Huawei

Huawei divulga estudo sobre Sistemas de Transmissão Óptica Abertos

 

A Huawei divulgou o seu estudo sobre as principais tecnologias em Sistemas de Transmissão Óptica Abertos. A pesquisa elabora necessidades urgentes e desafios da indústria em termos de abertura de rede, além de propor a abertura de interfaces na camada de controle e a implantação da integração do sistema na camada de transmissão.


As redes ópticas estão enfrentando mudanças significativas, incluindo maiores demandas por novos serviços (como vídeo 4K/8K, VR/AR, computação em nuvem, 5G, serviços de data centers), bem como os requisitos em constante mudança dos consumidores. As redes de comunicação precisam fornecer alto desempenho e abertura suficiente para habilitar a implantação de serviços flexíveis, inteligentes e diversificados.



A IHS realizou uma pesquisa para determinar se as operadoras de telecomunicações estão dispostas a usar sistemas de linha aberta. De acordo com o resultado da pesquisa, a indústria tende à arquitetura de rede aberta. As operadoras de telecomunicações precisam urgentemente desse modelo para adotar rapidamente novas tecnologias, adotar redes definidas por software para oferecer novos serviços e dispor de baixo OPEX.
De acordo com o estudo da Huawei, pelo fato das redes ópticas serem altamente complexas, a abertura total das camadas físicas torna a integração difícil, traz riscos para a estabilidade do sistema, reduz o desempenho de transmissão e aumenta o OPEX. As operadoras também precisam garantir o desempenho e a confiabilidade gerais da rede.


A pesquisa resume que todos os participantes da indústria podem maximizar suas capacidades quando os fornecedores integram a camada de baixo dos sistemas de transmissão óptica e a operadoras controlam a camada de cima das redes. Neste caso, as operadoras podem obter a máxima autonomia da rede sem comprometer o desempenho e a estabilidade do sistema.


Com base nos padrões e tecnologias existentes, a Huawei promove a padronização da interface de software para conectar os sistemas de transmissão da camada de baixo com os sistemas de controle da camada de cima. Isto permite que os serviços das redes de diferentes fornecedores se interconectem e trabalhem em conjunto, atingindo a abertura da rede.


Com base na arquitetura de rede aberta, a solução CloudOptiX da Huawei permite a interconexão e o interfuncionamento de serviços de vários segmentos e fornecedores e ajuda as operadoras a otimizarem as configurações de rede e reduzirem o OPEX. A solução também integra as mais recentes tecnologias dos segmentos elétrico e ótico para garantir a evolução estável, confiável e sustentável dos sistemas de transmissão da camada de baixo.


A CloudOptiX também acelera a criação de um ecossistema de rede aberto e ajuda as operadoras a cloudificarem totalmente suas redes a fim de atingir a transformação digital, criarem redes de alta largura de banda prontas para o futuro, de baixa latência, abertas e de transporte inteligente, e apoia novos serviços de rede.


Para mais detalhes, acesse:
 http://www.teleco.com.br/huawei/releases/key-technologies-in-open-optical-transmission-systems.pdf