Seção: Tutoriais Banda Larga

 

 
Redes de Computadores: Projeto de Laboratórios de Informática

 

Como já dito anteriormente, a principal atividade desenvolvida no período de elaboração deste trabalho, consistiu na implementação de dois laboratórios de informática, o qual serão descritos nas seções a seguir.

 

O objetivo deste é mostrar a aplicabilidade de uma rede com a intenção de oferecer aos alunos a possibilidade de pesquisa no laboratório, a dinamização da aula e a maior interatividade do educando no contexto ensino/aprendizagem.

 

A metodologia utilizada para o desenvolvimento desta tarefa consistiu em consultas à bibliografia especializada e no acompanhamento das atividades realizadas pelo supervisor técnico.

 

O trabalho foi desenvolvido em duas etapas:

  • A primeira voltada à revisão bibliográfica e de literatura em pesquisas, projetos e artigos relacionados ao tema;
  • A Segunda direcionada a elaboração e conclusão do projeto propriamente dito.

 

Implementação de Laboratórios de Informática

 

Conforme especificação do projeto, cada laboratório deverá ser equipado com 18 máquinas sendo 1 destinada ao professor e os demais aos alunos. Os micros deverão estar interligados ao servidor, através de cabeamento UTP, o qual servirá de servidor de autenticação de cada laboratório.

 

Características gerais

 

Esses laboratórios apresentam as seguintes características:

  • Topologia física da rede: será do tipo ESTRELA, em função da mesma permitir uma maior flexibilidade quanto à expansão da rede e também por não comprometer o funcionamento da rede caso um nó apresente problema.
  • Distribuição geográfica: em função dos laboratórios estarem dispostos na mesma escola, a rede é do tipo LAN (Local Area Network).
  • Arquitetura: será o modelo OSI.
  • Tecnologia: será adotada como padrão de tecnologia o padrão Ethernet (Fast).
  • Acesso ao canal de comunicação: como controle ao acesso será usado o CSMA/CD.
  • Meio de comunicação: será utilizado cabo de par trançado (UTP).
  • Velocidade da rede: será 100 Mbps.
  • Cabeação: cabo UTP 100Base TX.
  • Protocolo de transporte: será utilizado o TCP/IP, em função de ser protocolo que permite a conexão à internet, pois o projeto prevê, em uma etapa posterior, a interligação à rede mundial.

 

Descrição física

 

Nesta seção, iremos descrever a seguir como se dará a implantação da rede local, os equipamentos necessários para essa implantação e a descrição lógica da rede.

 

Distribuição da rede local

 

A rede local será distribuída conforme o croqui apresentado a seguir:

 

Figura 12: Croqui dos laboratórios

 

Equipamentos da Rede

 

Cabeamento

 

Para execução do Projeto, usaremos cabo UTP categoria cinco, com quatro pares, pino-a-pino.

 

Também será utilizado Patch cable (categoria 5) com 1,8 m, para a interligação das estações aos pontos de rede e para organização dos cabos no rack.

 

Tomadas RJ45

 

As tomadas serão do tipo simples tendo como fabricante a empresa FURUKAWA.

 

Descrição: MVC-006F

Figura 13: Patch cable conectado ao micro

 

Hubs

 

Será utilizados quatros hubs da marca 3COM, modelo Superstak II, com velocidade de 10/100 Mbps, sendo dois com 12 portas e 2 com 24 portas. Além desses seis hubs, será disponibilizado mais 2 hubs com a mesma característica, sendo 1 com 12 portas e 1 com 24 portas, para efeito de contingência.

 

Descrição: MVC-003F

Figura 14: Hub 3COM c/ 24 portas

 

Rack

 

Será utilizado 2 racks de 18 U.

 

Servidores

 

Serão distribuídos 2 servidores, 1 para cada laboratório, com as seguintes características:

  • processador Intel Pentium IV de 1.5 GHz;
  • 1 Gb de RAM;
  • 1 HD IDE de 120 Gb;
  • 1 unidade de CD-ROM;
  • teclado, mouse;
  • monitor.

