Telefonia Celular

110/01/2019

Frequências de Celular

 

Frequências 850/900 MHz 1700/1800 MHz 1900/2100 MHz 700/2500 MHz

Nesta página: Apresenta as frequências de celular para implantação de redes móveis pelas Operadoras. Além das áreas de prestação de serviço das operadoras de celular no Brasil.

 

 

Freqüências para o Celular no Brasil

 

 

Faixas identificadas pela UIT* Utilização no Brasil
450-470 MHz 451-458 MHz / 461-468 MHz licitadas juntamente com as frequências de 2,5GHz em 2012, não estão sendo utilizadas pelas operadoras.
698-960 MHz

700 MHz utilizadas para 4G

850 MHz, antigas bandas A e B utilizadas para GSM;

900 MHz, bandas de extensão utilizadas para GSM e 3G;

1.710-2.025 MHz

2.110-2.200 MHz

1700 e 1800 MHz, bandas D, E e subfaixas de extensão utilizadas para GSM, 3G e mais recentemente 4G;

1900 e 2100 MHZ utilizadas na sua maior parte para 3G;

2.300-2.400 MHz Anatel avalia utilizar para 5G.
2.500-2.690 MHz 2500 MHz utilizadas para 4G (LTE).
3.400-3.600 MHz Anatel pretende utilizar para 5G.

*Regulamento de Radiocomunicações (RR) edição de 2012

 

Consulte também: Licitações de frequências de celular

 

Frequências para o Celular no Brasil e seus Limites (CAPs) por Operadora

 

A Anatel estabeleceu novos limites máximos de quantidade de espectro que uma operadora pode deter na Res. 703 de 1/11/2018.

 

Tabela I - faixas de radiofrequências abaixo de 1 GHz

 

 

 

 

 

Faixa S
Subfaixa Total (MHz)
Banda Total (MHz)
450 MHz
451-458 MHz / 461-468 MHz
14
700 MHz
703-748 MHz / 758-803 MHz
90
850 MHz
806-821 MHz / 851-866 MHz
80
824-849 MHz / 869-894 MHz
900 MHz
898,5-901 MHz / 943,5-946
20
907,5-915MHz / 952,5-960 MHz
Somatório das subfaixas abaixo de 1 GHz
204
Limite por prestadora em um município (35%)*
71,4

*Este limite pode ser estendido para até 40%, mediante condicionamentos da Agência de ordem concorrencial e que visem ao uso eficiente do espectro.

Banda (MHz) de cada operadora

 

< 1 GHz
Vivo
TIM
Claro
Oi
Nextel
São Paulo (Capital)
45
25
64
5
15
São Paulo (Interior)
59
25
50
5
15
Rio de Janeiro/ Esp Santo
50
39
50
5
15
Minas Gerais
64
50
25
5
15
Paraná/ Santa Catarina
50
64
25
5
15
Rio Grande do Sul
50
25
50
19
15
Centro Oeste+ Norte (parcial)
50
25
50
19
15
Norte
50
25
59
5
15
Bahia | Sergipe
50
50
39
5
15
Nordeste
59
50
50
5
15

 

 

 

Tabela II - faixas de radiofrequências entre 1 GHz e 3 GHz

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Faixa
Subfaixa Total (MHz)
Total (MHz)
1,8 GHz
1710-1785 MHz
150
1805-1850 MHz
1850-1880 MHz
2,1 GHz
1885-1900 MHz
135
1920-1980 MHz
2110-2170 MHz
2,3 GHz
2300-2400 MHz
100
2,5 GHz
2500-2690 MHz
190
Somatório das subfaixas entre 1 GHz e 3 GHz
575
Limite por prestadora em um município (30%)
172,5

*Este limite pode ser estendido para até 40%, mediante condicionamentos da Agência de ordem concorrencial e que visem ao uso eficiente do espectro.

 

Banda (MHz) de cada operadora

 

>1 GHz
Vivo
TIM
Claro
Oi
Nextel
São Paulo (Capital)
90
90
80
80
50
São Paulo (Interior)
95
90
90
90
20
Rio de Janeiro/ Esp Santo
90
80
90
95
40
Minas Gerais
90
70
110
80
40
Paraná/ Santa Catarina
90
70
110
90
20
Rio Grande do Sul
90
85
90
95
20
Centro Oeste+ Norte (parcial)
90
85
90
95
20
Norte
95
80
95
80
40
Bahia | Sergipe
90
60
105
95
40
Nordeste
120
60
80
80
40

 

 

 

Áreas de Prestação de Serviço Celular

 

 

Para prestar serviço celular no Brasil é necessário possuir uma autorização de Serviço Móvel Pessoal (SMP). As operadoras de Banda A e B possuíam originalmente permissões para o Serviço Móvel Celular (SMC) e migraram para o SMP.

 

O SMP dividiu o Brasil em 3 regiões, mas a distribuição de bandas utilizadas pelas operadoras está mais próxima das 10 áreas de prestação de serviço definidas pelo antigo SMC.

 

 

 

 

Tutorial no Teleco:

Formação e Ocupação de Bandas para Telefonia Celular

 

 

Operadoras por Banda e Área de Serviço

 

 

Apresenta-se a seguir as operadoras que possuem as autorizações para operar nas Bandas A, B, D, E. M e L nas várias regiões do Brasil.

 

 

 

Realinhamento da Banda L da Vivo

 

Realinhamento da Banda L da Vivo

O Conselho Diretor da Anatel aprovou em Jun/13 o realinhamento pela Vivo da subfaixa "L" de 1.895 a 1.900 MHZ / 1.975 a 1.980 MHz para 1.975 MHz a 1.980 MHz / 2.165 MHz a 2.170 MHz, como previsto na Resolução nº 454/2006 e no edital do 3G.

