Huawei

Diretores e Professores do INATEL visitam a Huawei em São Paulo para conhecer suas novas soluções, dando continuidade na parceira entre as instituições

 

São Paulo, 21 de novembro de 2017 – A Huawei e o Instituto Nacional de Telecomunicações – Inatel – se reuniram no dia 21 de novembro no Customer Solution Innovation Center e no Centro de Treinamento da Huawei, ambos em São Paulo, para conhecerem as soluções mais atuais da empresa, que irão ajudar seus clientes a modernizar e digitalizar suas operações e serviços. Durante a visita, que teve como objetivo passar um overview das soluções, diversos temas foram abordados, como serviços em vídeo, realidade virtual, cloud e suas variações, 4.5 G, Banda Larga e serviços para melhorar a experiência do usuário em geral, apresentadas por especialistas da Huawei.

 

 

Luiz Gustavo Queiroz e Breno Santos, ambos diretores de serviços da Huawei e ex-alunos do Inatel, receberam o vice-diretor do Inatel, Professor Carlos Nazareh e docentes do Instituto, que puderam também experimentar ligações em voz e em vídeo sobre LTE, dentre outras soluções.

 

Vice-presidente de delivery e serviços da Huawei do Brasil, Huang Yibing destacou a importância da parceria com o Inatel, fortalecida em 2017 com a inauguração do CIDC - Competence & Inovation Development Center, que contribui no desenvolvimento de inovações tecnológicas e no preparo dos futuros profissionais para o setor de tecnologias da informação e comunicação do Brasil.

 

Além do Inatel ter tido a oportunidade de rever seus ex-alunos - agora colaboradores da Huawei - o encontro foi mais um passo para fortalecer a relação entre as organizações que teve seu início em 2012, quando o Instituto foi o primeiro credenciado no Brasil para treinar profissionais na certificação HANA – Huawei Authorized Network Academy, programa de treinamento entre Huawei e universidades em todo o mundo. Desde então, foram mais de 5 mil horas de aulas dadas para certificação dos instrutores em três línguas (português, inglês e espanhol), mais de 10 instrutores certificados e 6 alunos que participaram de treinamentos na China, com o programa de intercâmbio global, Seeds for the Future.