Seção: Banda Larga

15/08/2014

Serviço Comunicação Multimídia (SCM)

 

SCM Prestadoras SCM Outros provedores  

Nesta página: Definição de Serviço Comunicação Multimídia, estatísticas e regulamentação. Descreve também os serviços de comunicação de dados e suas operadoras.

 


Serviço de Comunicação Multimídia (SCM)

 

Os serviços de comunicação de dados podem ser divididos em três grandes grupos:

  • Aluguel de circuitos de dados (TDM) ou circuitos virtuais em redes de pacotes (ATM, FR ou X.25) para uso de outras operadoras ou redes corporativas.
  • Serviços de redes de dados para o mercado corporativo.
  • Circuito para acesso a internet, como o ADSL oferecido pelas operadoras de telefonia fixa (Velox, BrTurbo, Speedy). pelas operadoras de TV a Cabo ou com acesso através de rádio (wireless).

Para prestar estes serviços uma operadora precisa de uma autorização de Serviço de Comunicação Multimídia (SCM) outorgada pela Anatel.

 

Serviço de Comunicação Multimídia (SCM) é um serviço fixo de telecomunicações de interesse coletivo, prestado em âmbito nacional e internacional, no regime privado, que possibilita a oferta de capacidade de transmissão, emissão e recepção de informações multimídia (dados, voz e imagem), utilizando quaisquer meios, a assinantes dentro de uma área de prestação de serviço.

 

O SCM substituiu o SLE - Serviço Limitado Especializado de Redes e Circuitos e atualmente a Anatel não emite mais outorgas para essas modalidades de SLE.

 

Apresenta-se a seguir os links para o site da Anatel com o regulamento do SCM e documentação necessária para obter a autorização. O valor da Autorização para exploração do SCM a ser pago a Anatel é de R$ 9.000,00.

 

 

No Teleco:

Toda a Legislação de SCM

 

No site da Anatel:

Regulamento do SCM

Modelo do termo de autorização

Documentação necessária para a autorização

Formulário para pedido de autorização para prestação do serviço

 

 

 

Receita de SCM dos principais grupos

 

A tabela a seguir apresenta a Receita Líquida de Comunicação de Dados dos principais grupos do Brasil.

 

R$ Milhões
1T13
2T13
3T13
4T13
1T14
2T14
Oi
1.745
1.815
1.838
1.844
1.859
1.860
Telefônica/Vivo
894
911
904
942
905
915
América Móvil*
1.222
1.304
1.346
1.342
1.386
1.475
GVT
393
404
368
263
541
564
Algar
148
174
157
197
166
175
*Claro, Embratel e Net formam o grupo América Móvil.

 

 

 

R$ Milhões 2010 2011 2012 2013
Oi
5.977
5.664
6.544
7.242
Telefônica/Vivo
3.113
3.448
3.563
3.651
América Móvil*
4.145
4.001
4.741
5.214
GVT
799
1.207
1.451
1.606
Algar
412
471
614
670
*Claro, Embratel e Net formam o grupo América Móvil.

 

 

 

 

Comunicação de dados

 

 

As principais operadoras que prestam serviços de comunicação de dados no Brasil utilizando infraestrutura própria (facility based) são:

 

Operadoras de
Telefonia Fixa
Telemar, Brasil Telecom (inclui Metrored e Globenet), Telefonica, Embratel, Intelig e Engeredes (Algar).
Elétricas Eletronet, Eletropaulo, Light e Copel.
Outras Global Crossing, Telmex (ex-AT&T), GVT, Diveo (Rádio) e Iqara.

Operadoras de Satélites e Cabos Submarinos.

 

 

Operadoras de Dados

 

AES Com: www.aescomrio.com.br

Diveo: www.diveo.net.br

Eletropaulo Telecom: www.eletropaulotelecom.com.br

GVT: www.gvt.com.br

Global Crossing: www.globalcrossing.com

 

 

 

Cemig Telecom

 

 

A Cemig Telecom, subsidiária integral da Companhia Energética de Minas Gerais S.A. oferece rede óptica para transporte de serviços de telecomunicações no Estado de Minas Gerais utilizando-se da infra estrutura da CEMIG.

