Atualizado em: 17/01/2015

Crescimento do pré-pago em 2014

Dados preliminares da Anatel indicam que o Brasil terminou 2014 com 212,9 milhões de celulares pré-pagos.

 

O crescimento no ano (0,6%) foi ligeiramente superior ao de 2013 (0,3%).

PUBLICIDADE

 

 

 

 

Com este resultado, a participação do pré-pago no total de celulares do Brasil caiu de 82,5% em 2009 para 75,8% em 2014.

 

 

 

Têm contribuído para a queda do crescimento do pré-pago do mercado brasileiro:

 

A TIM liderou o crescimento do pré-pago em 2014 com adições líquidas (2,1 milhões), superiores às apresentadas em 2013 (1,5 milhões).

 

Nota: 2014 estimado pela Teleco a partir dos dados preliminares divulgados pela Anatel para dezembro.

 

A Claro, que havia liderado o crescimento do pré-pago em 2013, reduziu o ritmo de crescimento em 2014, promovendo um ajuste de sua base. A Oi apresentou comportamento semelhante.

 

Já a Vivo, que possui uma política de desligamento de pré-pagos inativos mais restrita, continuou apresentando adições líquidas negativas de pré-pago, embora inferiores às do ano anterior: foram 3,8 milhões em 2013 e 2 milhões em 2014.

 

 

Diante deste quadro pergunta-se:

 

 

Comente!

Para enviar sua opinião para publicação como comentário a esta matéria para nosso site, clique aqui!

 

Nota: As informações expressadas nos artigos publicados nesta seção são de responsabilidade exclusiva do autor.

 

 

 

 

Workshop

 

 

EVENTOS

Mais Eventos