Atualizado em: 10/01/2020

Quem ganhou market share em 2019 (jan-nov)?

 

Nota: Competitivas inclui todas as prestadoras de BL fixa, exceto Claro, Vivo e Oi.

 

Os primeiros onze meses de 2019 apresentaram tendências semelhantes às observadas em 2018, com as competitivas liderando o ganho de market share em BL fixa, a Claro no pós-pago e a Vivo no celular.

Neste período, o pós-pago e a BL fixa cresceram, enquanto TV por assinatura, o total de celulares e o pré-pago apresentaram adições líquidas negativas.

 

 

Analisa-se a seguir o ganho de market em cada um destes serviços.

 

BL Fixa: Competitivas ganharam mais market share

 

As operadoras competitivas assumiram a liderança em market share de BL fixa em 2019, ultrapassando a Claro. Elas ampliaram seu market share de 14,1% em 2015 para 31,9% em nov/19, enquanto as demais operadoras perdiam market share.

 

Nota: Competitivas inclui todas as prestadoras de BL fixa, exceto Claro, Vivo e Oi

 

O market share das competitivas seria ainda maior, se 594 prestadoras que reportaram 626 mil acessos em out/19, também o tivessem feito em nov/19.

As competitivas apresentaram adições líquidas de 2,1 milhões de acessos nesse período, enquanto Vivo (-480 mil) e Oi (-576 mil) apresentaram adições líquidas negativas.

 

Pós-pago: Claro ganhou mais market share

 

Mesmo sem considerar a incorporação da Nextel, a Claro continuou ganhando market share em 2019, consolidando sua 2ª colocação em market share de pós-pago. Com a incorporação da Nextel o seu market share de 25,0% passaria a ser de 28,2% em nov/19.

 

 

A Oi ganhou market share no ano, enquanto Vivo e TIM perderam.

 

 

Vivo ganhou market share no Celular e no Pré-pago

 

A Vivo ganhou market share de celular no acumulado até novembro, enquanto a TIM perdeu e Claro e Oi se mantiveram estáveis.

 

 

O ganho de market share da Vivo está associado ao seu desempenho no pré-pago, onde apresentou perdas menores (-1,3 milhões) que as demais, levando a um ganho de market share neste segmento.

 

 

A Claro perdeu 3,9 milhões de pré-pagos neste período, a TIM 6,6 milhões e a Oi 1,8 milhões.

 

Competitivas ganharam market share na TV por assinatura e na telefonia fixa

 

Com a quantidade de assinantes em queda na TV por assinatura, as competitivas foram as únicas a apresentar adições líquidas positivas no acumulado do ano até novembro de 2019.

 

Nota: Competitivas inclui todas as prestadoras de SeAC, exceto Claro, SKY, Vivo e Oi

 

A Sky apresentou as maiores perdas, o que levou a um pequeno ganho de market share por parte da Claro e da Oi.

As competitivas ganharam market share também na telefonia fixa. Elas apresentaram adições líquidas positivas, enquanto Vivo, Claro e Oi perdiam assinantes.

 

Diante deste cenário pergunta-se:

 

 

Comente!

Use o espaço abaixo para enviar sua opinião para publicação como comentário a esta matéria para nosso site:

 

Nota: As informações expressadas nos artigos publicados nesta seção são de responsabilidade exclusiva do autor.

 

 

 

 

EVENTOS

Mais Eventos