 

O modelo de negócio da Companhia é o de "CARRIERS's CARRIER", ou seja, disponibiliza sua estrutura de rede em fibras ópticas para as operadoras de telecomunicações que desejam aumentar sua área de atuação dentro do Estado de Minas Gerais ou simplesmente desejam atender seus clientes finais sem investir em redes próprias, optando por alugá-las. A Companhia é autorizada pela Anatel a explorar Serviços de Comunicação Multimídia (SCM).

 

 

R$ Milhares 2011 2012 2013
Receita Bruta 188.195 195.236 150.770
Receita Líquida 125.780 136.151 113.739
Lucro Líquido 18.072 9.877 3.563
Investimentos 35.885 32.244 N.D.
 

AES Com Rio (Light)

 

R$ milhões 2002 2003 2004 2005 2006 2007
Receita Líquida 21,6 26,9 35,5 46,1 54,7 62,5
Lucro Líquido (0,4) 0,1 4,9 12 17,7 23,6

 

 

AES Eletropaulo

 

 

A AES Eletropaulo Telecom e a AES Com, operadoras de serviços de telecomunicações do grupo AES Brasil, registraram faturamento de R$ 51 milhões no terceiro trimestre de 2009, com crescimento de 20% sobre o mesmo período do ano anterior. O lucro líquido da companhia atingiu R$ 18 milhões, 14% maior em relação ao 3T08. A AES Eletropaulo Telecom e a AES Com possuem juntas uma rede óptica de 4.700 quilômetros.

 

Geodex

 

A Geodex, possui uma rede de fibras ópticas de 11 mil quilômetros e foi vendida em Jul/07 por R$ 52 milhões de reais ao UBS, Deutsche Bank e a Meridiana Empreendimentos. Ela pertencia a um gripo de acionistas liderados pelo GP. Em dez/07 ela foi vendida para a GVT.

 

A Impsat foi adquirida pela Global Crossing, sua receita no Brasil em 2004 foi de US$ 33,5 milhões.

 

 

No Teleco:

Preços de Linhas Dedicadas: EILD

 

 

Prestação de serviços por Prefeituras

 

A Anatel (ato 66.198) manifestou o entendimento de que as Prefeituras Municipais poderão prestar os serviços de telecomunicações, no âmbito municipal de forma indireta, por meio de empresas públicas ou privadas autorizadas para prestação do Serviço de Comunicação Multimídia; ou, de forma direta, pela prestação do Serviço de Rede Privado, submodalidade do Serviço Limitado Privado, de interesse restrito, não aberto à correspondência pública, de forma gratuita, limitado o acesso aos serviços da Prefeitura, ao território municipal e aos seus munícipes, mediante autorização da Anatel.

O uso de radiofrequências dependerá de outorga da Anatel.

 

 

 

Serviço de Redes e Circuitos

 

Existem 255 autorizações para prestadores de SLE - Serviço Limitado Especializado de Redes e Circuitos.

 

No site da Anatel:

Relação de prestadores de serviço de Rede e circuito Especializado

 

A Anatel não emite mais outorgas para essas modalidades de SLE.

 

 

Possuem ainda serviço ADSL a Sercomtel e a Embratel. Esta última possui um serviço de ADSL, o (Click21JAH), no Rio de Janeiro e Porto Alegre.

