Huawei

MCTIC e HUAWEI assinam acordo para acelerar inovações em tecnologias da informação e comunicação
Cooperação fomentará estudos de viabilidade técnica e mercadológica para 5G, redes de fibra óptica, cidades inteligentes, IoT, computação na nuvem e desenvolvimento de talentos de TIC.

 

Brasília, 3 de Janeiro de 2018 – O Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC) e a Huawei, líder global em soluções de Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC), anunciam a assinatura de um Memorando de Entendimento que promove a colaboração estratégica em programas inovadores de pesquisa, cooperação técnica e desenvolvimento em áreas prioritárias dos serviços de telecomunicações e tecnologia da informação.

O ministro do MCTIC, Gilberto Kassab, e o CEO da Huawei do Brasil, Yao Wei, em assinatura do Memorando

 

A cooperação descrita no Memorando abrange estudos de viabilidade técnica e econômica para a expansão e melhoria da banda larga no território brasileiro por meio da tecnologia 5G e de redes de fibra óptica (all-fiber network, em inglês). A Huawei espera que o acordo promova resultados tangíveis na melhoria nos serviços de TICs, como triplicar o número de residências conectadas por fibra óptica e dobrar o número de sites de banda larga móvel no Brasil, iniciativas para elevar a contribuição do setor para mais de 10% do PIB.

 

O Memorando também inclui recomendações de políticas públicas para fomentar aplicações de cidades inteligentes e seguras, a adoção massiva da computação em nuvem e a preparação do ecossistema de internet das coisas (IoT), bem como a capacitação técnica de talentos de TICs.

 

"A internet é um direito fundamental do cidadão e o ministério está empenhado em levar a internet para todas as localidades para que todos os brasileiros tenham acesso ao conhecimento. Agradeço a Huawei por ter proposto iniciativas e investimentos que colaborem com a inclusão digital e social, com estudos e recomendações que nos ajudarão a levar a conectividade para mais brasileiros", afirma o ministro da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, Gilberto Kassab.

 

Da esquerda para direita: Liu Wei, vice-presidente da Huawei do Brasil; Gilberto Kassab, ministro do MCTIC; Yao Wei, CEO da Huawei do Brasil; e André Borges, secretário de Telecomunicações do MCTIC

 

"A Huawei está muito feliz em reafirmar sua colaboração com o aperfeiçoamento dos serviços de tecnologias da informação e comunicação no Brasil. Próximos a completar o vigésimo aniversário da operação brasileira, estamos totalmente comprometidos em ampliar investimentos e compartilhar nosso conhecimento obtido por meio de operações em mais de 170 países e investimentos contínuos em pesquisa e desenvolvimento", afirma Yao Wei, o CEO da Huawei do Brasil.

 

O Memorando, que tem validade de 5 anos, envolve áreas de interesse mútuo a fim de aprofundar os estudos setoriais relevantes para estimular a expansão do uso de redes e dos serviços de telecomunicações de interesse público em benefício da população brasileira. Ainda, a cooperação estratégica enfatiza a criação de oportunidades de investimento e estímulo ao desenvolvimento tecnológico e industrial, em ambiente competitivo, para apoiar o processo de transformação digital.

 

Sobre a Huawei

A Huawei é líder global em soluções de Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC) e tem a visão de enriquecer a vida das pessoas por meio da comunicação. Dedicada à inovação centrada no cliente e com sólidas parcerias com a indústria local, a Huawei está comprometida com a criação de valor para operadoras de telecomunicações, empresas e consumidores, oferecendo produtos e soluções de alta qualidade e inovação em mais de 170 países e territórios. Com mais de 180 mil funcionários em todo o mundo, a empresa atende a mais de um terço da população mundial. No país desde 1999, a Huawei é líder no mercado nacional de banda larga fixa e móvel por meio das parcerias estabelecidas com as principais operadoras de telecomunicações e possui escritórios nas cidades de São Paulo, Rio de Janeiro, Brasília, Curitiba e Recife, além de um centro de distribuição em Sorocaba (SP) e um Centro de Treinamento em São Paulo.