Com este realinhamento a subfaixa L, detida pela Vivo na maior parte do Brasil (exceto Norte e Londrina/Tamarana-PR), passa a ser adjacente à faixa J detida pela operadora em todo o Brasil e utilizada para 3G. Com este realinhamento a Vivo passa a ter uma faixa de 15+15 MHz obtida pela junção das Bandas J e L o que permite ampliar a capacidade de 3G da operadora.

Quanto à devolução das radiofrequências de 1.895 MHz a 1.900 MHz, a VIVO comprometeu a fazê-la até 31/12/2015 para os estados do Nordeste e setores 22, 25, 30 e 33 do PGO, onde não dispõe da faixa de 800 MHz, e informou que já cessou a operação nas demais áreas geográficas onde detém a outorga da subfaixa “L”.


 

 

A Tabela a seguir apresenta as bandas utilizadas pelas operadoras de celular no Brasil nas 10 áreas definidas pelo SMC. (Definição das bandas)

 

 

- Frequencia (MHz) 850 1800 1900
Área SMC A B D E M L
1 SP 11 Vivo Claro Tim Unicel Oi Vivo
2 SP Interior
Franca (1)
Vivo
Algar
Claro Tim Oi Oi Vivo
3 RJ/ES Vivo Claro Oi Tim Nextel Vivo
4 MG
Uberlândia (2)
Vivo
Algar
Tim Oi Claro
Vivo
Nextel -
5 PR/SC
Londrina (3)
Tim
Serc.
Vivo

Claro

Tim

BrT Vivo Vivo
Claro
6 Rio G. do Sul
Pelotas (4)
Vivo
Tim
Claro Tim
Vivo
BrT Vivo Vivo
7 C. Oeste
(5)
Vivo
Algar
Claro Tim BrT Vivo
(6)
Vivo
8 Norte (7) Claro Vivo Oi Tim Nextel Claro
9 BA/SE Vivo Tim Oi Claro Nextel Vivo
10 Nordeste Tim Claro Oi Vivo Nextel Vivo

 

Nota: SP Interior exclui Franca (1), MG exclui Uberlândia (2), PR/SC exclui Londrina (3), Rio G. do Sul exclui Pelotas (4) e C. Oeste exclui (5)

 

 

Notas Descrição
(1) Franca e demais municípios do setor 33 do PGO
(2) Uberaba, Uberlândia e demais municípios do setor 3 do PGO
(3) Londrina e Tamarana
(4) Pelotas e demais municípios do setor 30 do PGO. A Banda D não foi adquirida nestes municípios.
(5) Paranaíba (MS, setor 22) e municípios do setor 25 (Goiás)
(6) A Options adquiriu uma subfaixa de extensão de 5 MHz em 1.737,5 a 1.740 MHz/1.832,5 a 1835 MHz, próxima à Banda M, para o Município de Paranaíba , Mato Grosso do sul.
(7) Com a aquisição da Amazônia Celular pela Oi, a Anatel extinguiu as autorizações para uso de radiofrequências detidas pela Amazônia Celular (Ato 1.261 de 5/03/2008).

A Claro adquiriu esta faixa de frequências (Banda A) em leilão realizado em Dez/11.

 

 

Além destas faixas de frequências, as operadoras adquiriram subfaixas de extensão em 900 e 1800 MHz nas suas áreas (mais detalhes) e bandas de frequências em 1900/2100 MHz (3G) apresentadas na tabela a seguir.

 

 

Frequência de 1900/2100 MHz (3G)

 

 

Área SMC F G H I J
1 SP 11 Tim Claro Nextel Oi Vivo
2 SP Interior
Franca (1)
Claro Tim
Algar
Nextel Oi
Tim
Vivo
3 RJ/ES Oi Tim Nextel Claro Vivo
4 MG
Uberaba (2)
Claro Tim
Algar
Nextel
Algar*
Oi Vivo
5 PR/SC
Londrina (3)
BrT Claro Nextel Tim Vivo
6 Rio G. do Sul
Pelotas (4)
BrT Claro Nextel Tim Vivo
7 C. Oeste
(5)
Brt
Claro
Claro
Tim
Nextel Tim
Algar
Vivo
8 Norte Tim Claro Nextel Oi Vivo
9 BA/SE Oi Tim Nextel Claro Vivo
10 Nordeste Claro Tim Nextel Oi Vivo

Nota: SP Interior exclui Franca (1), MG exclui Uberlândia (2), PR/SC exclui Londrina (3), Rio G. do Sul exclui Pelotas (4) e C. Oeste exclui (5).

* Algar com Banda H nos DDDs 34,35 e 37, exceto setor 3

 

 

Comentários

 

Limites de Banda por prestadora de SMP

 

O limite máximo total por prestadora de SMP em uma mesma área geográfica era de 50 MHz e passou a ser de 80 MHz quando foram licitadas as subfaixas de 1.900 e 2.100 MHz (F, G, H, I e J). Ele será de85 MHz quando forem licitadas a subfaixa de extensão para TDD.

 

Além do limite total devem ser respeitados também os seguintes limites por faixas de frequências.

 

 

Subfaixas de Limite (MHz)
800 MHz 12,5 + 12,5
900 MHz 2,5 + 2,5
1.800 MHz 25 + 25
1.900 e 2.100 MHz 15 + 15
Extensão TDD de 1.900 MHz 5

 

 

 

No Teleco:

Licitação de 3G

Licitação de 4G

Licitação de subfaixas