Seção: Tutoriais Infraestrutura

 

Redes OPGW/OPPC: Linhas de Transmissão

 

A linha de transmissão é constituída por fios metálicos suspensos por torres metálicas interligadas através de isoladores de cerâmica ou vidro. A linha contém três conjuntos de cabos (sistema trifásico) de cada lado da torre, acompanhado por um cabo para-raio na parte superior desta. (PORTAL ABRADEE, 2016).

 

O sistema de transmissão de energia elétrica serve para a distribuição espacial da energia gerada, conectando as usinas geradoras às subestações de distribuição, além de interligar diferentes bacias hidrográficas nas diversas regiões geográficas do país. (AZEVEDO & MATTOS, 2012).

 

A rede básica do SIN (Sistema Interligado Nacional) além das linhas de transmissão e dos equipamentos de subestação tem tensão igual ou superior a 230kV, são compostas pelos transformadores de potência com tensão primária igual ou superior a 230kV e tensões secundárias e terciárias inferiores a 230kV.

 

A atividade de transmissão de energia é exercida mediante concessão, os vencedores da licitação, tem poder sobre os contratos de concessão de serviço público de transmissão para construção, operação e manutenção das instalações de transmissão.

 

Sendo assim, as concessionárias são responsáveis pela adequada prestação de serviços e pela execução de reforços nas instalações existentes, mediante autorização da ANEEL (Agência Nacional de Energia Elétrica). (AZEVEDO & MATTOS, 2012, p. 17).

 

Figura 1: Linha de Transmissão

Fonte: IBAMA, 2015

 

Faixa de Segurança

 

A faixa de segurança é o espaço de terra necessária para realização de construção, operação e manutenção da linha de transmissão de energia elétrica. Pode ser constituída através de aquisição do terreno ou servidão administrativa. (SEMAD, 2013, p. 3-19).

 

Essa faixa é determinada pelo balanço dos cabos condutores, pelos efeitos elétricos e pelo posicionamento das estruturas da linha de transmissão. (CEMIG, 2013, p.12).

 

A figura 2 mostra uma faixa de segurança ao longo de uma determinada vegetação.

 

Figura 2: Faixa de Segurança

Fonte: SOUZA, 2012

 

Faixa de Passagem

 

A faixa de passagem é calculada para o vão mais representativo da linha de transmissão, conforme o item 12 da norma da ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas) NBR 5422/1985. De acordo com a figura 3, a ocupação da faixa de passagem se dá pela existência, vegetações, casas, favelas, instalações, que venham interferir nos domínios da linha de transmissão. Essa ocupação pode se dá pelo ato de invasão, ou seja, construções de habitação irregulares nos limites da linha e transmissão, geralmente vilas e favelas. (CEMIG, 2013, p.12).

 

Figura 3: Ocupação Irregular na faixa de passagem

Fonte: PORTAL PBH, 2010

 

Perigos da Linha de Transmissão

 

O grande perigo oferecido pela linha de transmissão são os choques elétricos que podem vir acontecer, caso ocorra o rompimento dos condutores elétricos. Geralmente, os habitantes dessas regiões abaixo da linha de transmissão, constroem suas moradias muito próximas à linha, oferecendo riscos de choque elétrico, conforme figura 4.

 

Figura 4: Ocupações irregulares

Fonte: PORTAL PBH, 2010

 

No dia 14 de Mai de 2012 o centro de operação da Cemig, registrou um desligamento da linha de transmissão Bonsucesso - Sion, 138kV, uma equipe foi direcionada ao local, constatando um acidente com terceiros. Um técnico da empresa NET ao realizar a instalação de TV a Cabo, lançou o cabo através da laje da casa, este cabo veio a ficar próximo a linha de transmissão de 138 kV, provocando curto-circuito, de acordo com a figura 5, o acidente acarretou enormes avarias na residência.

 

Figura 5: Avarias provocadas pelo curto circuito

Fonte: CEMIG, 2012

 

Através deste acontecido verificou-se o grande perigo de não respeitar os limites de distância estabelecidos pela concessionária de energia, referente a linha de transmissão.

 

De acordo com a norma brasileira NBR 5422, 1985, a distância de segurança é o afastamento mínimo recomendado do condutor energizado ou não, dos terrenos e obstáculos atravessados. Na tabela 1 é destacado os valores de distâncias.

 

Tabela 1: Valores de distância

NATUREZA DA REGIÃO OU OBSTÁCULO QUE A

LINHA ATRAVESSA OU QUE DELA SE APROXIMA

DISTÂNCIA

(M)

Locais acessíveis apenas a pedestres

6

Locais onde circulam máquinas agrícolas

6,5

Rodovias, ruas e avenidas

8

Ferrovias eletrificadas

12

Suporte de linha pertencente à ferrovia

4

Águas navegáveis

2

Linhas de energia elétrica

1,2

Linhas de telecomunicações

1,8

Telhados e terraços

4

Paredes

3

Veículos rodoviários e ferroviários

3

Fonte: Elaborado pelos autores, 2016