Atualizado em: 25/04/2019

 

Quem teve o melhor desempenho no móvel no 1T19?

 

A base de celulares do Brasil continuou encolhendo no 1º trimestre de 2019 (1T19). As perdas (-330 mil) no trimestre, só não foram maiores devido ao crescimento dos terminais M2M (+1,2 milhões) neste período.

A Vivo se destacou neste quadro, apresentando adições líquidas positivas no trimestre (+369 mil), graças ao seu desempenho em M2M, que liderou com adições líquidas de 472 mil terminais. O seu market share do total de celulares cresceu para 32,1% (+0,2 p.p.) no trimestre.

 

 

A TIM apresentou as maiores perdas (-840 mil) e reduziu seu market share para 24,1% (-0,3 p.p.).

Contribuiu também para o resultado da Vivo, ela ter apresentado perdas menores no pré-pago (-248 mil) que as demais operadoras, o que a levou a assumir a 2ª colocação em market share de pré-pago, superando a Claro.

 

 

A Claro se destacou no pós-pago, liderando em adições líquidas com M2M (+973 mil) e sem M2M (+ 645 mil).

 

 

A Oi também apresentou um bom desempenho no pós-pago sem M2M (+380 mil), tendo convertido em pós-pago o equivalente a 74% de suas perdas no pré-pago. A Vivo converteu 58,5% e a Claro 54%.

 

A TIM apresentou baixo crescimento no pós-pago, apesar de ter apresentado as maiores perdas no pré-pago. Foram convertidos em pós-pago o equivalente a 13% de suas perdas no pré-pago. Este resultado pode estar associado ao aumento de preços feito pela operadora em fevereiro.

 

Diante deste quadro pergunta-se:

 

 

 

Comente!

Para enviar sua opinião para publicação como comentário a esta matéria para nosso site, clique aqui!

 

Nota: As informações expressadas nos artigos publicados nesta seção são de responsabilidade exclusiva do autor.

 

 

 

EVENTOS

Mais Eventos