 

Estações

 

As estações utilizadas pelos alunos terão as seguintes características:

  • processador INTEL CELERON de 700 MB;
  • 512 MB RAM;
  • placa mãe ASUS;
  • HD 80 GB;
  • monitor de 14”.

 

Serão distribuídos ao todo 36 estações (18 em cada laboratório), todas elas com licenças OEM do Windows XP.

 

Impressoras

 

Cada laboratório contará com uma impressora HP Deskjet 810 (3 impressoras ao todo), ligada ao servidor (computador do professor), para que os alunos possam efetuar a impressão de seus trabalhos.

 

Descrição lógica

 

Para implementação do projeto, utilizaremos a classe C de endereçamento IP, com endereços fixos, visto que a rede é pequena, logo determinamos que os 2 primeiros octetos determinam a nossa rede, o 3º a subrede e o 4º octeto o setor de trabalho.

 

Identificação da rede

 

Quadro 3: Identificação da rede

IDENTIFICAÇÃO DA REDE
193.113.___.___

 

Identificação das subredes

 

Para identificação das subredes, utilizaremos a seguinte tabela.

 

Quadro 4: Identificação das subredes

LOCALIDADE 1º OCTETO 2º OCTETO 3º OCTETO
Laboratório I 193 113 1
Laboratório II 193 113 2

 

Identificação das estações

 

Quadro 5: Identificação das estações

SETOR 1º OCTETO 2º OCTETO 3º OCTETO

4º OCTETO

(FAIXA)

Laboratório I 193 113 0XX 1-30
Laboratório II 193 113 0XX 1-30

 

Sistemas operacionais

 

O sistema operacional usado nos servidores será o Windows 2000 server.

 

PDC (Primary Domain Controller)

 

Cada laboratório terá um PDC, pois não foi previsto a interligação entre os laboratórios, por isso os servidores terão as seguintes nomenclaturas:

 

Quadro 6: Identificação dos laboratórios

LABORATÓRIO NOME
Laboratório I LABPROF-01
Laboratório II LABPROF-02

 

Interligação das redes

 

As estações serão dotadas de placas de redes 3COM (10/100 Mbps), ligada a hubs de mesma marca através de cabos UTP categoria 5.

 

O hub será conectado ao servidor de autenticação.

 

Figura 15: Esquema de interligação das LANs

 

Usuários e Políticas de Segurança

 

Grupos de usuários

 

O nome dos grupos é formado em função do laboratório.

 

Exs:

  • LAB01 – grupo de usuários do laboratório 1;
  • LAB02 – grupo de usuários do laboratório 2;

 

Nome de usuários

 

O nome dos usuários é determinado da seguinte forma:

  • Os primeiros caracteres serão as iniciais do nome do aluno, em seguida a inicial do curso e o módulo que o aluno estuda.
  • Exemplo: Aluno – Marcos Henrique Vieira dos Santos, do Curso em Automação Industrial, módulo 4.
  • Nome de usuário: MHVSAI4.

 

Políticas de segurança

 

Foram definidas as seguintes políticas de segurança:

    • Todos os usuários terão um nome de login, junto com uma senha que terá de ser trocada após o primeiro login do usuário, e esta senha será renovada a cada 2 meses;
    • As estações dos alunos não terão drivers de disquetes e CDROM habilitados;
    • A estação do professor (servidor) terá seus drivers funcionando (DVD e USB 2.0).
    • Será disponibilizada no servidor uma pasta de 100 MB, para que os alunos armazenem os seus trabalhos, para uma posterior cópia em disquete;
    • As estações e também o servidor terão os seguintes aplicativos instalados: Word, Power Point, Excel, além de aplicativos educacionais;
    • Na escola apenas o coordenador dos laboratórios de informática terá acesso a criação de novos usuários e de instalação de aplicativos tanto no servidor como nas estações.

     

     

 

Imprima esta página

Adicione aos Favoritos Comunique erros