151 160 159 169
TIM 120 119 118 116 113
Claro 100 129 103 94 87
MOU Brasil 123 134 129 125 126

Nota: Oi não divulga este indicador.

 

 

10) Cobertura: TIM lidera

 

A TIM assumiu a liderança em população atendida nas três tecnologias (2G, 3G e 4G) graças a sua cobertura 4G, disponível para 6,6% da população. A Vivo lidera em 3G (89,7%) e a Claro em 2G (92,6%).

 

 

 

 

A Vivo manteve a liderança em quantidade total de municípios atendidos com 2G, 3G e 4G.

 

 

 

 

Diante deste cenário pergunta-se:

  • Quem pode ameaçar a liderança da Vivo nestes indicadores de celular?
  • Este quadro deve se modificar em 2017?
  • Qual será a próxima operadora em que a receita de dados vai superar a de voz?

 

Comente!

Para enviar sua opinião para publicação como comentário a esta matéria para nosso site, clique aqui!

 

Nota: As informações expressadas nos artigos publicados nesta seção são de responsabilidade exclusiva do autor.

 

 

 

Loading
CONSULTORIA TELECO

Inteligência em Telecom

Estudos e Base de Dados

Relatórios

Celular Brasil 2016

Telecom e Capex

Venda de Planilhas

Dados históricos do Mercado Brasileiro

Workshops

Regulamentação
28/Novembro

Market Update

Internet das Coisas

Mais Produtos

 
 

EVENTOS

Mais Eventos




LIVROS

 

 

 


Siga o Teleco

linkedin

 

...