 

Velox: www.velox.com.br

BrT (Turbo): www.brasiltelecom.com.br

Speedy: www.speedy.com.br

GVT (Turbonet): www.gvt.com.br

Net: nettv.globo.com

Ajato: www.ajato.com.br

Mais TV: www.maistv.com.br

 

 

 

 

 

Outros Provedores

 

Internet Banda Larga é oferecida ainda pelos seguintes provedores:

  • Provedores de acesso Rádio sendo o principal a Neovia que adquiriu em Nov/05 a Directnet. Em 2005 ela possuia 35 mil assinantes residenciais, mais de 1.000 clientes corporativos e 3.200 pontos de presença. O faturamento da Neovia em 2005 foi de R$ 30 milhões.
  • 3G do celular como o Giro (Vésper/Embratel)
  • Soluções mistas com acesso rádio ou fibra como ALOL e Planetarium em Minas Gerais.
  • Via Satélite, como a Easyband da StarOne, Ragio e BRATv.

Giro: www.giro.com.br

Neovia: www.neovia.com.br

RJNet: www.rjnet.com.br

Hotlink: www.hotlink.com.br

Aloo Internet: www.aloo.com.br

ALOL: www.alol.com.br

Planetarium: www.planetarium.com.br

BRATv: www.bratv.com.br

Easyband: www.starone.com.br

Ragio: www.ragio.com.br

REDEMETA: www.redemeta.com.br

 

Para incluir uma operadora nesta seção mande um email para
teleco@teleco.com.br

 

 

 

Internet Banda Larga no Brasil

 

As conexões de Internet Banda Larga disponíveis no Brasil são oferecidas por prestadoras de serviço que podem ser classificadas em:

  • ADSL, oferecida pelas operadoras de telefonia fixa utilizando os cabos telefônicos. Consulte o tutorial: ADSL (Speedy, Velox e Turbo)
  • TV por assinatura, oferecida pelas operadoras de TV a cabo utilizando cable modem ou wireless pelas operadoras de MMDS.
  • Outras prestadoras que utilizam em geral conexão rádio direto ao cliente ou até o condomínio onde é distribuído através de rede local.
  • Prestadoras que oferecem Banda Larga Via Satélite.

Serviço de Comunicação Multimídia (SCM) é a autorização da Anatel necessária para a prestação deste serviço.

 

 

 

Outros (Wireless)

 

Internet Banda Larga wireless é oferecido das seguintes formas:

  • Rádio: Neovia (adquiriu a Directnet) é a maior operadora nesta modalidade com mais de 30 mil assinantes e operando nas cidades de São Paulo, São José dos Campos, Campinas, Sorocaba, Santo André, São Bernardo do Campo, São Caetano, Guarulhos, Ribeirão Preto e Jacareí. A Neovia adquiriu em Nov/05 a Directnet, que pertencia à Iqara Telecom. Com a adquisição a Neovia passou a ter cerca de 35 mil assinantes residenciais, mais de 1.000 clientes corporativos e 3.200 pontos de presença (Fonte Telecom Online). O faturamento da Neovia em 2005 foi de R$ 30 milhões.
  • 3G do celular como o Giro (Vésper/Embratel)
  • Via satélite: Easyband da StarOne, Ragio e BRATv. A Star One possuia 8 mil usuários em 2004.

 

 

Metas de universalização: backhaul e Internet nas escolas

 

As concessionárias de telefonia fixa trocaram a obrigação de implantação de Postos de Serviço (PSTs) do PGMU pelo compromisso de implantar backhaul de banda larga a todos os municípios brasileiros (mais detalhes).

 

As concessionárias Telemar, Brasil Telecom e Telefonica se comprometeram também a conectar à Internet 22 mil escolas públicas urbanas até o final deste ano. Outras 22 mil serão interligadas em 2009 e as 16 mil restantes em 2010.

 

 

CONSULTORIA TELECO

Relatórios

Imagem cortesia FreeDigitalPhotos.net

Telecom, Celular e Capex

Workshops

Market Update

America Latina

Regulamentação de Telecom

Consultoria

Estudos e Base de Dados

Mais Produtos

EVENTOS

VII Seminário TelComp 2014

11 de novembro

Mais Eventos




 

 


Siga o Teleco

 

...

Banda Larga

 

 

Imprima esta página

Adicione aos Favoritos Comunique erros