Atualizado em: 03/11/2018

A Claro ultrapassa a TIM e assume a liderança no pré-pago em set/18

 

 

A Claro terminou o 3T18 na liderança em market share de pré-pago, com 71 mil pré-pagos a mais que a TIM. A diferença entre TIM e Claro neste segmento, que já foi de 6,7 milhões em dez/16, caiu para 2,1 milhões em dez/17 e continuou a diminuir em 2018.

 

 

Os resultados dos próximos meses, principalmente de dezembro quando ocorre o ajuste das bases das operadoras para evitar o pagamento de Fistel de pré-pagos inativos, mostrarão se a liderança da Claro neste segmento é duradoura.

O Brasil perdeu 10,1 milhões de pré-pagos nos primeiros nove meses do ano, devido ao abandono pelo 2º chip por parte do usuário e migração para planos controle. A TIM apresentou as maiores perdas neste período (4,2 milhões), mais que o dobro que a Claro (2,0 milhões).

 

 

As perdas no pré-pago da TIM se estabilizaram em um nível próximo das demais operadoras nos últimos dois meses. Estas perdas podem ser vantajosas quando convertidas em crescimento do pós-pago (sem M2M).

 

 

A Vivo é a operadora com maior participação de pré-pago em sua base. A Claro tem uma participação de pré-pago (62,2%) menor que a da TIM (65,1%) no total de celulares, mas a TIM apresenta uma participação menor (67,4%) que a Claro (68,9%) quando se excluem os terminais M2M do pós-pago.

 

 

 

Diante deste quadro pergunta-se:

 

 

 

 

Comente!

Para enviar sua opinião para publicação como comentário a esta matéria para nosso site, clique aqui!

 

Nota: As informações expressadas nos artigos publicados nesta seção são de responsabilidade exclusiva do autor.

 

 

 

 

Workshop

 

 

EVENTOS

Mais Eventos